As últimas atualizações da manhã pela Upside Investor.

Day Triggers

Ações e Informações para você investir

A Cara da Manhã

Economia Internacional

Escrito por:

Gabriel Cavaretto, Ricardo Walendorff e Shin Lai

Importante lembrar aos investidores que os mercados são voláteis e que nem sempre se movimentam conforme os fundamentos econômicos

Ásia

Final do dia de ontem no Brasil e início do dia na Ásia, tivemos a apresentação dos resultados prévios do PIB do segundo trimestre, com comparação anual e mensal, para a economia japonesa. Na comparação trimestral, a expectativa era de aumento de 0,3% (anterior -0,2%), já na anual, a expectativa era de crescimento de 1,4% (anterior -0,9%). Os resultados vieram ainda mais fortes que o esperado, com prévia da comparação mensal em 0,5% e anual em 1,9%.

Ainda no Japão, foi divulgado o Índice de Atividade da Indústria Terciária mensal, que trazia a expectativa de queda de -0,1%, e apresentou resultados decepcionante, -0,5%, entrando em contraste com o impacto positivo das prévias do PIB.

Sem outras notícias impactantes para o mercado asiáticos, bolsas fecham o último dia da semana com baixa fraca, com exceção de Xangai que conseguiu fechar em alta na margem (+0,03%). Além de noticiário interno, no Japão também teve impactos negativos vindo da concepção de que o iene está forte demais, e o continente em geral digeriu rapidamente as notícias ruins ligadas ao quadro financeiro frágil da Turquia e a possibilidade de efeitos “contaminarem” bancos europeus.

 

Europa

Destaque maior para os resultados no R. Unido. Tivemos a variação dos Investimentos das Empresas Trimestral (segundo trimestre) prévio, que veio alta de 0,5% (anterior em -0,4% e expectativa de 0,3%). Foram divulgados o PIB Q2 (segundo trimestre) prévio, com comparação trimestral e anual, com o primeiro seguindo as expectativas de +0,4%, e segundo também seguindo as expectativas de 1,3%.

Ainda no R. Unido, tivemos os resultados da Produção Industrial mensal de junho, (expectativa de 0,7%), Produção Industrial não extrativa com alta de 0,4% (expectativa de 0,3%), Balança Comercial com saldo de -11,38 bilhões (expectativa de -11,95B) e Balança Comercial fora da EU com saldo de -2,94 bilhões (expectativa de piora para -3,60B).

Além dos resultados, a notícia que o quadro econômico e financeiro frágil da Turquia pode impactar setor bancário europeu, acende o sinal amarelo de alerta para o mundo. A lira turca caiu quase 12% contra o dólar, após queda de promessas não muito confiáveis do governo turco estimular a economia.

Sessão europeia abriu em queda, acelerando as quedas globais iniciadas durante o pregão asiático, com destaque para queda inicial de -0,89% da bolsa francesa.

 

Economia nos EUA

Hoje, as 9:30, teremos dados do IPC núcleo mensal (expectativa de 0,2%) e anual (expectativa de 2,3%). IPC mensal (expectativa de 0,2%) e anual (expectativa de 3,0%).

As 15h teremos a divulgação do Balanço Orçamentário Federal (julho), que veio menos negativo do que se esperava no último mês, e se espera -58,9 bilhões para julho.

Futuros operavam baixa as 7:45h de hoje, com Nasdaq -0,53%, Dow Jones -0,40% e S&P -0,45%.

 

Treasuries e VIX nos EUA – 7:45

Treasuries operavam em queda, com -0,60% para 2 anos, e -1,24% para 10 anos (2,899). Enquanto isso, o Vix futuro estava em +3,44% e CBOE vix em +2,84%.

Pela movimentação negativa dos futuros e dos yields, enquanto os indicadores volatilidade (vix) fazem fortes altas, cenário de abertura das bolsas norte americanas indica seguir sinal de alerta mundial, com perspectivas negativas e da forte volatilidade.

Economia Nacional

O único indicador relevante para o dia de hoje no Brasil é o IPC-Fipe, com prévio apresentando alta de 0,23%. O resultado apurado veio maior, com alta de 0,37% na primeira quadrissemana de agosto. Os preços com habitação e saúde pesaram mais significativamente nesta alta.

Apesar do resultado, as ações devem manter o foco nas eleições e principalmente nos resultados trimestrais de grandes empresas.

Hoje teremos o dia da semana com maior número de resultados trimestrais. As principais empresas que divulgarão resultados são: B3, Br Insurance, Banco do Brasil (abertura), CVC, Guararapes, Lojas Americanas e Suzano (abertura).

Política Nacional

Ontem o STF aprovou por 7 votos a 4 o envio de proposta de aumento salarial dos ministros da corte para 2019, com ajuste de 16% sobre os R$ 33,7 mil de hoje. Claramente o supremo se mostra indiferente a situação fiscal calamitosa do país.

Recomendações Diárias Fundamentalistas

 DJ Commodities em -0,15% as 7:45

IMPORTANTE: ações nacionais podem sofrer com pressões vindas da Europa, que estarão em alerta e mais pessimistas hoje, conforme informado na sessão europeia.

Petróleo: ontem, através de um comunicado ao mercado, Petrobras anunciou que conseguiu reaver 1 bilhão de reais com a Lava Jato. De maneira geral a empresa é considerada como vítima do ocorrido e já conseguiu receber cerca de 2,5 bilhões de reais.

Com a primeira rodada de sanções dos EUA contra o Irã entrou em vigor nesta semana (terça-feira), os preços do petróleo tendem a serem impactados nos próximos dias, considerando que as sanções trarão impactos negativos para a infraestrutura energética e às exportações de petróleo no Irã.

Os preços de Brent e WTI, principalmente o segundo, tiveram uma semana mais negativa, criando-se uma tendência curta de baixa, algo que deve mudar a partir da semana que vem, considerando o fato de que a oferta continuará a superar a demanda.

Futuros do Petróleo subiram hoje durante a sessão asiática.

Brent em +0,36% e WTI em +0,28% as 7:45 desta manhã.

Na Europa (7:43) temos BP em -0,60% Shell -0,46% e Petrochina fechando em -0,37%.

Viés de baixa seguindo a tendência de baixa que está se formando para a ação e exterior. (PETR4)

Minério: considerando cenário de notícias e resultados fracos para o setor, ações devem seguir a tendência internacional e nacional, juntamente com movimentação do dólar e do minério.

Minério de ferro fechou em +0,59%, 509,00, na China.

Dólar estava +0,00% as 7:45, cotado a 3,8.

Na Europa, Anglo American em -1,95% de alta e Rio Tinto em -1,91%, e BHP em -1,36% as 7:45.

Viés de baixa. (VALE3/BRAP4).

Siderurgia: ontem as ações apresentaram forte queda, demonstrando que o resultado de Gerdau não conseguiu mudar os ânimos do mercado. Hoje as ações devem seguir tendência mundial.

Em Londres, ArcelorMittal em -2,06% as 7:50. Pares na Ásia, Nippon Steel -1,63% e Hesteel -0,34%.

Viés baixa. (GGBR4/CSNA3/USIM5)

Paper e Pulp: apesar dos resultados negativos apresentados ontem antes da abertura de mercado, ações de Suzano fecharam positivas, com ganho de 0,76%. Resultado positivo reflete o desvio de foco dos investidores no curto prazo, além da força positiva do dólar e dos preços externos.

Ainda hoje teremos os impactos da sanção de Temer da tabela de preços de fretes e empresas ligadas a setores industriais e agrícolas entram no STF para barrar tal medida por considera-la inconstitucional.

Dólar estava +0,00% as 7:45, cotado a 3,8.

Pulp & Paper Index Price fechou em -0,57%, 599,67.

Par asiático Oji Paper em -1,74% e par europeu Stora Enso em -1,36% (7:51).

Viés de baixa. (SUZB3/FIBR3/KLBN11)

Bancos: ontem os resultados divulgados por Banco do Brasil conseguiram superar as expectativas, com Receitas subindo 5,7% (resposta a boa gestão de recursos), Despesas com Pessoal aumentando 2,6% e lucro em 3,240 bilhões de reais (projetado pelo mercado era de 3,139B).

Acredita-se e viés de alta fraca para BBAS3, pela tendência mais negativa do setor e possível impacto negativo vindo da Europa.

Viés baixa para o setor em geral, mediante pressão externa. (ITUB4/BBDC4)

Movida (MOVI3) – Ontem as ações de Movida subiram fortemente (6,31%) após divulgar os resultados do segundo trimestre e agradar o mercado. A companhia apresentou aumento de 6,4% da Receita, atingindo R$ 610 milhões, Ebitda cresceu 65,3%, com R$ 118 milhões (margem em 42,9%), e Lucro Líquido bateu outro recorde, fechando o trimestre com R$ 40 milhões (todas as comparações de crescimento foram de ano-ano). Outros pontos relevantes foi o crescimento do ROIC, chegando a 10,7%, enquanto o custo da dívida caiu, batendo 5,5%.

Como as ações subiram fortemente ontem e já estão em alta a algum tempo, existe a possibilidade e alguma correção. Desta maneira, caso as ações abram com gap positivo ou iniciarem os primeiros minutos em queda, entrar vendido. Caso apenas siga tendência normal de alta, seguir viés de alta.

JSL (JSLG3) a empresa divulgou receita líquida Consolidada de R$1,9 bilhão, crescimento de +6,9% vs 2T17. O EBITDA de R$391,2 milhões cresceu +28,3% vs 2T17 e Margem EBITDA de 25,7% com ganho de +3,3 p.p. vs 2T17, lucro líquido de R$49,4 milhões, um crescimento de 255% na comparação anual. Viés de alta

Lojas Riachuelo (GUAR3) a varejista divulgou que seu Lucro Líquido cresceu 8,2%, totalizando R$89,1 milhões no 2T18. Excluindo o efeito não recorrente do 1T17, o Lucro Líquido cresceu 17,0% atingindo R$140,2 milhões no 1S18. Viés de alta. Entretanto, pelos fatores da corrida eleitoral o mercado pode operar em baixa.

MRV Engenharia (MRVE3) a construtora divulgou Receita Líquida de R$ 1,32 bilhão, aumento de 16,7% comparado ao 2T17. O EBITDA de R$ 248 milhões, crescimento de 30% em relação ao 2T17. O Lucro Líquido de R$ 166 milhões no 2T18, aumento de 17,9% em relação ao 2T17. Acreditamos que os resultados devem elevar a cotação no pregão de hoje. Viés de alta. Entretanto, pelos fatores da corrida eleitoral o mercado pode operar em baixa.

Natura & Co/Natura (NATU3) a empresa de cosméticos divulgou que sua receita líquida cresceu +53% vs 2T17, R$ 3,1 bi. EBITDA ajustado veio +24% acima do 2T17, R$ 372 mi. O Lucro Líquido entretanto caiu 132%, R$ 32 mi.Viés de baixa

O calendário segue a divulgação da Bmf Bovespa, podendo as empresas divulgar seus dados com antecedência

Interaja conosco: opiniões, comentários, sugestões, sempre são bem vindos!

Email: global@upsideinvestor.com

0

Copyright by Upside Investor 2016.

Todos os direitos reservados.

Disclaimer

Este relatório foi preparado pela Upside Investor e está sendo fornecido exclusivamente com o objetivo de informar. As informações, opiniões, estimativas e/ou projeções referem-se à data presente e estão sujeitas à mudanças como resultado de alterações nas condições de mercado, sem aviso prévio. As informações utilizadas neste relatório foram obtidas das companhias analisadas e de fontes públicas, que acreditamos confiáveis e de boa fé.

Nenhuma parte deste relatório pode ser copiada ou redistribuída sem prévio consentimento da Upside Investor.

(*) Conforme o artigo 16, parágrafo único, da ICVM 483, declaro ser inteiramente responsável pelas informações e afirmações contidas neste relatório de análise. Declaração do(s) analista(s) de valores mobiliários (de investimento), nos termos do art. 17 da ICVM 483. O(s) analista(s) de valores mobiliários (de investimento) envolvido(s) na elaboração deste relatório Ricardo Walendorff declara(m) que as recomendações contidas neste refletem  exclusivamente sua(s) opinião(ões) pessoal(is) sobre as companhias citadas e seus valores mobiliários e foram elaboradas de forma independente e autônoma

Upside Investor

Email:

upside@upsideinvestor.com

Website:

www.upsideinvestor.com

Rua Dona Antônia de Queirós, 549/2

Tel: (11)-4117-2998

Você recebeu este email porque você assinou nossa newsletter, visitou nosso site ou adquiriu nossos relatórios.

Descadastrar