As últimas atualizações da manhã pela Upside Investor.

Day Triggers

Ações e Informações para você investir

A Cara da Manhã

Economia Internacional

 

Escrito por:

Gabriel Cavarettoe Shin Lai

Importante lembrar aos investidores que os mercados são voláteis e que nem sempre se movimentam conforme os fundamentos econômicos

Ásia

Dia de alta nas bolsas asiáticas, com destaque para a alta de 1,8% de Xangai, 0,63% de Hong Kong e de 1,02% de Tóquio.

Além de novas declarações que trouxeram ânimo com relação a negociação comercial sino-norte-americana, mercados da China tiveram ganhos pela alteração da participação chinesa no índice MSCI Emerging Markets (referência externa de investimento em países emergentes), com expectativa de aumento de 0,7% para 3,3% de participação do no índice até novembro.

Dados econômicos também ajudaram o dia mais otimista, com PMI Industrial Caixin da China superando as expectativas e se aproximando do fim da contração (marca de 50), ao atingir 49,9.

Europa

Bolsas europeias também tiveram boa movimentação nessa manhã, com alta generalizada, onde a bolsa de Frankfurt variou em +0,73%, a de Paris +0,58% e a de Londres +0,55%.

Os maiores influenciadores na Europa foram os dados positivos de varejo e boa redução do desemprego na Alemanha, enquanto o PMI industrial francês também superou as expectativas. A notícia de que o Paquistão se prepara para devolver um piloto indiano ao seu país de origem também reduziu a tensão entre os países e a preocupação mundial sobre o conflito recente.

Agora pela manhã, ainda foram divulgados dados positivos em relação ao PMI Industrial e ao desemprego para a UE, enquanto o R. Unido dados mistos e dentro do esperado para o setor imobiliário, o PMI Industrial e medidas de crédito.

Economia nos EUA

Com um quarto trimestre com consumo e a gastos empresariais sólidos, o PIB da maior economia mundial fechou o ano com uma redução do crescimento menor do que o esperado, ao fechar o quarto trimestre com crescimento de 2,6% e o ano com 2,9%, melhor desempenho desde 2015. O projetado para o trimestre era apenas 2,3%.

--

Trump e o líder norte-coreano, Kim Jong Un, decidiram manter as contato com o intuito de seguir com as “produtivas conversações” discutidas no encontro em Hanói, com Trump barganhando a desnuclearização e Kim a retirada das sanções e a melhora do relacionamento do país com os EUA.

--

Dentre os resultado trimestrais agendadas para hoje, destacamos (poucas): Foot Locker Inc, Portola, Pattern, Ebix e Dentsply Sirona.

--

Futuros operavam em alta as 7:45 de hoje, com Nasdaq +0,70%, Dow Jones +0,62% e S&P +0,57%.

 

Treasuries e VIX nos EUA – 7:45

Treasuries operavam em alta, com +0,57% para 2 anos, e +0,75% para 10 anos (2,731). Enquanto isso, o Vix futuro estava em -1,86% e CBOE vix em -2,37%.

Pela movimentação positiva dos futuros e dos yield, enquanto os indicadores volatilidade (vix) operavam com perdas, cenário de abertura da bolsa norte-americana indicado é de otimismo.

 

Economia Nacional

Ontem foi divulgado o PIB oficial do país em 2018, trazendo um crescimento abaixo do esperado no último trimestre (+0,1% contra expectativa de +0,2%) e no ano, fechando com +1,1% (expectativa era de 1,3%). O setores que puxou o crescimento foi o de serviços, fechando o ano com elevação de +1,3%, enquanto a indústria cresceu apenas +0,6% e a agropecuária +0,1%. Assim, o país ficou em 40º posição de um ranking de crescimento de 42 países realizado pela consultoria Austin Rating, sendo bem abaixo também da média dos países pesquisados, 3,2%, e da média mundial, 3,7%.

Outro ponto negativo para a economia nacional foi o dado divulgado pelo Caged, indicando que o saldo de pessoas empregadas subiu apenas 34.313 pessoas, sendo assim um valor menor que a metade do criado no ano passado. Destaque positivo foi o setor de serviços que gerou 43.449 postos formais.

--

Hoje teremos a divulgação do PMI Industrial do Brasil de fevereiro, que vem se mantendo dentro do patamar de 52 pontos e poderá reanimar ou reduzir ainda mais as expectativas de crescimento para esse ano após o banho de água fria do PIB de 2018.

Política Nacional

Governo começa a identificar a necessidade de alterações relevantes na proposta da reforma da previdência, entre elas a redução da idade mínima para mulheres, além da possibilidade de aumento de 60% para 70% dos pagamentos no BPC (Benefício de Prestação Continuada). Acredita-se que a proposta foi mais dura do que o esperado justamente para ter “gorduras” para serem tiradas. Aguardaremos o entendimento do mercado e do ministro da economia sobre o assunto.

Conheça Upside Advisory: Aconselhamento individualizado para seus investimentos em ações, fundos e renda fixa. Aumente seu patrimônio com Upside

Advisory Upside Investor

Recomendações Diárias Fundamentalistas

Mercados asiáticos se recuperam após encontro de Trump com Kim

Bolsa asiática volta a ser ditada pela agenda econômica ao invés da agenda política internacional

Ibovespa pode ter um dia de alta, após divulgação de balanços das empresas mais relevantes

Recomendações fundamentalista

Com a ampliação da participação da bolsa chinesa no índice MSCI Emerging Markets (referência externa de investimento em países emergentes), a bolsa brasileira deverá perder espaço das aplicações mundiais. Provável impacto negativo para hoje e futuro.

DJ Commodities em +0,07% as 7:45

Petróleo: Roberto Castello Branco, presidente da Petrobras, informou que na sua visão, a revisão do contrato de cessão onerosa fique a cargo exclusivamente da União e a empresa. Também foi comentado na mesma oportunidade do novo modelo de venda de refinarias, com o cuidado para não gerar “monopólios regionais”. O dinheiro será principalmente usado para redução do endividamento.

Futuros do petróleo subiram durante sessão asiática.

Brent em -0,05% e WTI em +0,26% as 7:45 desta manhã.

Na Europa (7:52) temos BP em -0,26%, Shell em -0,03% e fechamento de Petrochina com +0,64%.

Viés de alta moderada, com dia misto no exterior para o setor, enquanto acreditamos em alguma recuperação dos preços mediante a queda de ontem (PETR4).

Minério:

Dólar estava +0,03% as 7:45, cotado a R$ 3,752, após a semana passada fechar em R$ 3,7511 (+0,7%).

Na Europa (bolsa de Londres), Anglo American com +0,92%, Rio Tinto em +0,71% e BHP em +0,19%, as 7:52.

Viés de alta, com pares externos positivos, a alta de +3,73% do minério na China e boa movimentação de ontem (VALE3/BRAP4).

Siderurgia:

Em Londres, ArcelorMittal em +1,29% (7:53). Na Ásia, Nippon Steel, do Japão, fechou variando -1,12%, enquanto na China Hesteel e Baoshan fecharam em +0,59% e +1,47%, respectivamente

Viés alta moderada, com cenário externo indicando melhor do setor, com movimentação dos pares e preços externos do vergalhão de ferro também em alta, além de acreditarmos que o impacto negativo de ontem foi exagerado (GGBR4/CSNA3/USIM5).

Paper e Pulp:

Dólar estava +0,03% as 7:45, cotado a R$ 3,752, após a semana passada fechar em R$ 3,7511 (+0,7%).

Pulp & Paper Index Price variou +0,66%, fechando a 566,81.

Dos principais pares, o japonês Oji Paper variou +0,76%, enquanto os pares europeus Stora Enso estava em +2,45% e UPM em +1,91%, as 7:54.

Para hoje, acreditamos no viés de alta moderada, acreditando que o setor pode performar bem em dias tensos como hoje, apoiado também na boa performance do setor no mundo (SUZB3/KLBN11).

Bancos:

Viés de alta moderada, na expectativa de absorver parte do otimismo externo e recuperar o dia ruim de ontem (BBAS3/ITUB4/BBDC4).

MRV (MRVE3) apresentaram resultado dentro do esperado para ao mercado, mantendo o seu financeiro estável enquanto obteve o melhor resultado operacional da história (segundo a companhia) ao fechar 2018 com R$ 7,02 bilhões em VGV (Valor Geral de Vendas) e R$ 6,74 bilhões em vendas contratadas, líquidas de permutas, respectivamente. O lucro cresceu 1,2% comparando o último trimestral com o de 2017 e 5,6% no acumulado anual comparado. Já o Ebitda do ano veio 10,8% superior ao de 2017. Expectativa de alta

 

O calendário segue a divulgação da Bmf Bovespa, podendo as empresas divulgar seus dados com antecedência

Interaja conosco: opiniões, comentários, sugestões, sempre são bem vindos!

Email: global@upsideinvestor.com

Copyright by Upside Investor 2016.

Todos os direitos reservados.

Disclaimer

Este relatório foi preparado pela Upside Investor e está sendo fornecido exclusivamente com o objetivo de informar. As informações, opiniões, estimativas e/ou projeções referem-se à data presente e estão sujeitas à mudanças como resultado de alterações nas condições de mercado, sem aviso prévio. As informações utilizadas neste relatório foram obtidas das companhias analisadas e de fontes públicas, que acreditamos confiáveis e de boa fé.

Nenhuma parte deste relatório pode ser copiada ou redistribuída sem prévio consentimento da Upside Investor.

(*) Conforme o artigo 16, parágrafo único, da ICVM 483, declaro ser inteiramente responsável pelas informações e afirmações contidas neste relatório de análise. Declaração do(s) analista(s) de valores mobiliários (de investimento), nos termos do art. 17 da ICVM 483. O(s) analista(s) de valores mobiliários (de investimento) envolvido(s) na elaboração deste relatório Ricardo Walendorff declara(m) que as recomendações contidas neste refletem  exclusivamente sua(s) opinião(ões) pessoal(is) sobre as companhias citadas e seus valores mobiliários e foram elaboradas de forma independente e autônoma

Upside Investor

Email:

upside@upsideinvestor.com

Website:

www.upsideinvestor.com

Rua Dona Antônia de Queirós, 549/2

Tel: (11)-4117-2998

Você recebeu este email porque você assinou nossa newsletter, visitou nosso site ou adquiriu nossos relatórios.

Descadastrar