As últimas atualizações da manhã pela Upside Investor.

Day Triggers

Ações e Informações para você investir

A Cara da Manhã

Economia Internacional

 

Escrito por:

Gabriel Cavaretto, Ricardo Walendorff e Shin Lai

Importante lembrar aos investidores que os mercados são voláteis e que nem sempre se movimentam conforme os fundamentos econômicos

 

Ásia

Mercados asiáticos fecharam o último dia da semana em alta generalizada, influenciados pela recuperação vinda das bolsas de NY após fala de Powell (presidente do Fed), indicação de que mesmo sem acordo, EUA e China manterão contato próximo para solucionar a questão comercial, e com dados internos da economia japonesa predominantemente positivos (saldo das transações correntes, e bom aumento mensal de gastos domésticos). Assim, a bolsa de Xangai fechou com alta de 0,74%, Hong Kong de 0,55% e a de Tóquio de 0,97%, com a última acumulando uma alta de 4,08% na semana.

Europa

Em dia de diversas divulgações para a parte econômica do R. Unido, com destaque para o PIB, Produção Industrial e Balança Comercial, bolsas europeias abriram em dominância positiva, com destaque para as altas de 0,17% de Frankfurt, 0,05% de Paris e de 0,35% de Londres, enquanto não surgem novidades relevantes para o cenário europeu e seguindo a melhora das expectativas mundiais.

Economia nos EUA

Na manhã de ontem tanto os EUA quanto a China não confirmaram nenhum acordo sobre a questão comercial, apesar de concordarem que os laços estão mais estreitos e que com isso definirão os próximos passos “em conjunto”. De início houve uma maior preocupação dos mercados, mas o tom amistoso e depois a confirmação de que ocorrerão novos encontros para o fim de janeira, já mudaram as expectativas, como verificamos no mercado acionário asiático.

--

Apesar do começo mais pessimista do dia, ontem Wall Street fechou pela quinta vez consecutiva, influenciada novamente pelo Fed, no caso o seu presidente, J. Powell, confirmando o tom mais dovish expresso na última ata para a política monetária, mas ao mesmo tempo deixou uma pequena preocupação ao informar que o aperto quantitativo do balanço do Fed estaria em “piloto automático”.

--

Futuros operavam em alta as 7:45h de hoje, com Nasdaq +0,04%, Dow Jones +0,13% e S&P +0,08%.

Treasuries e VIX nos EUA – 7:45

Treasuries operavam em baixa, com -0,71% para 2 anos, e -0,78% para 10 anos (2,71). Enquanto isso, o Vix futuro estava em +0,2% e CBOE vix em -2,4%.

Pela movimentação positiva dos futuros, negativa dos yield, enquanto os indicadores volatilidade (vix) apresentavam movimentação dúbia, cenário de abertura da bolsa norte-americana é bem confuso, com nenhuma predominância clara de movimento.

 

Economia Nacional

Informações de bancos internacionais e analistas externos estão considerando o Brasil como o país mais atrativo para investimentos em mercados emergentes em 2019, enquanto o México perde a atratividade com as últimas decisões do novo governo eleito. A revista Forbes também se posicionou do lado otimista para a bolsa nacional, classificando-a como a com maior potencial mundial de crescimento para o trimestre e talvez para o semestre.

O novo governo emplacando a reforma da Previdência estimulará ainda mais a entrada de capital estrangeiro, dando muito mais força para a bolsa que vem subindo principalmente pela capitação de “dinheiro nacional”.

--

Hoje teremos finalmente o fechamento da IPCA, que é o principal índice inflacionário nacional. Para o mês de dezembro, há expectativa de alta de +0,13%, enquanto se espera fechar o ano com o acumulado de 3,7%, abaixo do esperado por grande parte do ano.

Política Nacional

O vice-presidente, Hamilton Mourão, se mostrou disposto a negociar a participação dos militares na reforma de Previdência, considerando que ele e o presidente acreditam que suas “origens” devem dar sua contribuição, mesmo considerando tais aposentadorias diferenciadas.

--

O secretário da Receita Federal, Marcos Cintra, afirmou ontem que a possibilidade de redução da alíquota de IR existe, mas que a reforma da Previdência virá em primeiro lugar. Também destacou que existe a possibilidade do governo promover medidas para a redução de encargos trabalhistas, incluindo a incidência de tributos sobre a folha salarial de empregados, justamente pela resiliência do desemprego, que apesar das melhoras recentes, ainda segue alto no país.

Recomendações Diárias Fundamentalistas

Devido ao regime de chuvas intenso na capital Paulistana no verão, acabamos por ter nosso sistema de internet danificado. Impedindo de enviar o relatório no horário matutino.

Recomendações fundamentalista

DJ Commodities em +0,88% as 7:10

Petróleo:  

--

Futuros do petróleo subiram durante sessão asiática.

Brent em +1,02% e WTI em +1,14% as 7:10 desta manhã.

Na Europa (7:08) temos BP em +1,37%, Shell em +0,96% e fechamento de Petrochina com +0,41%.

Viés de alta, pela recuperação do acionário e das expectativas (PETR4).

Minério:

Na Europa (bolsa de Londres), Anglo American com +1,64%, Rio Tinto em +1,6% e BHP em +1,37%, as 7:09.

O dólar variava a 0%, cotado a R$3,7104 (7:09).

Viés de alta, com predominância positiva externa (VALE3/BRAP4).

Siderurgia:

Em Londres, ArcelorMittal em +0,48% (7:10). Na Ásia, tivemos o fechamento de Nippon Steel com +0,55%, Hesteel +0,33% e Baoshan +0,9%.

Viés alta moderada, pela movimentação externa e pouca mudança interna (GGBR4/CSNA3/USIM5).

Paper e Pulp:

Pulp & Paper Index Price fechou o dia com leve baixa de +0,45%, atingindo 526,2.

Dos principais pares, o japonês Oji Paper fechou em +0,5%, enquanto os pares europeus Stora Enso estava em +0,81% e UPM em +0,9%, as 7:07.

O dólar variava a 0%, cotado a R$3,7104 (7:09).

Para hoje, acreditamos no viés de alta moderada, pela movimentação positiva dos pares e boa tendência interna para o setor (SUZB3/KLBN11).

Bancos:

Viés de alta moderada, pela movimentação externa mais otimista, enquanto ainda temos uma resiliência na subida das ações deste setor (BBAS3/ITUB4/BBDC4).

BRFS3 – ontem a BRF informou que celebrou a venda da sua controlada Campo Austral na Argentina, concluindo assim sua saída do país. A venda foi fechada em 35,5 milhões de dólares. A soma de ativos vendidos na Argentina chega a 145,5 milhões de dólares. Possibilidade de influência positiva.

EMBR3 – finalmente o presidente aprovou a joint venture entre Boeing e Embraer, considerando que não afetaria a soberania nacional. Espera-se a conclusão da negociação para este ano.

Pão de Açúcar (PCAR4) prévias de vendas divulgadas hoje, mostraram uma aceleração das receitas para +12% no 4T18, no conceito mesmas lojas ( abertas há mais de um ano) houve crescimento de +7% no 4T18. A bandeira Assaí continuou sendo o carro chefe de vendas com +24% de crescimento nas vendas brutas 4t18. Viés de alta

Gol ( GOLL4) divulgou estimativas para o ano de 2019. As expectativas para 2019 são de margem EBITDA de 17% (2019) ante 16% (2018). Para 2019 a empresa Lucro por ação R$ 1,50 a R$ 1,90, ante um prejuízo esperado para 2018 de -R$ 2 a R$ 1,80. Com a expectativa de câmbio nacional mais valorizado em relação ao Dólar. As empresas aéreas tendem a colher resultados melhores. Viés de alta

 

O calendário segue a divulgação da Bmf Bovespa, podendo as empresas divulgar seus dados com antecedência

Interaja conosco: opiniões, comentários, sugestões, sempre são bem vindos!

Email: global@upsideinvestor.com

Copyright by Upside Investor 2016.

Todos os direitos reservados.

Disclaimer

Este relatório foi preparado pela Upside Investor e está sendo fornecido exclusivamente com o objetivo de informar. As informações, opiniões, estimativas e/ou projeções referem-se à data presente e estão sujeitas à mudanças como resultado de alterações nas condições de mercado, sem aviso prévio. As informações utilizadas neste relatório foram obtidas das companhias analisadas e de fontes públicas, que acreditamos confiáveis e de boa fé.

Nenhuma parte deste relatório pode ser copiada ou redistribuída sem prévio consentimento da Upside Investor.

(*) Conforme o artigo 16, parágrafo único, da ICVM 483, declaro ser inteiramente responsável pelas informações e afirmações contidas neste relatório de análise. Declaração do(s) analista(s) de valores mobiliários (de investimento), nos termos do art. 17 da ICVM 483. O(s) analista(s) de valores mobiliários (de investimento) envolvido(s) na elaboração deste relatório Ricardo Walendorff declara(m) que as recomendações contidas neste refletem  exclusivamente sua(s) opinião(ões) pessoal(is) sobre as companhias citadas e seus valores mobiliários e foram elaboradas de forma independente e autônoma

Upside Investor

Email:

upside@upsideinvestor.com

Website:

www.upsideinvestor.com

Rua Dona Antônia de Queirós, 549/2

Tel: (11)-4117-2998

Você recebeu este email porque você assinou nossa newsletter, visitou nosso site ou adquiriu nossos relatórios.

Descadastrar