As últimas atualizações da manhã pela Upside Investor.

Day Triggers

Ações e Informações para você investir

A Cara da Manhã

Economia Internacional

Escrito por:

Gabriel Cavarettoe Shin Lai

Importante lembrar aos investidores que os mercados são voláteis e que nem sempre se movimentam conforme os fundamentos econômicos

Ásia

Começo de semana misto nas bolsas asiáticas, com bolsas maiores todas no campo negativo, mediante a tensões globais crescentes, com os Tresuaries norte-americanos apresentando queda dos rendimentos do longo prazo (impacto principalmente no Japão, junto com aumento do valor do iene). Da parte da China, comunicados dúbios, com o governo afirmando que não recuará em suas “principais questões de princípios”, enquanto comunicado dos EUA indicam maior possibilidade de diálogo por parte dos chineses. Assim, a bolsa de Xangai fechou em -0,30%, Hong Kong caiu -0,03% e Tóquio retraiu -0,92%.

Europa

Dia de divulgação do PMI Industrial de maio, com França, Alemanha e União Europeia não trazendo surpresas e permanecendo estáveis, já o PMI do R. Unido decepcionou caindo mais que o esperado, indo para o cenário de retração com 49,4.

Bolsas do velho continente começaram a semana também pessimistas, com Londres caindo -0,67%, Paris -0,68% e Frankfurt -0,56%. A movimentação segue a interpretação negativa vinda da Ásia (juntamente com parte industrial fraca na Europa), que se confirma pela grande queda da relação euro/franco suíço, com investidores “correndo para seguros”.

Economia nos EUA

Como no resto do mundo, hoje deverá ser divulgado o PMI industrial de maio dos EUA, bem como o PMI ISM Industrial, com estimativas de pouca alteração.

Nessa segunda-feira, a ministra da economia do México e o secretário de comércio norte-americano deverão se encontrar, dois dias antes da data marcada para a discussão de possíveis tarifas sobre produtos mexicanos. Autoridades dos EUA também afirmaram que a pressão que Trump está fazendo não afetará a finalização do pacto comercial da América do Norte.

--

Futuros operavam em baixa as 08:00 de hoje, com Nasdaq -0,57%, Dow Jones -0,34% e S&P -0,35%.

Treasuries e VIX nos EUA – 08:00

Treasuries operavam em baixa, com -3,92% para 2 anos, e -2,03% para 10 anos (2,099). Enquanto isso, o Vix futuro estava em -1,87% e CBOE vix em +0,91%.

Pela movimentação negativa dos futuros e dos yield, enquanto os indicadores volatilidade (vix) operavam de maneira dúbia, cenário inicial da bolsa norte-americana é predominantemente negativo, como o restante do mundo

 

Economia Nacional

Semana passa o Ibovespa fechou com a semana com alta de +3,63%, apesar da queda de -0,44% na sexta-feira. Essa foi a segunda semana seguida de boa recuperação da bolsa nacional, com cenário político interno animando os investidores, principalmente com o “acordo” entre o presidente Jair Bolsonaro e presidentes das casas do congresso e do STF para seguir com os projetos importantes para a recuperação econômica. A parte externa seguiu muito tensa, principalmente pelo aumento das tensões entre China e EUA, com o segundo ainda indicando novas tarifas para produtos importados do México.

O mês de maio fechou com ganhos de 0,70%, sendo esse o único maio positivo desde 2009, enquanto as bolsas internacionais seguiram em queda livre no mês. Juntamente com a movimentação de bolsa, a relação real e dólar caiu, com a moeda norte-americana se desvalorização -2,48% na semana e -0,40% no mês.

--

Informe da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) de que a bandeira tarifária de junho será verde, ou seja, sem cobrança extra pela energia elétrica, deve trazer maior alívio inflacionário para o mês. Também tem a possibilidade de impactar empresas fornecedoras de energia elétrica da bolsa, como TAEE11, ENGIE3, TRPL3, ENGR3 e outras.

--

Na agenda de resultados econômicos, teremos hoje o Boletim Focus (8:30), trazendo as novas expectativas para a economia nacional adaptando os acontecimentos recentes. Hoje também deve sair o PMI Industrial, que segue piorando desde o pico de março.

Política Nacional

Essa semana as emendas enviadas para complementar o texto da PEC da reforma da previdência deverão ser analisadas nesses próximos dias, juntamente com a PEC que segue em tramitação. Ao todo foram 277 emendas, com boa parte indicar tendência de indicarem alterações nas regras de transição, principalmente da parte dos servidores públicos.

Conheça Upside Advisory: Aconselhamento individualizado para seus investimentos em ações, fundos e renda fixa. Aumente seu patrimônio com Upside

Advisory Upside Investor

Recomendações Diárias Fundamentalistas

Bom dia investidor!

Sejamos bem vindos ao mês de Junho

Mercados internacionais sinalizam que a pressão vendedora continua, na Ásia a queda foi de -0,3%, na Europa as baixas também são moderadas

O Brasil sinaliza alta com os futuros +0,3%, sinalizando que a alta de sexta e o descolamento do mercado internacional podem continuar, ou seja, alta sendo ditada por política interna e agenda de reformas em Brasília

O destaque fica para a recuperação do Petróleo que sobe +1,2, sinal de alta para Petrobras

Hoje, parece que será um dia de realização, aproveitar alta em Petro,  e vender posições iniciadas nos dias anteriores

Bons negócios e um excelente pregão!

Recomendações fundamentalista

DJ Commodities em +0,15% as 08:00

Petróleo:

Brent em +0,97% e WTI em +1,03% as 08:00desta manhã.

Na Europa (8:01) temos BP de Londres com +0,03%, Shell (AMS) variou em -0,50%, enquanto o fechamento de Petrochina foi de -0,28%.

Viés de alta moderada, com dia misto externo, acreditando em recuperação das ações após fortes quedas dos últimos dois dias. (PETR4).

Minério:

Dólar estava -0,06% as 7:45, cotado a R$ 3,92.

Relação de dólar australiano com o norte-americano (AUS/USD) variou em +0,16%.

Na Europa (bolsa de Londres), Anglo American com +0,17%, Rio Tinto em -0,11% e BHP em -0,53%, as 8:03.

Viés de baixa, em dia mais pessimista dos pares e queda (-3,47%) do minério de ferro negociado na China, apesar da alta da relação AUS/USD (VALE3/BRAP4).

Siderurgia: o mês de maio fechou com a CSN como a empresa que mais subiu na bolsa, com 19,35% de valorização, mesmo com prejuízo de 75 milhões de dólares do primeiro trimestre, com os investidores corrigindo a distância entre os pares e pela empresa estar com maior captação das valorizações do minério de ferro.

Em Londres, ArcelorMittal em -1,34% (08:04). Na Ásia, Nippon Steel, do Japão, fechou variando -0,89%, enquanto na China Hesteel e Baoshan fecharam em +0,33% e +1,26%, respectivamente.

Viés baixa, também em dia misto dos pares, apesar da queda do vergalhão de ferro negociado na Ásia. Também deve trazer impacto a pressão comercial externa de maneira geral (GGBR4/CSNA3/USIM5).

Paper e Pulp: a empresa Suzano fechou maio com a maior queda da bolsa, com perdas de -21,24%, impactada como o setor de celulose em geral, com a queda do preço da commodity em nível mundial, junto com queda da força do dólar nas últimas duas semanas.

Dólar estava -0,06% as 7:45, cotado a R$ 3,92.

Pulp & Paper Index Price variou -0,92%, fechando a 490,96.

Dos principais pares, o japonês Oji Paper variou -0,53%, enquanto os pares europeus Stora Enso estava em -0,53% e UPM em +0,29%, as 8:05.

Para hoje, acreditamos no viés de baixa moderada, com pessimismo para o setor seguindo dominante (SUZB3/KLBN11).

Bancos:

Viés de baixa moderada, com referências externas em baixa, pouca força de alta interna e possibilidade de correção de preços após grandes ganhos da semana passada dentro do setor (BBAS3/ITUB4/BBDC4)

Setor de Carnes: após o acordo de fusão em andamento entre BRFS3 e MRFG3, o mercado apontou uma preferência por Marfrig em detrimento de BRFS3 e JBSS3. Acreditamos que a tendência deve continuar nos próximos pregões

 

O calendário segue a divulgação da Bmf Bovespa, podendo as empresas divulgar seus dados com antecedência

Interaja conosco: opiniões, comentários, sugestões, sempre são bem vindos!

Email: global@upsideinvestor.com

Copyright by Upside Investor 2016.

Todos os direitos reservados.

Disclaimer

Este relatório foi preparado pela Upside Investor e está sendo fornecido exclusivamente com o objetivo de informar. As informações, opiniões, estimativas e/ou projeções referem-se à data presente e estão sujeitas à mudanças como resultado de alterações nas condições de mercado, sem aviso prévio. As informações utilizadas neste relatório foram obtidas das companhias analisadas e de fontes públicas, que acreditamos confiáveis e de boa fé.

Nenhuma parte deste relatório pode ser copiada ou redistribuída sem prévio consentimento da Upside Investor.

(*) Conforme o artigo 16, parágrafo único, da ICVM 483, declaro ser inteiramente responsável pelas informações e afirmações contidas neste relatório de análise. Declaração do(s) analista(s) de valores mobiliários (de investimento), nos termos do art. 17 da ICVM 483. O(s) analista(s) de valores mobiliários (de investimento) envolvido(s) na elaboração deste relatório Shin Lai declara(m) que as recomendações contidas neste refletem  exclusivamente sua(s) opinião(ões) pessoal(is) sobre as companhias citadas e seus valores mobiliários e foram elaboradas de forma independente e autônoma

Upside Investor

Email:

upside@upsideinvestor.com

Website:

www.upsideinvestor.com

Rua Dona Antônia de Queirós, 549/2

Tel: (11)-4117-2998

Você recebeu este email porque você assinou nossa newsletter, visitou nosso site ou adquiriu nossos relatórios.

Descadastrar