As últimas atualizações da manhã pela Upside Investor.

Day Triggers

Ações e Informações para você investir

A Cara da Manhã

Economia Internacional

 

Escrito por:

Gabriel Cavaretto, Ricardo Walendorff e Shin Lai

Importante lembrar aos investidores que os mercados são voláteis e que nem sempre se movimentam conforme os fundamentos econômicos

Ásia

Ainda tivemos resultados monetários na China, com a Medida Ampla de Oferta Monetária (M2) (anual) atingindo 8,3% (expectativa de 8,3%), enquanto o valor dos novos empréstimos totalizou 1.380 bilhões de yuans (expectativa de 1.353 bilhões).  Resultados relativamente positivos para a China, com o crescimento de empréstimos se mantendo a 13,2%.

Mercados asiáticos fecharam a quarta-feira em alta quase unânime, com baixa apenas de Taiwan. Dentre as principais, Tóquio subiu +1,29%, Xangai +0,60% e Hong Kong +0,07%. A onda positiva parece seguir o otimismo de ontem dos EUA, impulsionada por bons resultados trimestrais.

Europa

Dia cheio no velho continente, principalmente no R. Unido.

Dentre os diversos dados para o R. Unido, destacamos o IPC núcleo (anual/set) com +1,9% (expectativa de +2%), o IPC anual e mensal (set), com o primeiro apresentando +2,4% (expectativa de +2,6%) e o segundo com +0,1% (expectativa de +0,2%). Complementando o IPC, também foi divulgado o índice com os custos de habitação (IPCH), com a variação anual de 2,4% (anterior em 2,3%). Resultados reforçam fraqueza do consumo interno.

Saindo da parte dos preços de consumidor, passamos para o de produtores. O IPP de Bens Intermediários (set) anual foi de +10,3% (expectativa de +9,2%) e o mensal de +1,3% (expectativa de +0,9%), enquanto o de Produtos acabados foi de +0,4% no mensal (expectativa de +0,2%) e +3,1% no anual (expectativa de +2,9%). Resultados positivos para a parte produtora.

Na Zona do Euro também tivemos o IPC, com +2,1% no anual (expectativa de +2,1%) e mensal de +0,5% (expectativa de +0,5%). Já os índices núcleo foram de +0,4% no mensal (+0,4%) e +0,9% no anual (expectativa de +0,9%). Resultados sem nenhuma surpresa.

 

Mercados europeus abriram em alta, seguindo os fechamentos asiático de hoje e consequentemente dos EUA de ontem. Os mercados reagiram bem com o benefício da dúvida que Trump concedeu para os governantes da Arábia Saudita. Porém, durante a produção deste relatório, todas as principais bolsas tinham revertido para o cenário de baixa.

Economia nos EUA

O noticiário de ontem trouxe a informação de que os EUA retornaram para o posto de país com a economia mais competitiva do mundo, primeira vez desde a crise de 2008. O estudo é realizado pelo Fórum Econômico Mundial, que afirmou que a atual metodologia ajudou os EUA, além de contar com mercado de trabalho e sistema financeiro fortes, além da cultura empreendedora vibrante.

--

Segundo a Reuters, Trump informou o Congresso que abrirá as rodadas de negociação comercial com o Japão, o R. Unido e a UE. Devemos lembrar que as negociações só podem começar após 90 dias de notificação no congresso.

--

Para o dia de hoje, destacamos a divulgação de resultados para o setor imobiliário norte-americano, as 9:30, com o número de Licenças de Construção (set) com expectativa de 1,280 milhões, o que representa uma variação de +2,1%. Também teremos a variação e o número de Casas Novas (set), com o primeiro com expectativa de -4,5% e para o segundo a expectativa é de 1,228 milhões.

Ainda hoje, no meio da tarde, as 15 horas, serão divulgadas as atas da reunião do FOMC, que é o Comitê Federal do Mercado Aberto nos EUA. As atas são importantes para os investidores entender com mais detalhe, as informações sobre a última reunião relacionada aos juros do país.

Dentre os resultados trimestrais de hoje, destacamos: Abbott Labs, US Bancorp, Winnebago Industries e Northern Trust, que devem informar seus dados no pré-mercado, enquanto a Alcoa, Kinder Morgan, United Rentals e Steel Dynamics publicarão os resultados à noite.

Futuros operavam em baixa as 7:45h de hoje, com Nasdaq -0,22%, Dow Jones -0,28% e S&P -0,23%.

Treasuries e VIX nos EUA – 7:45

Treasuries operavam em relativamente alta, com +0,13% para 2 anos, e +0,29% para 10 anos (3,165). Enquanto isso, o Vix futuro estava em 0,0% e CBOE vix em +0,62%.

Pela movimentação negativa dos futuros, positiva dos yield, enquanto os indicadores volatilidade (vix) operaram com leve alta, cenário de abertura da bolsa norte-americana é predominantemente mais tenso, mas sem grande força.

 

Economia Nacional

Ontem o mercado acionário nacional acabou por fechar bem positivo, influenciado pela alta da bolsa de Nova York (destaque de Netflix), ganhos no petróleo e ainda alguma margem de euforia com melhora dos índices de Bolsonaro no Ibope

Ainda sobre ontem, tivemos a negação do Senado sobre o projeto de lei que ajudaria na privatização de distribuidoras da Eletrobras, especialmente para a unidade do Amazonas que tem leilão marcado para 25 de outubro. A não privatização neste ano pode causar um prejuízo enorme para a Eletrobras, por causa do “caminho natural” ser a dissolução das companhias. A justificativa da negação foi a instabilidade jurídica e “necessidade” do próximo presidente resolver a questão.

Mesmo com a negação do Congresso, o BNDES iniciou na terça-feira os procedimentos para seguir com a privatização da CEA (Companhia Elétrica do Amapá), abrindo o pregão eletrônico para contratar serviços de avaliação econômica-financeira, política e contábil.

Para hoje, destaque para o IPC-Fipe divulgado nesta manhã, apurando alta de +0,52% na 2ª quadrissemana de out, para a inflação paulista. Durante o dia, ainda teremos o Fluxo Cambial Estrangeiro no país (12:30), que semana passada apresentou boa alta, saindo dos -6,138 bilhões para 3,083 bilhões, primeiro saldo positivo depois de sete quedas consecutivas.

Política Nacional

Em uma entrevista para o SBT, Bolsonaro afirmou pontos específicos de sua campanha, das quais selecionamos: seu governo não aumentará a carga tributária (tendência de reduzir), dará total autonomia para o presidente do Bacen, fará uma própria reforma da presidência, privatizará pelo menos 50 “estatais criadas pelo PT”, e dará maior autonomia e recursos para a Polícia Federal.

Outro ponto sobre Bolsonaro foi a informação de que Bolsonaro implantará um governo “constitucional”, utilizando orçamento de base zero para 2020.

--

Ontem circulou um vídeo de Cid Gomes (irmão de Ciro Gomes), despejando fortes críticas contra o PT, o caso de Lula estar preso e alguns pontos do partido, durante um evento da campanha de Haddad. O ocorrido foi gravado e divulgado sem o consentimento dos principais atores, o que “facilitou” ainda mais a situação de Bolsonaro.

Recomendações Diárias Fundamentalistas

Recomendações fundamentalista

DJ Commodities em +0,53% as 7:45

Mercado pode operar de forma mista. Os dados das pesquisas eleitorais são favoráveis ao candidato agora preferido pelo mercado, Jair Bolsonaro. Entretanto, os dados setoriais devem pesar sobre as ações

Recomendações fundamentalista

DJ Commodities em -0,08% as 7:45

Petróleo: Estoque de Petróleo Bruto e Estoques de Petróleo em Cushing (11:30), com ambos trazendo resultados negativos na semana passada. Para esta semana acreditamos que seguirá a mesma movimentação do API, como é o padrão, então se espera algo positivo, visto que houve um grande queda do API (expectativa de baixa para 2,620 milhões para o Estoque de Petróleo Bruto).

Brent em -0,41% e WTI em -0,65% as 7:45 desta manhã.

Na Europa (7:28) temos BP em +0,50%, Shell +0,14% e Petrochina +1,91%.

Viés de alta moderada, com setor externo positivo e expectativas de tensão na Arábia Saudita se reduzindo (PETR4).

Minério: a Anglo American, concorrente da Vale, informou ontem que voltara a operar em sua mina de ferro Minas-Rio somente em novembro ou dezembro, mas espera ter o volume de produção alto apenas em 2021. A empresa interrompeu a produção em março deste ano por ocorrerem dois vazamentos no mineroduto do canal Minas Gerais ao porto de Rio de Janeiro.

Ontem a vale divulgou que prevê obter um fluxo de caixa livre, excluindo os desinvestimentos, de aproximadamente 10 bilhões de dólares, ainda em 2018, o que representaria quase o triplo de 2017. A justificativa vem da alta do minério e de produção. Ótima notícia para quem recebe dividendos.

Minério de ferro fechou a 514,00 na China, com variação de +0,78%.

Dólar estava +0,01% as 7:45, cotado a R$ 3,73. Ontem houve uma pequena alta, fechando a R$ 3,7253.

Na Europa, Anglo American com +0,87%, Rio Tinto em +1,63% e BHP em -0,18%, as 7:30.

Viés de baixa moderada, considerando que os ganhos das notícias supracitadas já atingiram os preços e por dia ruim no exterior (VALE3/BRAP4).

Siderurgia: sem novidades para o setor.

Em Londres, ArcelorMittal em +0,90% (7:32). Na Ásia, tivemos o fechamento de Nippon Steel com -0,87%, Hesteel +0,0% e Baoshan +2,21%.

Ontem as ações tiveram expressiva alta. Para hoje, o viés é de alta, com expectativa de seguir o dia predominantemente positivo das ações no exterior, mas o investidor deve ficar atento a possíveis correções (GGBR4/CSNA3/USIM5).

Papel e Celulose /Paper e Pulp: sem notícias para o setor.

Dólar estava +0,01% as 7:45, cotado a R$ 3,73. Ontem houve uma pequena alta, fechando a R$ 3,7253.

Pulp & Paper Index Price fechou o dia com +0,51%, atingindo 607,40.

Par japonês Oji Paper fechou em -0,13%, enquanto o par europeu, Stora Enso estava em -1,88% as 7:33.

Para hoje, acreditamos em um viés de baixa moderada, com exterior ruim, tendência mantida em baixa, mesmo com dólar levemente mais forte na terça-feira. (SUZB3/FIBR3/KLBN11).

Bancos: sem novidades para o setor.

Ontem as ações seguiram o índice nacional e principalmente o de NY. Com isso, para hoje esperamos um viés inicial de baixa moderada, com possibilidade de seguir a tensão inicial dos EUA e reversão negativa da Europa (BBAS3/ITUB4/BBDC4).

Carrefour CRFB3 – Carrefour informou ontem que as vendas brutas do grupo cresceram 5,1% neste último terceiro trimestre, na comparação anual. O faturamento somou 13,97 bilhões, com Atacadão vendendo 11,2% a mais e Carrefour 2,2% a mais. Viés de alta.

Cyrela (CYRE3) lançamentos elevaram para 73% os lançamentos para R$ 918 mi. Vendas líquidas contratadas cresceram 29,2 por cento no período, para 943 milhões de reais, dos quais 419 milhões correspondiam a imóveis para alta renda e 523 milhões eram de médio padrão e voltados ao programa Minha Casa Minha Vida (MCMV). Viés de alta

Tenda (TEND3)  vendas líquidas de R$ 489 milhões, 1,8% sobre 2T18 e 9M18 cresceu +25,6%, R$ 1.395,3 mi. Viés de alta

Eztec (EZTC3) vendas líquidas de R$ 121 milhões (3T18), ante R$ 80 mi (2T18). Viés de alta

 

O calendário segue a divulgação da Bmf Bovespa, podendo as empresas divulgar seus dados com antecedência

Interaja conosco: opiniões, comentários, sugestões, sempre são bem vindos!

Email: global@upsideinvestor.com

Copyright by Upside Investor 2016.

Todos os direitos reservados.

Disclaimer

Este relatório foi preparado pela Upside Investor e está sendo fornecido exclusivamente com o objetivo de informar. As informações, opiniões, estimativas e/ou projeções referem-se à data presente e estão sujeitas à mudanças como resultado de alterações nas condições de mercado, sem aviso prévio. As informações utilizadas neste relatório foram obtidas das companhias analisadas e de fontes públicas, que acreditamos confiáveis e de boa fé.

Nenhuma parte deste relatório pode ser copiada ou redistribuída sem prévio consentimento da Upside Investor.

(*) Conforme o artigo 16, parágrafo único, da ICVM 483, declaro ser inteiramente responsável pelas informações e afirmações contidas neste relatório de análise. Declaração do(s) analista(s) de valores mobiliários (de investimento), nos termos do art. 17 da ICVM 483. O(s) analista(s) de valores mobiliários (de investimento) envolvido(s) na elaboração deste relatório Ricardo Walendorff declara(m) que as recomendações contidas neste refletem  exclusivamente sua(s) opinião(ões) pessoal(is) sobre as companhias citadas e seus valores mobiliários e foram elaboradas de forma independente e autônoma

Upside Investor

Email:

upside@upsideinvestor.com

Website:

www.upsideinvestor.com

Rua Dona Antônia de Queirós, 549/2

Tel: (11)-4117-2998

Você recebeu este email porque você assinou nossa newsletter, visitou nosso site ou adquiriu nossos relatórios.

Descadastrar