As últimas atualizações da manhã pela Upside Investor.

Day Triggers

Ações e Informações para você investir

A Cara da Manhã

Economia Internacional

 

Escrito por:

Gabriel Cavaretto, Ricardo Walendorff e Shin Lai

Importante lembrar aos investidores que os mercados são voláteis e que nem sempre se movimentam conforme os fundamentos econômicos

Ásia

Apenas tivemos a divulgação do Índice de Atividades de Todas as Indústrias (mensal) no Japão, atingindo alta de +0,5% (expectativa de +0,4%).

Mercado asiáticos continuaram a alta de sexta-feira, com destaque maior para grandes expectativas para as medidas de estímulo a economia, principalmente consumo interno, que o governo chinês vem informando desde a semana passada. Com isso, bolsa de Xangai fechou com boa alta de +4,09%, Hong Kong seguiu boa influência, com +2,32%, enquanto Japão pegou um pouco da onda positiva e fatores internos também ajudaram no fechamento de +0,37%.

Europa

Destaque do dia fica por conta do Relatório mensal do Banco Central da Alemanha, trazendo todo o entendimento de seus técnicos para a economia da Alemanha e da Europa, lembrando que este é um dos principais bancos centrais da Europa.

Mercados europeus abriram em alta, seguindo movimentação chinesa e boa notícia do Moody’s ter mantido o rating da Itália (estável), mesmo com os problemas atuais de orçamento. Londres estava em +0,29%, Paris em +0,86% e Frankfurt 0,97%. Todas as bolsas se mantinham em alta durante a produção deste relatório.

 

Economia nos EUA

No fim de semana o presidente Trump disse que pretende tirar os EUA do Pacto de armas nucleares, acusando a Rússia de não o estar seguindo. O tratado foi um dos principais acordos que levou o final da Guerra Fria. Logo após a notícia chegar a Rússia, seus representantes informaram que retaliarão caso isso ocorra e que seria perigoso, pois levaria a uma retaliação “técnica-militar”.

Se de fato tivermos um estremecimento das relações entre as estas duas nações, algo que deve se mostrar mais claro no desenrolar da semana, com grande certeza afetará a estabilidade econômica mundial.

Seguindo com os resultados trimestrais, hoje destacamos para antes da abertura: HallBurton, Kimberly-Clark, Polaris, Ecorpio, Roper, Lennox e IQVIA.

Futuros operavam em alta as 7:45h de hoje, com Nasdaq +0,64%, Dow Jones +0,31% e S&P +0,3%.

 

Treasuries e VIX nos EUA – 7:45

Treasuries operavam em relativamente alta, com +0,0% para 2 anos, e +0,11% para 10 anos (3,205). Enquanto isso, o Vix futuro estava em -2,08% e CBOE vix em -3,12%.

Pela movimentação positiva dos futuros e dos yield, enquanto os indicadores volatilidade (vix) operavam em baixa, cenário de abertura da bolsa norte-americana é positivo e deve seguir atento aos resultados trimestrais.

 

 

Economia Nacional

Sexta-feira passada o Ibovespa fechou com leve alta de +0,44%, impulsionado pelo setor de Energia elétrica e Consumo, além de ganhos nos EUA ajudaram no fechamento. Algo que pesou mais negativamente na sexta foi a notícia da saída de Ilan Godfajn do Banco Central no final deste ano.

No acumulado da semana, o índice Bovespa subiu +1,57% , acumulando neste mês uma alta de +6,15%, ajudado principalmente pelo exterior e fatores eleitorais.

Enquanto a bolsa subiu, o moeda norte-americana caiu -0,26% na sexta-feira, alcançando o acumulado de -1,75% na semana. Novamente o dólar se mostrou mais fraco em uma semana positiva para as ações, mas ainda não conseguiu se manter firma abaixo de R$ 3,70.

Durante o fim de semana tivemos também a boa notícia de novo acordo de livre comércio firmado entre Brasil e Chile, sendo o Brasil o maior destino de investimento estrangeiro do Chile, com estoque de 31 bilhões de dólares.

--

No início do dia teremos a divulgação dos resultados do Boletim Focus, as 8:30, trazendo as novas expectativas para a economia nacional adaptando os acontecimentos recentes.

No final da tarde, teremos finalmente o Índice de Evolução de Emprego do Caged (setembro), as 16 horas, trazendo a expectativa de criação de 86 mil empregos, o que seria o terceiro mês positivo seguida.

Política Nacional

O fim de semana ficou marcado novamente por manifestações pró e contra Bolsonaro, mostrando cada vez mais o quanto as eleições brasileiras estão caminhando para os extremos (de opiniões), havendo grandes divergências dentro da população.

Durante o fim de semana Bolsonaro, que muito provavelmente ganhará as eleições, informou que nem tudo que Temer fez é ruim e deve ser descartado, como é o caso de Ilan Goldfajn no Banco Central. Foi reafirmado a importância do Banco Central ser independente e que a escolha do presidente de tal será feita em conjunto com Paulo Guedes.

Recomendações Diárias Fundamentalistas

Recomendações fundamentalista

O Ibovespa futuro sinaliza que teremos um pregão de alta +0,88%.

Prévia do Índice de Confiança da Indústria aponta para queda, tanto em relação as expectativas futuras quanto situação atual. Pode pesar sobre as ações de empresas industriais como Romi (ROMI3), Usiminas (USIM5) e similares

Boletim Focus Top 5 estima juros menores para 2019 ao redor de 7,75%. Empresas de 'juros' como seguradoras devem ser pressionadas negativamente no pregão como Sulamerica (SULA11), Porto Seguro (PSSA3)

Petróleo: Nova Companhia de Petróleo do Iraque está buscando produzir 7 milhões de barris de petróleo por dia, para exportar 4 milhões, em 2019. A notícia pode impactar negativamente para empresas do ramo, pelo possível aumento de estoque mundial.

Outro ponto de destaque de hoje é a cotação do Brent que atingiu os US$ 80,00.

Brent em +0,28% e WTI em +0,46% as 7:45 desta manhã.

Na Europa (7:37) temos BP em +0,20%, Shell +0,16% e Petrochina +2,11%.

Viés de alta, com exterior positivo, tanto para o setor, como o mundo em geral operando com ganhos. Talvez a notícia de maior produção de petróleo do Iraque traga algum impacto negativo durante o dia (PETR4).

Minério: sem novidades relevantes para o setor, além dos impactos da China.

Minério de ferro fechou a 523,50 na China, com variação de +1,85%.

Dólar estava +0,07% as 7:45, cotado a R$ 3,72.

Na Europa, Anglo American com +2,50%, Rio Tinto em +1,82% e BHP em +1,27%, as 7:38.

Viés de alta moderada, com boa movimentação dos pares internacionais, impactados também pela China, além da indicação de alta de dólar (VALE3/BRAP4).

Siderurgia:

Em Londres, ArcelorMittal em +0,72% (7:39). Na Ásia, tivemos o fechamento de Nippon Steel com +0,37%, Hesteel +3,64% e Baoshan +4,58%.

Viés alta, com boas movimentações mundo a fora, principalmente por causa dos impactos positivos vindos da China, e pouca movimentação interna para afetar (GGBR4/CSNA3).

Paper e Pulp:

Dólar estava +0,07% as 7:45, cotado a R$ 3,72.

Pulp & Paper Index Price fechou o dia com leve baixa de -0,32%, atingindo 607,55.

Par japonês Oji Paper fechou em -0,13%, enquanto o par europeu Stora Enso estava em -0,90% as 7:47.

Viés de alta, pois apesar do setor não estar bem externamente, o dia começou com uma leve alta do dólar e a notícia da China é boa para este setor também (SUZB3/FIBR3/KLBN11).

Bancos:

Viés alta, com pouca mudança da dinâmica para o setor e internamente, mas boa perspectiva de internacional deve levar o Ibovespa, o que é bom para este setor de beta alto (BBAS3/ITUB4/BBDC4)

 

 

O calendário segue a divulgação da Bmf Bovespa, podendo as empresas divulgar seus dados com antecedência

Interaja conosco: opiniões, comentários, sugestões, sempre são bem vindos!

Email: global@upsideinvestor.com

Copyright by Upside Investor 2016.

Todos os direitos reservados.

Disclaimer

Este relatório foi preparado pela Upside Investor e está sendo fornecido exclusivamente com o objetivo de informar. As informações, opiniões, estimativas e/ou projeções referem-se à data presente e estão sujeitas à mudanças como resultado de alterações nas condições de mercado, sem aviso prévio. As informações utilizadas neste relatório foram obtidas das companhias analisadas e de fontes públicas, que acreditamos confiáveis e de boa fé.

Nenhuma parte deste relatório pode ser copiada ou redistribuída sem prévio consentimento da Upside Investor.

(*) Conforme o artigo 16, parágrafo único, da ICVM 483, declaro ser inteiramente responsável pelas informações e afirmações contidas neste relatório de análise. Declaração do(s) analista(s) de valores mobiliários (de investimento), nos termos do art. 17 da ICVM 483. O(s) analista(s) de valores mobiliários (de investimento) envolvido(s) na elaboração deste relatório Ricardo Walendorff declara(m) que as recomendações contidas neste refletem  exclusivamente sua(s) opinião(ões) pessoal(is) sobre as companhias citadas e seus valores mobiliários e foram elaboradas de forma independente e autônoma

Upside Investor

Email:

upside@upsideinvestor.com

Website:

www.upsideinvestor.com

Rua Dona Antônia de Queirós, 549/2

Tel: (11)-4117-2998

Você recebeu este email porque você assinou nossa newsletter, visitou nosso site ou adquiriu nossos relatórios.

Descadastrar