As últimas atualizações da manhã pela Upside Investor.

Day Triggers

Ações e Informações para você investir

A Cara da Manhã

Economia Internacional

 

Escrito por:

Gabriel Cavarettoe Shin Lai

Importante lembrar aos investidores que os mercados são voláteis e que nem sempre se movimentam conforme os fundamentos econômicos

Ásia

Dia de ganhos nos mercados financeiros asiáticos, com indicativos de novos avanços consideráveis da questão comercial entre EUA e China, com discussões minuciosas entre o texto em ambas as línguas, conversas bem construtivas, e com a China apresentando ofertas “sem precedentes”. Outro ponto positivo foi a melhora da percepção de risco a nível global, ou apenas uma correção mediante a forte movimentação negativa da semana.

No Japão, ainda tivemos dados dentro do esperado para a produção industrial, enquanto a taxa de desemprego e o IPC de março tiveram resultados melhores do que se esperava.

Destaque para as bolsas de Xangai, Hong Kong e Tóquio que fecharam respectivamente com ganhos de +3,20%, +0,96% e +0,82%, com destaque chinês pelas informações de cima e para a maior liberação dos mercados financeiros chineses à participação global.

Europa

Em busca de avanços sobre o Brexit, a primeira-ministra britânica, Theresa May, ofereceu a opção de fatiar a proposta que ela conseguiu com a União Europeia, o que gerou confusão no parlamento britânico. Esperamos algum desenvolvimento, teremos votação hoje, enquanto a EU aguarda algum acordo no parlamento britânico para prorrogar a saída do R. Unido do bloco europeu até 22 de maio.

--

Bolsas do velho continente tiveram o início do dia com movimento majoritariamente positivo, pegando carona na alta asiática, ao mesmo tempo que conta com índice de preços de imóveis subindo no R. Unido, vendas do varejo acima do esperado e relativos ao desemprego dentro do esperado na Alemanha. Na parte negativa tivemos a França com gastos de consumidores e IPC de março abaixo do esperado.

Agora pela manhã brasileira, foi divulgado o PIB do Reino Unido, fechando o último trimestre dentro do esperado, mas superando as expectativas no anual ao fechar com ganhos de 1,4%, enquanto informações ligadas ao credito e aos investimentos vieram melhor do que o mercado estimava.

 

Economia nos EUA

Ontem foi divulgado o PIB do último trimestre, crescendo 2,2%, abaixo dos 2,4% esperados, enquanto dados de preços e de desemprego surpreenderam positivamente. Já hoje teremos diversos dados importantes, com maior destaque para o PCE Deflator e o PMI de Chicago.

--

Futuros operavam em alta as 07:45 de hoje, com Nasdaq +0,26%, Dow Jones +0,21% e S&P +0,21%.

 

Treasuries e Índice de Volatilidade VIX nos EUA – 07:45

Treasuries operavam em alta, com +1,98% para 2 anos, e +1,56% para 10 anos (2,426). Enquanto isso, o Vix futuro estava em 0,0% e CBOE vix em -1,52%.

Pela movimentação positiva dos futuros e dos yield, enquanto os indicadores volatilidade (vix) operavam com dominância negativa, cenário inicial da bolsa norte-americana demonstra que o dia tende a começar mais positivo, como está ocorrendo na Europa e ocorreu na Ásia.

 

Economia Nacional

A bolsa de valores vem apresentando forte volatilidade nessa semana, caindo mais de 3% na quarta-feira e subindo quase 3% na quinta-feira, com ambas influenciadas principalmente pelos fatores políticos, com o grande atrito gerado entre o presidente da câmara e o da república. Com a trégua de ambas as partes, o foco volta a ser a reforma da previdência, por isso os investidores devem se manter atento ao desenrolar da proposta.

--

Expectativa para a divulgação da taxa de desemprego atual do país, dados ligados ao orçamento de fevereiro e a relação de dívida/PIB, também de fevereiro.

Política Nacional

O ministro da economia, Paulo Guedes explicou seu plano de ajudo aos estado endividados, partindo de três pontos: o equilíbrio fiscal, que contará com antecipação de recursos; a tangibilização dos ativos via BNDES, antecipando recursos para os estado que tiverem ativos; e a atuação na lei Kandir, que seria utilizada para transferência de recursos da união para municípios e estados.

--

Finalmente o relator da proposta da reforma da previdência na CCJ da câmara foi escolhido na quinta-feira. Marcelo Freitas (PSL-MG) foi o escolhido, tendo um currículo invejável e parece estar de acordo com o presidente da câmara, R. Maia, segundo o presidência da comissão. Freitas tão logo foi anunciado, o presidente da comissão tratou de reafirmar que o ministro da economia estará presente no colegiado da próxima quarta-feira.

Conheça Upside Advisory: Aconselhamento individualizado para seus investimentos em ações, fundos e renda fixa. Aumente seu patrimônio com Upside

Advisory Upside Investor

Recomendações Diárias Fundamentalistas

Bom dia investidor!

Otimismo na China com Shanghai subindo +3,2%, e todos os índices asiáticos fecharam no positivo são uma boa expectativa para os pregões ocidentais. A alta é explicada pelo twitter do secretário do Tesouro, Mnuchin que disse que as conversas foram positivas

Nas commodities energéticas, os barris de petróleo são negociados negociados acima de +1,4% Brent, os futuros de óleo também corroboram o viés altista com +1,92%. Petrobras deve ter um dia positivo na Bovespa, abrindo oportunidade para se liquidar as posições e embolsar os lucros

O nome do relator da Previdência na CCJ, Márcio Freitas (PSL-MG) é uma sinalização muito forte de que o projeto está caminhando

O dia tem tudo para ser um excelente pregão na Bovespa, caso não surja nenhuma notícia difícil de Brasília. Fechando a semana com chave de ouro

Os contratos lastreados em dólar  bem como ações de exportadoras de celulose, devem ceder

Bons negócios e um bom pregão!

 

Recomendações fundamentalista

DJ Commodities em +0,58% as 7:45

Petróleo:

Futuros do petróleo subiram durante sessão asiática.

Brent em +1,06% e WTI em +1,26% as 7:45 desta manhã.

Na Europa (7:49) temos BP em +1,05%, Shell em +0,86% e fechamento de Petrochina com +1,47%.

Viés de alta, com expectativa de manter o ânimo de ontem, junto com o movimento positivo observado no exterior neste setor (PETR4).

Minério: em comunicado ao mercado, Vale informou que espera vender entre 307 e 332 milhões de toneladas de minério de ferro em 2019

Dólar estava -0,01% as 7:45, cotado a R$ 3,9008, após fechar o dia anterior em R$ 3,9012 (-2,3%).

Na Europa (bolsa de Londres), Anglo American com +1,45%, Rio Tinto em +1,51% e BHP em +1,31%, as 7:50.

Viés de alta moderada, com expectativa de ganhos vindos de fora ajudarem, com os pares internacionais positivos e alta do minério de ferro negociado na China (+3,61%) (VALE3/BRAP4).

Siderurgia:

Em Londres, ArcelorMittal em +1,09% (07:51). Na Ásia, Nippon Steel, do Japão, fechou variando -0,05%, enquanto na China Hesteel e Baoshan fecharam em +2,09% e +2,12%, respectivamente

Viés alta moderada, seguindo a expectativa da alta asiática ajudar no setor, ganhos dos pares internacionais e dia positivo nos preços do vergalhão de ferro negociados na Ásia (GGBR4/CSNA3/USIM5).

Paper e Pulp:

Dólar estava +0,06% as 7:45, cotado a R$ 3,9941, após fechar o dia anterior em R$ 3,9939 (+2,98%).

Pulp & Paper Index Price variou +0,51%, fechando a 585,66.

Dos principais pares, o japonês Oji Paper variou +0,44%, enquanto os pares europeus Stora Enso estava em +1,97% e UPM em +0,84%, as 7:52.

Para hoje, acreditamos no viés de baixa moderada, que apesar dos ganhos da parte internacional, internamente a queda do dólar deve influenciar o acionário deste setor (SUZB3/KLBN11/DTEX3).

Bancos:

Viés de alta, com movimentação internacional bem positiva nessa manhã de sexta-feira, enquanto internamente notícias de andamento da previdência deverão animar o mercado (BBAS3/ITUB4/BBDC4).

A JBS (JBSS3) apresentou fechamento do lucro líquido 2018 201% acima do que 2017 ao acumular 1,6 bilhão de reais, contando com uma inversão no último trimestre, pois houve lucro em 2018 enquanto 2017 tinha fechado no prejuízo. Se considerar a adesão ao Funrural, o resultado se mostra 95,3% pior que de 2017. O Ebitda e receita líquida também foram positivos, com +10,7% e 11,3%, respectivamente. Alta moderada esperada.

Sabesp (SBSP3) apresentou fortes resultados no 4T18, +146% maior, atingindo R$1,5 bi. O EBITDA também teve crescimento de +67%, R$ 2,32 bi. Expectativa de alta no pregão

 

O calendário segue a divulgação da Bmf Bovespa, podendo as empresas divulgar seus dados com antecedência

Interaja conosco: opiniões, comentários, sugestões, sempre são bem vindos!

Email: global@upsideinvestor.com

Copyright by Upside Investor 2016.

Todos os direitos reservados.

Disclaimer

Este relatório foi preparado pela Upside Investor e está sendo fornecido exclusivamente com o objetivo de informar. As informações, opiniões, estimativas e/ou projeções referem-se à data presente e estão sujeitas à mudanças como resultado de alterações nas condições de mercado, sem aviso prévio. As informações utilizadas neste relatório foram obtidas das companhias analisadas e de fontes públicas, que acreditamos confiáveis e de boa fé.

Nenhuma parte deste relatório pode ser copiada ou redistribuída sem prévio consentimento da Upside Investor.

(*) Conforme o artigo 16, parágrafo único, da ICVM 483, declaro ser inteiramente responsável pelas informações e afirmações contidas neste relatório de análise. Declaração do(s) analista(s) de valores mobiliários (de investimento), nos termos do art. 17 da ICVM 483. O(s) analista(s) de valores mobiliários (de investimento) envolvido(s) na elaboração deste relatório Shin Lai declara(m) que as recomendações contidas neste refletem  exclusivamente sua(s) opinião(ões) pessoal(is) sobre as companhias citadas e seus valores mobiliários e foram elaboradas de forma independente e autônoma

Upside Investor

Email:

upside@upsideinvestor.com

Website:

www.upsideinvestor.com

Rua Dona Antônia de Queirós, 549/2

Tel: (11)-4117-2998

Você recebeu este email porque você assinou nossa newsletter, visitou nosso site ou adquiriu nossos relatórios.

Descadastrar