Boletim Eletrônico - Número 33, 04 de Maio de 2018

Combate ao contrabando: motorista pode ter CNH cassada

Motoristas que usarem veículos para receptação, descaminho e contrabando de mercadorias poderão ter Carteira Nacional de Habilitação (CNH) cassada por cinco anos. Quem ainda não tem a carteira de motorista será proibido de solicitar o documento pelo mesmo período. É o que determina projeto que será votado no Plenário do Senado.

A senadora Simone Tebet votou a favor do projeto na Comissão de Constituição e Justiça. Para ela, a medida deve desestimular os motoristas a cometerem esse tipo de delito. Ela lamentou que o Mato Grosso do Sul é ‘corredor’ de entrada e distribuição de drogas, armas, cigarros, eletrônicos, medicamentos, etc.

Estima-se que 40% dos cigarros comercializados no Brasil são contrabandeados. A Polícia Rodoviária Federal já apreendeu, entre janeiro e abril de 2018, mais de 17,5 milhões de maços de cigarros em MS. O montante já é mais da metade do que foi apreendido no ano passado (32 milhões de maços). Muitos motoristas de caminhão são aliciados para cometer o crime.

Água potável para assentamento rural de Iguatemi

O assentamento Rancho Loma, na área rural de Iguatemi-MS, ganha sistema de abastecimento de água potável a partir deste sábado (5). A obra ocorreu graças à destinação de R$ 1,5 milhão em recurso extraorçamentário de 2016, priorizado pela Senadora Simone Tebet (MDB-MS) junto à Fundação Nacional de Saúde (Funasa-MS).

O sistema abrange todos os lotes do assentamento e vai proporcionar mais qualidade de vida aos moradores, além de ajudar a prevenir doenças e a contaminação dos lençóis freáticos.

Facebook Twitter Youtube Instagram