Boletim Eletrônico - Número 89, 22 de Dezembro de 2020

Com perfil conciliador, Simone Tebet pode ser a primeira mulher a presidir o Senado

A senadora Simone Tebet (MDB-MS) disse que em política é preciso ter coragem, especialmente em momentos difíceis. Ela se referia à sua candidatura à presidência do Senado. Em quase 200 anos de história, Simone é a primeira mulher a ter uma candidatura realmente competitiva ao cargo. Em entrevista à Rádio Educativa de Campo Grande, na manhã desta segunda-feira (21), ela lembrou-se de que o seu pai, Ramez Tebet, presidiu o Senado (2001-2003) em um momento conturbado da história nacional. Leia mais

“Quando eu olho para aquela cadeira eu vejo o quanto um presidente do Senado pode fazer pelo País e pelas pessoas e o quanto o meu pai honrou o Mato Grosso do Sul sendo presidente do Senado num momento tão conturbado. Ele também tinha um perfil conciliador”

Queimadas: Simone Tebet pede apoio para criação de Brigada Permanente no Pantanal

A senadora Simone Tebet (MDB-MS) levou pedido do Corpo de Bombeiros de Mato Grosso do Sul ao Ministro da Justiça, André Mendonça. Ela foi ao gabinete do Ministro, na tarde de quinta-feira (17), para solicitar apoio para a implantação de uma Brigada Permanente de Prevenção e Combate a Incêndios em Corumbá, no Pantanal de Mato Grosso do Sul.

O Ministro respondeu positivamente, reforçando, assim, o compromisso do Governo Federal. No final de setembro, o Ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, já havia manifestado apoio a esta demanda. Leia mais

Simone Tebet acredita que, na hora certa, a maioria das pessoas vai optar por se vacinar contra covid-19

A senadora Simone Tebet (MDB-MS) defende que as pessoas que queiram sejam vacinadas e acredita que aqueles que rejeitam a imunização, por medo ou desinformação, serão paulatinamente convencidos ao perceberem que quem já se vacinou não manifestou reações adversas.

Para Simone, a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) que torna a vacinação obrigatória, mas não forçada, não traz preocupações porque ninguém será coagido a se vacinar. Leia mais

Facebook Twitter Youtube Instagram

MailerLite