As últimas atualizações da manhã pela Upside Investor.

Day Triggers

Ações e Informações para você investir

A Cara da Manhã

Economia Internacional

 

Escrito por:

Gabriel Cavaretto, Ricardo Walendorff e Shin Lai

Importante lembrar aos investidores que os mercados são voláteis e que nem sempre se movimentam conforme os fundamentos econômicos

Ásia

Mercado de trabalho ganha destaque no Japão. Foi divulgado a Proporção de Ofertas de Emprego (set), atingindo 1,64 (expectativa de 1,63), enquanto o desemprego de setembro foi de 2,3% (expectativa de 2,4%).

Mercados asiáticos fecharam majoritariamente positivos, estimulados por resultados positivos supracitados, informações de que a CVM chinesa estimulará o mercado a ser mais líquido, menos burocrático e outras melhorias para impulsionar os investimentos, e também tivemos a entrevista de Trump dizendo que fará um “ótimo acordo com a China”, após notícia de novas tarifas saírem ontem à noite.

Com isso, China fechou em alta de +1,02%, Japão +1,44%, enquanto Hong Kong fechou em -0,91%, ocorrendo exato movimento inverso do fechamento anterior.

França apresentou as prévias do PIB do 3º trimestre, com variação trimestral em +0,4% (expectativa de +0,4%) e anual em +2,1%. Também foram divulgados os Gastos dos Consumidores (mensal/set), com variação de -1,7% (expectativa de -0,4%).

Mercado de trabalho na Alemanha. A Varação no Desemprego foi de -11 mil (expectativa de -12 mil), fechando outubro com 5,1% (expectativa de manter em 5,1%), o que representa 2,29 milhões de pessoas. Durante o dia, as 10 horas, ainda serão divulgados os IPC mensal e anual (out), com expectativa de +0,1% e +2,4%, respectivamente.

Diversos resultados na zona do euro, dos quais destacamos as expectativas, com a Confiança de Empresas e Consumidores (out), com 109,8 (expectativa de piora para 110,0), Clima de Negócios (out), com 1,01 (expectativa de piora para 1,14), Confiança do Consumidor (out), com -2,7 (expectativa de manter em -2,7), Confianças nos Serviços (out), com 13,6 (expectativa de piora para 14,0), e Confiança Industrial (out), com 3,0 (expectativa de piora para 3,8).

Ainda tivemos as prévias do PIB trimestral (3º). A prévia da variação trimestral, foi de +0,2% (expectativa de +0,4%), enquanto a anual foi de +1,7% (expectativa de +1,9%).

 

Mercados abriram em alta, com Frankfurt com +0,5%, Londres com +0,3% e Paris com +0,33%. Grande parte dos dados divulgados vieram abaixo do esperado estimularam a mudança do caráter positivo, fazendo com que apenas Londres se mantinha positiva, durante a produção deste relatório.

Economia nos EUA

Ontem a Bloomberg havia publicado que os EUA planejam definir mais tarifas sobre todos os produtos importados remanescentes vindos da China, para começar em dezembro, caso não haja acordo comercial. Esta notícia foi um dos principais balizadores do mercado de ontem, apesar de no final do dia, em uma entrevista a Fox News, Trump tranquilizou informando que espera estabelecer um acordo com a China.

Destaque maior do dia será a Confiança do Consumidor CB (out), com expectativa de redução para 136, após três altas consecutivas.

Dentre os resultados trimestrais para esta manhã, antes do mercado abrir, chamamos atenção para: Mastercard, Pfizer, British Petroleum, Coca-Cola Company, Kemet, Baker Hughes e Sony.

 

Futuros operavam em alta as 7:45h de hoje, com Nasdaq +0,25%, Dow Jones +0,25% e S&P +0,33%.

Treasuries e VIX nos EUA – 7:45

Treasuries operavam em alta, com +0,87% para 2 anos, e +0,85% para 10 anos (3,113). Enquanto isso, o Vix futuro estava em -0,46% e CBOE vix em -1,13%.

Pela movimentação positiva dos futuros e dos yield, enquanto os indicadores volatilidade (vix) operavam em baixa, cenário de abertura da bolsa norte-americana é positivo, mas sem grande força. Investidor deve ficar atento aos resultados trimestrais ou notícias que podem mudar o andamento do mercado.

 

Economia Nacional

Ontem o mercado financeiro deu um balde de água fria nos investidores locais, fechando com boa queda, mesmo gap de abertura e ETFs no exterior apontando altas contundentes. A queda de mais de 2% de ontem foi motivada pela grande realização de lucros, em conjunto com a mudança de humor nos EUA, provenientes da notícia de que mais tarifas contra produtos chineses deverão ser anunciadas para dezembro.

Ainda ontem, foi informado que começará a vale o novo teto de financiamento do FGTS aprovado em julho pela CMN. Agora, será possível utilizar os recursos do FGTS para adquirir a casa própria com um teto de financiamento de até 1,5 milhão de reais. Ótima notícia para o setor imobiliário.

--

Às 7 horas, foi divulgado o IGP-M de outubro, com +0,89% (expectativa de +0,9%). Este indicador é importante porque é utilizado para ajustes de energia e aluguel e ajuda no indicativo de atividade, não apenas aumento dos preços.

Além do IGP-M, seguindo a movimentação de divulgação mundial, teremos a Taxa de Desemprego, as 8h, 11,9%. A taxa vem reduzindo desde maio deste ano, após o aumento sazonal, e deve apresentar outra redução, caindo novamente para abaixo de 12%.

Política Nacional

O novo presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, afirmou ontem em uma entrevista que irá encontrar com o atual presidente, Michel Temer, para discutirem sobre projetos que poderiam já ser aprovados ainda neste ano, como a reforma da Previdência. Caso consiga produzir um novo texto em conjunto e aprovar neste ano, o Governo Temer terá deixado um bom histórico de reformas importantes, o que ajudaria o futuro presidente.

Recomendações Diárias Fundamentalistas

 

Recomendações fundamentalista

O Ibovespa futuro sinaliza que teremos um pregão de ligeira alta +0,6%. Resultado do banco Itaú abaixo das expectativas deve retirar o brilho do pregão

O índice deve seguir a alta leve dos EUA, indicada pelo S&P500 Futuros em alta de +0,2%

Jair Bolsonaro menciona intenção de privatizar estatais em entrevista a Record: Petrobras (PETR4), Banco do Brasil (BBAS3) e Eletrobras (ELET6)

DJ Commodities em -0,37% as 7:45

Petróleo: ontem a Petrobras anunciou que haverá queda de 10% do valor do diesel da refinaria, seguindo o novo programa de reajustes mensais. Esta redução é consequência da baixa recente do petróleo mundial e principalmente pela queda recente do dólar.

Estoque de Petróleo Bruto Semanal API, as 17:30, que semana passada trouxe impactos negativo para as empresas, com aumentou do estoque para 9,88 milhões.

A grande petrolífera britânica, a BP, fechou o 3º trimestre com lucro mais de 2 vezes maior que no ano anterior, com US$ 3,09 bilhões.

Brent em -0,54% e WTI em -0,60% as 7:45 desta manhã.

Na Europa (7:35) temos BP em +3,45%, Shell +0,35% e Petrochina +0,36%.

Viés de alta moderada, pela movimentação das ações externas e possível retomada de preços (PETR4).

Minério:

Minério de ferro fechou a 538,00 na China, com variação de -0,46%.

Dólar estava -0,03% as 7:45, cotado a R$ 3,72, mostrando novamente dificuldades de se manter abaixo dos 3,70.

Na Europa (bolsa de Londres), Anglo American com +1,13%, Rio Tinto em +0,34% e BHP em +0,56%, as 7:36.

Viés de alta moderada, com setor externo positivo e possível correção (VALE3/BRAP4).

Siderurgia:

Em Londres, ArcelorMittal em -1,25% (7:37). Na Ásia, tivemos o fechamento de Nippon Steel com +0,44%, Hesteel +0,63% e Baoshan +1,62%.

Viés alta moderada, justificada pela alta externa na Ásia e possível correção de ontem (GGBR4/CSNA3/USIM5).

Paper e Pulp: Klabin divulgou resultados abaixo das expectativas do mercado, algo que já foi apresentado nos preços da ações, que caíram cerca de -5%. Apesar do aumento da Receita em 26% e do Ebitda em 66%, o lucro da companhia caiu 73% e seu custo de produção de Puma ainda é o maior, caindo apenas para 628 reais a tonelada (Fibria com 584 e Suzano com 619).

Dólar estava -0,03% as 7:45, cotado a R$ 3,72, mostrando novamente dificuldades de se manter abaixo dos 3,70.

Pulp & Paper Index Price fechou o dia com leve baixa de +4,03%, atingindo 616,87.

Dos principais pares, o japonês Oji Paper fechou em +4,82%, enquanto o par europeu Stora Enso estava em -1,08% as 7:38.

Cenário positivo externo pode influenciar em alta moderada, apesar da queda do dólar e possível correção (SUZB3/FIBR3). Ainda se espera viés negativo para Klabin (KLBN11).

Bancos: ontem o banco Itaú Unibanco (ITUB4) anunciou seus resultados trimestrais. Destacamos o aumento do lucro em 3,2% na comparação anual, atingindo 6,454 bilhões de reais, também houve grande aumento da carteira de crédito, 10,65%, atingindo 636,4 bilhões de reais. Outro destaque foi a queda da rentabilidade sobre o PL para 21,3 (redução de -0,3 pontos). Resultado pouco impactantes para o setor.

Viés alta, pelo setor ser um grande beta da movimentação dos EUA e por acreditarmos em alguma correção positiva para o dia de hoje (BBAS3/ITUB4/BBDC4).

Usiminas USIM5 – Usiminas apresentou para o terceiro trimestre um crescimento da Receita Líquida de 41,08%, Ebitda com aumento de 54,37%, a Dívida Líquida caiu -10,59% e o Lucro Líquido foi 280,92% superior (ano/ano). Viés de alta.

Construção Civil financiamento de até R$ 1,5 milhão pode ser feito pelo FGTS. A medida deve gerar um viés positivo para ações do setor. Cyrela (CYRE3), Eztec (EZTC3), Even (EVEN3), Tecnisa (TCSA3), Tenda (TEND3), MRVE3

Vivo Telefonica (VIVT4) houve queda na receita líquidade -1,1% vs 3T17, R$ 10,8 bi. Explicado por queda nas vendas da fixa -6% e estagnação na móvel +1,3%. Por sua, vez houve forte redução de custos operacionas -17%. EBITDA aumentou +30%, R$ 4,8 bi. Resultado financeiro líquido positivo foi de R$ 653 mi, ajudando na última linha
O resultado é explicado por melhora do lado operacional, principalmente controle de despesas e resultado financeiro líquido.Viés de alta

Multiplan (MULT3) a empresa apresentou crescimento nas vendas com  Mesmas Lojas +4,9%, e aumento nas vendas totais de +7%.  Taxa de ocupação nos shoppings foi de 97,7%. O EBITDA cresceu +25,5% para R$227mi. Bem como o lucro líquido foi de R$ 116 mi, +54%. Viés de alta

 

O calendário segue a divulgação da Bmf Bovespa, podendo as empresas divulgar seus dados com antecedência

Interaja conosco: opiniões, comentários, sugestões, sempre são bem vindos!

Email: global@upsideinvestor.com

Copyright by Upside Investor 2016.

Todos os direitos reservados.

Disclaimer

Este relatório foi preparado pela Upside Investor e está sendo fornecido exclusivamente com o objetivo de informar. As informações, opiniões, estimativas e/ou projeções referem-se à data presente e estão sujeitas à mudanças como resultado de alterações nas condições de mercado, sem aviso prévio. As informações utilizadas neste relatório foram obtidas das companhias analisadas e de fontes públicas, que acreditamos confiáveis e de boa fé.

Nenhuma parte deste relatório pode ser copiada ou redistribuída sem prévio consentimento da Upside Investor.

(*) Conforme o artigo 16, parágrafo único, da ICVM 483, declaro ser inteiramente responsável pelas informações e afirmações contidas neste relatório de análise. Declaração do(s) analista(s) de valores mobiliários (de investimento), nos termos do art. 17 da ICVM 483. O(s) analista(s) de valores mobiliários (de investimento) envolvido(s) na elaboração deste relatório Ricardo Walendorff declara(m) que as recomendações contidas neste refletem  exclusivamente sua(s) opinião(ões) pessoal(is) sobre as companhias citadas e seus valores mobiliários e foram elaboradas de forma independente e autônoma

Upside Investor

Email:

upside@upsideinvestor.com

Website:

www.upsideinvestor.com

Rua Dona Antônia de Queirós, 549/2

Tel: (11)-4117-2998

Você recebeu este email porque você assinou nossa newsletter, visitou nosso site ou adquiriu nossos relatórios.

Descadastrar