As últimas atualizações da manhã pela Upside Investor.

Day Triggers

Ações e Informações para você investir

A Cara da Manhã

Economia Internacional

 

Escrito por:

Gabriel Cavarettoe Shin Lai

Importante lembrar aos investidores que os mercados são voláteis e que nem sempre se movimentam conforme os fundamentos econômicos

Ásia

A semana começou em alta generalizada nas bolsas asiáticas, impactadas pela expectativa de novidades da questão comercial entre EUA e China, que entra em uma nova rodada de negociações em Washington nessa semana. Outro ponto de destaque positivo foram os PMI Industrial do Japão e China que vieram acima do esperado, com destaque para o chinês que atingiu 50,8, indicando crescimento após 4 meses.

Assim, as principais bolsas apresentaram as seguintes variações: Tóquio +1,43%, Xangai +2,58% e a de Hong Kong +1,76%.

 

Europa

Como na semana passada o plano de Theresa May, a primeira-ministra britânica, fracassou na votação do parlamento, nesta segunda-feira os legisladores deverão tentar chegar em alguma alternativa para o Brexit. Os pontos de maior “aceitação” são de uma saída da União Europeia leve, mantendo laços mais estreitos, e a possibilidade de um novo referendo. A data final para a saída é de 12 de abril.

--

Otimismo asiático e fechamento mais positivo na sexta-feira dos EUA estimulou uma abertura de alta generalizada na Europa, enquanto se esperava dados econômicos importantes. A bolsa de Frankfurt abriu em alta de +0,79%, a de Paris +0,88% e a de Londres +0,57%.

Apesar do início positivo do dia, dados ruins do desemprego na Itália, do PMI Industrial de março de França, Alemanha e do bloco da União Europeia (menor desde 2013), junto com IPC do bloco europeu também ruim, deverão impactar negativamente no velho continente, que segue também de olho no parlamento britânico.

Economia nos EUA

Destaque da semana passada foi a inversão da curva de juros dos títulos públicos dos EUA, com a de 10 anos (longo prazo) apresentando retornos menores do que a de 3 meses (curto prazo), algo que ocorreu pela última vez em 2007, ano pré-crise de 2008. Apesar do susto, os rendimentos voltaram a normalidade na sexta-feira.

--

No final de semana, o presidente Trump criticou novamente o banco central dos EUA, o Fed, culpando-o pelo crescimento abaixo dos 3% do PIB em 2018, bem como a atual cotação das bolsas dos EUA, mediante a alta de juros em 2018.

--

Hoje ganha destaque a divulgação de dados econômicos, com o PMI Industrial e PMI Industrial ISM de março, bem como dados de estoque e construção dos EUA.

--

Futuros operavam em alta as 07:45 de hoje, com Nasdaq +0,90%, Dow Jones +0,64% e S&P +0,61%.

 

Treasuries e VIX nos EUA – 07:45

Treasuries operavam em alta, com +0,80% para 2 anos, e +1,09% para 10 anos (2,444). Enquanto isso, o Vix futuro estava em +0,07% e CBOE vix em +1,97%.

Pela movimentação positiva dos futuros, positiva dos yield, enquanto os indicadores volatilidade (vix) operavam também em alta, cenário inicial da bolsa norte-americana indicado é otimista, apesar de apresentar possibilidade de boa volatilidade.

Economia Nacional

A semana passada foi tomada principalmente por vieses políticos negativos e piora da percepção de risco externo (principalmente dos EUA). Destaque interno foi a “troca de farpas” entre o presidente Jair Bolsonaro e o presidente da Câmara dos deputados, Rodrigo Maia, mas que nos últimos dias da semana, iniciou-se uma mobilização de reconciliação entre os mesmo, bem como a equipe de Bolsonaro para tranquilizar os ânimos e não impedir o andamento das reformas, iniciando-se com a previdência.

Desta maneira, o Ibovespa conseguiu fechar a semana com ganhos de +1,79%, enquanto no mês de março o acumulado foi de -0,18%. Já o câmbio com a moeda norte-americana seguiu em alta, como de praxe em momentos de maior percepção de risco, fechando a semana passada em +0,39% e o mês com ganhos de 4,32%.

--

Teremos hoje o Boletim Focus (8:30), trazendo as novas expectativas para a economia nacional adaptando os acontecimentos recentes, e as 10:30 deverá ser divulgado o PMI Industrial de março do Brasil, com expectativa de 53,5.

Política Nacional

O presidente Bolsonaro assinou cinco acordo de cooperação com Israel, firmando parcerias entre Brasil e Israel nas seguintes áreas: de defesa, serviços aéreos, prevenção e combate ao crime organizado, ciência e tecnologia e um memorando de entendimento em segurança cibernética. Também será aberto um escritório de representação comercial em Jerusalém.

Conheça Upside Advisory: Aconselhamento individualizado para seus investimentos em ações, fundos e renda fixa. Aumente seu patrimônio com Upside

Advisory Upside Investor

Recomendações Diárias Fundamentalistas

Bom dia investidor!

Com otimismo generalizado vindo da Ásia com China subindo +2,6%, isto contaminou o humor dos Europeus cuja maioria das  bolsas opera em alta

O dia tem tudo para de alta na Bovespa,  sinal positivo para Vale e Petrobras, quem já está comprado é hora de uma possível realização

Os contratos lastreados em dóla devem cair

Bons negócios e um bom pregão!

 

Recomendações fundamentalista

DJ Commodities em +0,57% as 7:45

Petróleo: preços do petróleo atingiram máxima do ano nesta manhã, mediante impacto da atividade industrial mais forte na China e corte de produção da Opep.

Petrobras participará de leilão para explorar petróleo offshore (em alto mar) em Israel, segundo o ministro de energia local.

Brent em +1,38% e WTI em +1,01% as 7:45 desta manhã.

Na Europa (7:48) temos BP em +0,61%, Shell em +0,96% e fechamento de Petrochina com +1,18%.

Viés de alta, com melhora interna e externa em geral, enquanto os preços atingem máximas (PETR4).

Minério:

Dólar estava -0,001% as 7:45, cotado a R$ 3,9230, após fechar em R$ 3,9225 (+0,39%) na semana passada.

Na Europa (bolsa de Londres), Anglo American com +2,26%, Rio Tinto em +2,87% e BHP em +2,92%, as 7:49.

Viés de alta, com ganhos dos pares e do minério de ferro negociado na China (+4,67%) (VALE3/BRAP4).

Siderurgia:

Em Londres, ArcelorMittal em +5,07% (07:50). Na Ásia, Nippon Steel, do Japão, fechou variando +3,05%, enquanto na China Hesteel e Baoshan fecharam em +2,63% e +4,29%, respectivamente

Viés alta, com alta generalizada do setor e dos preços do vergalhão de ferro na Ásia, estimulados principalmente pelo resultado surpreendente do PMI chinês (GGBR4/CSNA3/USIM5).

Paper e Pulp:

Dólar estava +0,07% as 7:45, cotado a R$ 3,9075, após fechar em R$ 3,9053 (+2,4%) na semana passada.

Pulp & Paper Index Price variou +2,0%, fechando a 597,39.

Dos principais pares, o japonês Oji Paper variou +2,91%, enquanto os pares europeus Stora Enso estava em +4,31% e UPM em +3,69%, as 7:52.

Para hoje, acreditamos no viés de alta moderada, com setor externo forte, mas dólar em queda (SUZB3/KLBN11/DTEX3).

Bancos:

Viés de alta, pela expectativa de um dia mais positivo, pelo menos na manhã da bolsa nacional, puxada pelas altas internacionais (BBAS3/ITUB4/BBDC4)

 

O calendário segue a divulgação da Bmf Bovespa, podendo as empresas divulgar seus dados com antecedência

Interaja conosco: opiniões, comentários, sugestões, sempre são bem vindos!

Email: global@upsideinvestor.com

Copyright by Upside Investor 2016.

Todos os direitos reservados.

Disclaimer

Este relatório foi preparado pela Upside Investor e está sendo fornecido exclusivamente com o objetivo de informar. As informações, opiniões, estimativas e/ou projeções referem-se à data presente e estão sujeitas à mudanças como resultado de alterações nas condições de mercado, sem aviso prévio. As informações utilizadas neste relatório foram obtidas das companhias analisadas e de fontes públicas, que acreditamos confiáveis e de boa fé.

Nenhuma parte deste relatório pode ser copiada ou redistribuída sem prévio consentimento da Upside Investor.

(*) Conforme o artigo 16, parágrafo único, da ICVM 483, declaro ser inteiramente responsável pelas informações e afirmações contidas neste relatório de análise. Declaração do(s) analista(s) de valores mobiliários (de investimento), nos termos do art. 17 da ICVM 483. O(s) analista(s) de valores mobiliários (de investimento) envolvido(s) na elaboração deste relatório Shin Lai declara(m) que as recomendações contidas neste refletem  exclusivamente sua(s) opinião(ões) pessoal(is) sobre as companhias citadas e seus valores mobiliários e foram elaboradas de forma independente e autônoma

Upside Investor

Email:

upside@upsideinvestor.com

Website:

www.upsideinvestor.com

Rua Dona Antônia de Queirós, 549/2

Tel: (11)-4117-2998

Você recebeu este email porque você assinou nossa newsletter, visitou nosso site ou adquiriu nossos relatórios.

Descadastrar