Boletim Eletrônico - Número 84, 08 de Outubro de 2020

Simone cobra mais ações imediatas no Pantanal, mas saúda a ação da Força Nacional

A portaria do Ministério da Justiça que autoriza o emprego da Força Nacional de Segurança Pública no combate aos incêndios florestais e queimadas no Pantanal de Mato Grosso do Sul foi publicada no Diário Oficial nesta segunda-feira (5). O governo federal enviou 40 bombeiros e 12 viaturas para a região. Eles atuarão lá por, pelo menos, 30 dias. O prazo poderá ser prorrogado se houver necessidade.

A Senadora Simone Tebet (MDB-MS) agradeceu o apoio do governo federal, apesar de lamentar que o reforço não tenha chegado antes. “O Pantanal clama por ações imediatas. O Ministério da Justiça acabou de mandar viaturas para o corpo de bombeiros e colocou a força de segurança nacional para juntar esforços ao governo do estado. Mas nós estamos falando de um curativo. Agora o que nós temos que fazer é apagar e debelar o fogo”, disse ao lembrar que investigações da Polícia Federal indicam que apenas seis incêndios criminosos provocaram a queima de 3 milhões de hectares do Pantanal, o equivalente a 20% do bioma.

Simone participou da visita da Comissão do Pantanal a Corumbá no último sábado (3), com a presença de autoridade federais, estaduais, parlamentares, produtores rurais, ambientalistas e comunidade. Em relação ao sobrevoo de helicóptero na região, ela se disse assustada com a visão de tamanha devastação. Leia Mais

"Não consegui visualizar no rastro de destruição nenhum animal vivo"

Comissão do Pantanal aprova pedido de informação de Simone Tebet sobre multas ambientais

A Comissão do Pantanal aprovou o requerimento de informação apresentado pela senadora Simone Tebet (MDB-MS) sobre a aplicação de multas ambientais entre 2015 e 2020, aplicadas pelo Ibama, devido a desmatamento e incêndios ilegais. O requerimento será encaminhado ao Ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles. Simone pede o levantamento em todos os biomas, com destaque para o Pantanal e a Amazônia. Ela pede urgência na divulgação dos dados, especialmente para o Pantanal, cujo bioma já foi destruído em mais de 20%. Leia mais

Simone Tebet propõe inclusão do Pantanal no Conselho da Amazônia pelo prazo de cinco anos

A senadora Simone Tebet (MDB-MS) propôs, nesta quarta-feira (7), a inclusão do Pantanal no Conselho Nacional da Amazônia Legal pelos próximos cinco anos, período em que há estimativa de fortes estiagens na região. A medida visa ampliar e auxiliar as ações de enfrentamento a futuras queimadas no bioma, com mais recursos financeiros e estrutura logística, incluindo todo o aparato de combate a incêndios, como helicópteros, apoio da Força Nacional, Defesa Civil, dentre outros.

“A Amazônia Legal se integra ao bioma Pantanal pelo estado de Mato Grosso. O mundo não vai se indispor em relação a isso. Esses cinco anos protegidos pelo Conselho da Amazônia Legal poderão ser a maior contribuição imediata da Comissão do Pantanal”, disse, ao defender sua sugestão.Leia mais

Facebook Twitter Youtube Instagram

MailerLite