As últimas atualizações da manhã pela Upside Investor.

Day Triggers

Ações e Informações para você investir

A Cara da Manhã

Economia Internacional

Escrito por:

Gabriel Cavarettoe Shin Lai

Importante lembrar aos investidores que os mercados são voláteis e que nem sempre se movimentam conforme os fundamentos econômicos

Ásia

Bolsas asiáticas fecharam a terça-feira em alta, com o dólar valorizado ajudando ações exportadoras na China e principalmente no Japão, com esse segundo país contando com subida de mais de 2% das ações da Nissan graças a notícia de possível fusão entre Fiat e Renault (Renault é proprietária de 43% das ações da Nissan e as duas montadoras), além de possível acordo comercial dos os EUA. Assim, Xangai fechou em +0,61%, Tóquio em +0,37% e Hong Kong +0,38%.

 

Europa

Bolsas europeias começaram o dia também com movimentação positiva, com as principais apresentando as seguintes variações: Londres com +0,21%, Paris +0,23% e Frankfurt +0,24%, em dia mais voltado às preocupações e ânimos com relação as negociações políticas para as nomeações para a próxima Comissão Europeia.

 

Economia nos EUA

Apesar da pressão atual que os EUA vêm impondo sobre o Irã, ontem o presidente Trump disse que acredita que o Irã gostaria de fazer um acordo, principalmente por causa dos efeitos das sanções, o que possibilitaria a resolução dessa questão tensa na geopolítica mundial.

--

Futuros operavam em baixa as 08:00 de hoje, com Nasdaq -0,09%, Dow Jones -0,05% e S&P -0,16%.

 

Treasuries e Índice de Volatilidade VIX nos EUA – 08:00

Treasuries operavam em baixa, com -1,37% para 2 anos, e -1,81% para 10 anos (2,287). Enquanto isso, o Vix futuro estava em +1,8% e CBOE vix em +5,99%.

Pela movimentação negativa dos futuros e dos yield, enquanto os indicadores volatilidade (vix) operavam em alta, cenário inicial da bolsa norte-americana é de maior pessimismo, mesmo com dia mais positivo nas outras bolsas mundiais. Também se destaca que os rendimentos dos títulos públicos de 10 anos dos EUA caíram para o menor patamar desde outubro de 2017.

Economia Nacional

Levantamento da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC) indicam que lançamentos imobiliários apresentaram crescimento de 4,2% no primeiro trimestre de 2019 na comparação com 2018, enquanto as vendas teriam subido 9,7%. Movimentação pode ajudar ações do setor imobiliário.

 

Política Nacional

Governo atual mostrou bom ânimo com as manifestações pró-governo ocorridas no último fim de semana, acreditando inclusive o senado deverá seguir aprovando com velocidade a reforma administrativa e que podem optar em manter a Coaf no ministério da Justiça, algo defendido veementemente pelo governo. Além da MP da reforma administrativa, acredita-se que o congresso começará a se movimentar mais a favor das reformas que o governo vem buscando, com o principal destaque a da previdência.

--

Essa semana ocorrerão as últimas audiência públicas para debater as questões da reforma da previdência na Câmara dos deputados. Após as audiências, o relator Samuel Moreira (PSDB-SP) apresentará seu parecer. Nesta terça-feira, será debatido a questão de aposentadoria para mulheres.

Conheça Upside Advisory: Aconselhamento individualizado para seus investimentos em ações, fundos e renda fixa. Aumente seu patrimônio com Upside

Advisory Upside Investor

Recomendações Diárias Fundamentalistas

Bom dia investidor!

Os mercados na China fecharam com alta satisfatória +0,6%

Os mercados futuros americanos sinalizam alta mas com bastante oscilação, ora positivo, ora negativo. Os VIX sinalizam elevada aversão dos investidores

Hoje, o Ibovespa sinaliza alta mas moderada, e pode ser influenciado pela abertura do pregão nos EUA.

Dólar no Brasil continua acima de R$4 mostrando que a situação política continua difícil

Investidores que quiserem proteção deve ficar 'vendidos' em Bova11

Hoje, e os próximos dias devem ser de alta, momento que deve ser oportuno para realização, hoje e nos próximos dias

Bons negócios e um excelente pregão!

Recomendações fundamentalista

DJ Commodities em +0,85% as 08:00

Petróleo: além de barrar o processo de venda da Petrobras de suas ações da TAG, o STF, através do ministro Fachin, determinou a suspensão liminar da venda de duas subsidiárias e da alienação de refinarias. Para o ministro, as vendas desses ativos deveriam ser condicionadas ao processo de licitação.

Mesmo com essa movimentação do STF, fontes indicam que a petroleira nacional estaria perto de conseguir vender dois campos de petróleo offshore, podendo alcançar a arrecadação de cerca de 1 bilhão de dólares.

Futuros do petróleo caíram durante sessão asiática.

Brent em +0,42% e WTI em +0,92% as 08:00 desta manhã.

Na Europa (8:07) temos BP com +0,40% e Shell com +0,12% em Londres, enquanto o fechamento de Petrochina foi de +0,0%.

Viés de baixa moderada, com diversos sinais externos positivos, mas decisões do STF devem trazer pessimismo (PETR4).

Minério: Segundo a Agência Nacional de Mineração (ANM), terrenos atingidos pela lama da barragem de Brumadinho teria potencial de mineração, algo não informado à Defensoria Pública nem utilizado como base de cálculo para indenização recebida dos morados da região.

Dólar estava 0,0% as 7:45, cotado a R$ 4,10.

Na Europa (bolsa de Londres), Anglo American com +0,81%, Rio Tinto em +3,3% e BHP em +2,09%, as 8:07.

Viés de alta moderada, com notícia negativa interna ainda sem claras evidências de impacto, enquanto a parte externa segue em alta, como o minério de ferro (+0,33%) negociado na China (VALE3/BRAP4).

Siderurgia: Usiminas pretende utilizar o caixa da empresa para reformar             alto forno de sua usina em Ibatinga, em Minas Gerais. O conselho administrativo aprovou investimento de 1,234 bilhão de reais até 2022 para esta reforma, que deverá trazer economia de cerca de 15% do consumo necessário.

Em Londres, ArcelorMittal em +0,96% (08:08). Na Ásia, Nippon Steel, do Japão, fechou variando -0,75%, enquanto na China Hesteel e Baoshan fecharam em +0,67% e +3,70%, respectivamente.

Viés alta moderada, acreditando que recuperação que vem ocorrendo nos pares externos cheguem nas ações nacionais, apesar do dia de queda leve dos preços do vergalhão de ferro negociado na Ásia. (GGBR4/CSNA3/USIM5).

Paper e Pulp:

Dólar estava 0,0% as 7:45, cotado a R$ 4,10.

Pulp & Paper Index Price variou +0,14%, fechando a 525,89.

Dos principais pares, o japonês Oji Paper variou +1,19%, enquanto os pares europeus Stora Enso estava em -3,80% e UPM em -1,37%, as 8:04.

Para hoje, acreditamos no viés de alta moderada, com base externa mista e na expectativa de recuperação dos preços das ações após a queda de sexta-feira e estabilização na segunda-feira (SUZB3/KLBN11/DTEX3).

Bancos: após cair em 7 dos últimos 11 trimestres, o dividend yield dos bancos listados na bolsa pagarão 6,79% no ano, maior patamar desde 2014.

Viés de alta moderada, com viés mais positivo no mundo, apesar da abertura mais negativa dos EUA, juntamente com recuperação verificada ontem e pode continuar ainda hoje (BBAS3/ITUB4/BBDC4)

Cielo (CIEL3) empresa abandonou o guidance divulgado no início do ano, sem dar novas metas de resultados para o ano. Além disso, houve revisão na distribuição do lucro limitado a 30%. Acreditamos que as ações devam continuar respondendo negativamente.

Setor de carnes e proteínas, possível habilitação de frigoríficos brasileiros pelas autoridades chinesas gera expectativa de nova rodada de alta principalmente para BRFS3, JBSS3, e também para BEEF3, MRFG3

Aéreas Dificuldades para empresa Avianca em manter suas operações, deve dar espaço para as concorrentes Gol (GOLL4) e Azul (AZUL4)

Construção Civil, fluxo de notícias positivos para o setor:

Levantamento da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC) indicam que lançamentos imobiliários apresentaram crescimento de 4,2% no primeiro trimestre de 2019 na comparação com 2018, enquanto as vendas teriam subido 9,7%. 

Braskem (BRKM5) paga mais de R$ 410 mi em leniência, acreditamos que as ações já caíram por conta disso, mas não devem reagir no curto prazo

 

 

 

 

O calendário segue a divulgação da Bmf Bovespa, podendo as empresas divulgar seus dados com antecedência

Interaja conosco: opiniões, comentários, sugestões, sempre são bem vindos!

Email: global@upsideinvestor.com

Copyright by Upside Investor 2016.

Todos os direitos reservados.

Disclaimer

Este relatório foi preparado pela Upside Investor e está sendo fornecido exclusivamente com o objetivo de informar. As informações, opiniões, estimativas e/ou projeções referem-se à data presente e estão sujeitas à mudanças como resultado de alterações nas condições de mercado, sem aviso prévio. As informações utilizadas neste relatório foram obtidas das companhias analisadas e de fontes públicas, que acreditamos confiáveis e de boa fé.

Nenhuma parte deste relatório pode ser copiada ou redistribuída sem prévio consentimento da Upside Investor.

(*) Conforme o artigo 16, parágrafo único, da ICVM 483, declaro ser inteiramente responsável pelas informações e afirmações contidas neste relatório de análise. Declaração do(s) analista(s) de valores mobiliários (de investimento), nos termos do art. 17 da ICVM 483. O(s) analista(s) de valores mobiliários (de investimento) envolvido(s) na elaboração deste relatório Shin Lai declara(m) que as recomendações contidas neste refletem  exclusivamente sua(s) opinião(ões) pessoal(is) sobre as companhias citadas e seus valores mobiliários e foram elaboradas de forma independente e autônoma

Upside Investor

Email:

upside@upsideinvestor.com

Website:

www.upsideinvestor.com

Rua Dona Antônia de Queirós, 549/2

Tel: (11)-4117-2998

Você recebeu este email porque você assinou nossa newsletter, visitou nosso site ou adquiriu nossos relatórios.

Descadastrar