As últimas atualizações da manhã pela Upside Investor.

Day Triggers

Ações e Informações para você investir

A Cara da Manhã

Economia Internacional

Importante lembrar aos investidores que os mercados são voláteis e que nem sempre se movimentam conforme os fundamentos econômicos

Mercados europeus e asiáticos sem muita novidade impactante faz com que a agenda dos mercados siga mais os indicadores do que notícias. Analistas ainda estão preocupados com a guerra comercial, apesar da melhora das expectativas, principalmente após os resultados trimestrais.

Outro ponto é a reunião de Trump com Juncker (Presidente da Comissão Europeia) para tratar de assuntos comerciais com a UE. Esta reunião traz maior cautela para os investidores.

Ásia

Bolsas asiáticas fecharam o dia sem uma direção definida, com Japão fechando em alta de 0,46%, enquanto China em fraca queda de -0,04 (2.904.37 pontos). Destaque negativo na China para setores de telefonia e de eletricidade, enquanto no Japão teve destaque os setores de maquinário, de construção de navios e de aço.

 

Europa

Nesta manhã, tivemos a divulgação de dois importantes indicativos do cenário de negócios na Alemanha. As Expectativas de Negócios vieram 1 ponto percentual abaixo do esperado (98,2). Avaliação da Situação Atual e o Índice lfo de Clima de Negócios vieram acima das expectativas, com 105,3 (expetativas em 104,8) para o primeiro, e 101,7 para o segundo (expectativa de 101,6).

No Reino Unido os números de Aprovações de Financiamento Imobiliário Bruto se mostraram mais fortes que o esperado, ocorrendo um crescimento, chegando a 40,5 mil (expectativa de pequena queda, chegando a 39 mil).

Na França tivemos o número de Candidatos a Emprego veio pouco abaixo que o mês anterior, 3.442,7 mil (anterior 3.444,5 mil). Este número ajuda o mercado a entender se as pessoas estão de fato buscando emprego, ou seja, se teria maior oferta de candidatos, que tende a abaixar os salários.

Mercados abrem seguindo a falta de tendência da Ásia, com queda em Frankfurt e Londres, e alta de 0,19% em Paris (5.444,78 pontos).

 

Economia nos EUA

Hoje teremos a divulgação de importantes indicadores para o mercado imobiliário em geral (importante para este país), que serão divulgados as 11 horas. A variação do número de Vendas de Casas Novas (comparação mensal/jun) tem expectativa de -2,8%, que em valores seria entregar 670 mil.

Além das expectativas da reunião de Trump com Juncker, foi informado ontem que o presidente dos EUA pretende fechar um “acordo de verdade” para desnuclearizar o Irã, o que poderia trazer maior calmaria após dias de tensão (iniciado via Twitter).

Futuros operavam em baixa as 7:45h de hoje, com Nasdaq -0,02%, Dow Jones -0,09% e S&P -0,15%.

 

Treasuries e VIX nos EUA – 7:45

Treasuries operavam em baixa de -0,26% para 2 anos, e -0,24% para 10 anos (2,943). Enquanto isso, o Vix futuro estava em +0,42% e CBOE vix em +0,08%.

Pela movimentação negativa dos futuros e dos yields, e com aumento fraco da volatilidade (vix), tendência geral de maior tensão, apesar de indicarem movimentações baixas.

 

Economia Nacional

Ontem o Índice de Confiança do Consumidor (FGV) mostrou melhora (de 82,1 para 84,2), trazendo recuperação após três resultados negativos seguidos.

Nesta terça-feira no México, foi definido que os dois maiores grupos de comércio da América Latina (Aliança do Pacífico e Mercosul) buscam aumentar relações econômicas e comerciais, em meio a perspectivas protecionistas do presidente norte-americano.

Hoje as 10:30, teremos a divulgação do valor em Transações Correntes de junho (expectativas em 0,04 bilhões de dólares) e do Investimento Estrangeiro Direto, que apresenta expectativas de melhora, chegando a 6,00 bilhões de dólares.

Por fim, as 12:30, serão divulgados os dados do Fluxo Cambial Estrangeiro.

Antes e durante a abertura do mercado, teremos a divulgação dos resultados de Fibria, Telef. Brasil (vivo) e do banco Santander. Após o fechamento teremos os resultados de Vale, Odontoprev, Atacadão (Carrefour) e de Energias do Brasil.

Política Nacional

Ontem a ministra Cármen Lúcia rejeitou o pedido de liminar feito pela Associação dos Empregados da Eletrobras, que pretendia suspender o leilão das distribuidoras estaduais de energia elétrica. Desta maneira a Cepisa (Piauí) será a primeira a ser leiloada na quinta-feira, 26/07.

 

Recomendações Diárias Fundamentalistas

DJ Commodities em 0,20% as 7:45

Petróleo: teremos a divulgação dos estoques de petróleo nos EUA, as 11 e 30. Estoques de petróleo bruto, Estoque de Petróleo Bruto com expectativas de redução dos estoques, chegando a -2,331 milhões. Também teremos os Estoque de petróleo em Cushing (anterior em -0,860 milhões).

Petrobrás entrou em negociação exclusiva para vender dois polos maduros de petróleo em águas rasas para EIG Global Energy Paterns. Se for concretizada a venda, será a estreia da gigante de private equities no setor. Importante lembrar que a EIG comprou, no começo deste ano, a companhia de logística brasileira Prumo (PRML3).

AEB, com o petróleo chegando próximo a US$ 70 novamente, AEB (Associação de Comércio Exterior do Brasil), prevê que a commodity deve ocupar o segundo lugar em valor de embarque das exportações nacionais.

Futuros do petróleo em queda durante o pregão asiático.

Brent em +0,53% e WTI em -0,15% as 7:45 desta manhã.

Na Europa (7:55) temos BP em -1,13% Shell -1,07% e Petrochina fechando em +0,13%.

Viés de alta. (PETR4)

Minério: considerando que a Vale irá divulgar seus resultados trimestrais apenas após o fechamento de mercado desta quarta-feira, ações tendem a apresentar maior cautela, com grande possibilidade de seguir as expectativas para os próximos resultados juntamente com a média exterior.

Minério de ferro fechou em +0,32%, 476,50, na China.

Na Europa, Anglo American em -1,16% de alta e Rio Tinto em -2,54%, e BHP em -1,94% as 7:56.

Viés de alta, com expectativas positivas para os resultados trimestrais, mesmo com o exterior em baixa. (VALE3/BRAP4).

Siderurgia: ontem tivemos fortes ganhos para o setor, seguindo a tendência internacional que respondia às notícias positivas vindas principalmente da China, que afirma que buscará políticas fiscais mais “vigorosas”.

Também foi informado para o mercado que as siderúrgicas irão ajustar os preços do aço no Brasil, para acompanhar o dólar e os preços internacionais que vêm subindo.

Em Londres, ArcelorMittal com alta de -1,60% as 7:58. Pares na Ásia, Nippon Steel +1,92% e Hesteel +2,06%.

Viés alta, mas existe a possibilidade de correção. (GGBR4/CSNA3/USIM5)

Paper e Pulp: Ontem, no início do dia o CADE aceitou o pedido (terceira interessada) da International Paper para participar da análise do processo de fusão entre Fibria e Suzano. A fusão já foi autorizada pelas autoridades de defesa da concorrência nos EUA, faltando a autorização nacional para a criação da maior produtora de celulose no mundo.

Ontem uma casa de investimentos informou que existem boas expectativas para a divulgação dos resultados trimestrais para o setor, considerando a alta da demanda na China e na Europa, além dos reflexos das altas recentes do dólar.

Nesta quarta, antes da abertura do mercado, serão divulgados os resultados trimestrais de Fibria, que podem mudar a dinâmica do setor. As expectativas são de Receita em 4,5 bilhões, LPA em 0,45.

Dólar em pequena queda na abertura (7:45), -0,09%.

Pulp & Paper Index Price fechou em alta de 1,27%, 574,06.

Par asiático Oji Paper em +1,79% e par europeu Stora Enso em -0,02% (7:56).

Viés de alta. (SUZB3/FIBR3/KLBN11)

Bancos: apesar de ser o banco menos utilizados pelos investidores, temos as expectativas para o Santander, com Receita esperada em 14,39 bilhões e LPA em 0,37, que são expectativas de piora. Também teremos a divulgação do trimestre do Banco Inter.

Sem outras novidades relevantes para o setor, ações devem seguir tendência da bolsa nacional.

Viés pequena baixa, pela tendência (fraca) de alta do Ibovespa e de alta no bond de 10 anos no Brasil. (BBAS3/ITUB4/BBDC4)

Pão de Açucar (PCAR4) reversão de prejuízo para lucro. Viés de alta

O calendário segue a divulgação da Bmf Bovespa, podendo as empresas divulgar seus dados com antecedência

Interaja conosco: opiniões, comentários, sugestões, sempre são bem vindos!

Email: global@upsideinvestor.com

0

Copyright by Upside Investor 2016.

Todos os direitos reservados.

Disclaimer

Este relatório foi preparado pela Upside Investor e está sendo fornecido exclusivamente com o objetivo de informar. As informações, opiniões, estimativas e/ou projeções referem-se à data presente e estão sujeitas à mudanças como resultado de alterações nas condições de mercado, sem aviso prévio. As informações utilizadas neste relatório foram obtidas das companhias analisadas e de fontes públicas, que acreditamos confiáveis e de boa fé.

Nenhuma parte deste relatório pode ser copiada ou redistribuída sem prévio consentimento da Upside Investor.

(*) Conforme o artigo 16, parágrafo único, da ICVM 483, declaro ser inteiramente responsável pelas informações e afirmações contidas neste relatório de análise. Declaração do(s) analista(s) de valores mobiliários (de investimento), nos termos do art. 17 da ICVM 483. O(s) analista(s) de valores mobiliários (de investimento) envolvido(s) na elaboração deste relatório Ricardo Walendorff declara(m) que as recomendações contidas neste refletem  exclusivamente sua(s) opinião(ões) pessoal(is) sobre as companhias citadas e seus valores mobiliários e foram elaboradas de forma independente e autônoma

Upside Investor

Email:

upside@upsideinvestor.com

Website:

www.upsideinvestor.com

Rua Dona Antônia de Queirós, 549/2

Tel: (11)-4117-2998

Você recebeu este email porque você assinou nossa newsletter, visitou nosso site ou adquiriu nossos relatórios.

Descadastrar