Boletim Eletrônico - Número 79, 03 de Setembro de 2020

Simone Tebet diz que Congresso não votará reforma tributária que prejudique os mais pobres

A presidente da Comissão de Constituição e Justiça do Senado, senadora Simone Tebet (MDB-MS), disse que o Congresso não votará uma reforma tributária que prejudique os mais pobres nem que crie impostos para a classe média. “Podemos unificar programas sociais, mas jamais vamos acabar com programas como o seguro-defeso e Farmácia Popular”, disse em entrevista ao programa Tribuna Livre, da Rádio Capital FM de Campo Grande (MS), na manhã desta segunda-feira (31).

Ela concorda com a unificação de programas sociais, desde que não se tire benefícios das classes C e D para dar para a classe E. Simone defende que os mais ricos deem a sua parcela de contribuição e cita, por exemplo, a inexistência de taxação sobre lucros e dividendos. Leia Mais

Reforma administrativa não pode pôr servidor como ‘vilão’, diz Simone Tebet

Presidente da CCJ do Senado também disse que “corte de direitos” não é “salvação da lavoura”

A presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado, Simone Tebet (MDB-MS), reagiu ao anúncio de que o governo enviará ao Congresso, na quinta-feira, uma proposta de forma administrativa. Segundo ela, a proposta é necessária, mas não pode “expor” o funcionalismo público como “vilão” dos problemas financeiros do país. Leia mais

MAIS MULHERES NA POLÍTICA: Simone Tebet quer, ao menos, 30% de mulheres no comando de diretórios partidários

A presidente da Comissão de Constituição e Justiça do Senado, senadora Simone Tebet (MDB-MS), apresentou o projeto (PL 4391/2020) que altera a Lei dos Partidos Políticos para prever uma cota mínima de 30% para cada sexo na composição dos órgãos partidários de direção, de assessoramento e de apoio, bem como nos institutos e fundações. Os percentuais são maiores para os órgãos partidários de juventude, que devem ter 50% de mulheres. A reserva de gênero  vale para as estruturas das legendas nos municípios, estados, DF e em nível nacional e deve ser atingida até 2028. Leia mais

Facebook Twitter Youtube Instagram

MailerLite