As últimas atualizações da manhã pela Upside Investor.

Day Triggers

Ações e Informações para você investir

A Cara da Manhã

Economia Internacional

Escrito por:

Gabriel Cavaretto, Ricardo Walendorff e Shin Lai

Importante lembrar aos investidores que os mercados são voláteis e que nem sempre se movimentam conforme os fundamentos econômicos

Ásia

No fim de semana a China anunciou novos cortes de tarifas de importação para diversos produtos, indo de têxtis e de consumo, até minério e metais e madeira. Na média a redução indica uma média de 7,5% de tarifa de importação para 2018, em 2017 era de 9,8%.

Feriado na China.

No Japão tivemos a divulgação de diversos índices.

Os Gastos de Capital em Grandes e Pequenas Indústrias (3º trimestre) apresentaram resultados abaixo do esperado, com o primeiro com +13,4% (expectativa de +14,2%) e o segundo com -8,4% (expectativa de -5,1%).

Também tivemos o Índice Tankan Grandes fabricantes e Não-Manufaturados, ambos do 3º trimestre, com o primeiro em 19 (expectativa de 22) e o segundo com 22 (seguiu as expectativas).

Finalizando os resultados no Japão, foi divulgado o PMI Industrial de setembro, vindo abaixo da última prévia (52,9), atingindo apenas 52,5, que é o mesmo patamar do mês anterior.

Com dia de menor volume por causa do feriado chinês, mercados asiáticos fecharam em mais de uma direção, em um dia sem Hong Kong e China nas negociações. O destaque foi para a alta de Tóquio, que mesmo com resultados para economia vindo abaixo do esperado, conseguiu fechar em +0,52%, atingindo o maior patamar desde 1991, puxado principalmente pela nova queda do iene e destaques do setor de papel e celulose, comunicações e de construção de navios.

 

Europa

Na Alemanha, foram divulgados a variação das Vendas no Varejo, mensal e anual, com o primeiro -0,1% (expectativa de +0,4%) e o segundo +1,6% (expectativa de +1,5%). Também foi divulgado o PMI Industrial (set), com 53,7 (expectativa de 53,7).

França, R. Unido e UE também tiveram seus PMI Industrial (set) divulgados. O francês apresentou estabilidade em 52,5 (expectativa de 52,5), o britânico com boa alta para 53,8 (expectativa de 52,5) e da UE com 53,2 (expectativa de 53,3). Ainda na zona do euro, tivemos a Taxa de Desemprego (ago), que caiu para 8,1%, seguindo as expectativas, sendo esta a quarta queda consecutiva e a mínima desde 2008.

Dentre os resultados fica o destaque do PMI da UE atingir a mínima de 2 anos, afetada principalmente pelas novas conjunturas mundiais, que mudaram após o início da guerra comercial. O subíndice de encomendas de exportação evidencia melhor a situação, atingindo 50,2, praticamente no limite do sinal de expansão.

 

Mercado europeus abriram em mais de uma direção, com Paris e Frankfurt em alta, enquanto Londres caia forte em -0,38%, contrastando com o único PMI Industrial mais forte (do R. Unido). Entretanto, durante a produção deste relatório, todas as bolsas tinham ganhado forças de alta.

 

Economia nos EUA

No domingo a noite, EUA e Canadá finalmente chegaram em um acordo, bem próximo das horas limite. O novo tratado entre os 3 países se chamará Acordo Estado Unidos-México-Canadá (USMCA, para a sigla em inglês), substituindo assim o antigo Nafta. Dentre os destaques, temos que Canadá cedeu e abrirá seu mercado para produtores de leitos norte-americanos, além das regras para setores financeiros e de negócios digitais.

Seguindo o calendário de resultados mundial, teremos para hoje a divulgação d PMI Industrial (set) as 10 horas, com expectativa de manter em 55,6, e o PMI ISM (set), as 11 horas, com expectativa de piora para 60,3.

 

Futuros operavam em alta as 7:45h de hoje, com Nasdaq +0,73%, Dow Jones +0,77% e S&P +0,60%.

 

Treasuries e VIX nos EUA – 7:45

Treasuries operavam em alta, com +0,43% para 2 anos, e +1,09% para 10 anos (3,089). Enquanto isso, o Vix futuro estava em -1,44% e CBOE vix em -2,56%.

Pela movimentação positiva dos futuros e dos yield, enquanto os indicadores volatilidade (vix) operavam em baixa, cenário de abertura da bolsa norte-americana é bem positivo, com todos os indícios apontando para uma abertura positiva.

Economia Nacional

A última sexta-feira encerrou os pregões de setembro com a valorização de 3,5% do Ibovespa, mesmo com a queda de -0,82% na sexta-feira, e na queda do acumulado da semana, em -0,13%.

O dólar fechou o dia em alta, com +1,07%, fechando assim o mês de setembro com a queda acumulada de -0,87%, invertendo a tendência de forte alta do mês anterior.

Segundo analistas, o clima mais ameno para os mercados nacionais se deve a maior consolidação do segundo-turno, exterior mais positivo e expectativa de candidatos mais extremista do segundo-turno, mudarem seus discursos para algo mais de centro após a primeira rodada de eleições.

--

No início da manhã, as 8 horas, tivemos a divulgação do IPC-S, com +0,45 (anterior a 0,32%), com destaque para 1,09 de alta nos transportes, acumulando alta de 3,71% no ano e 4,64% em 12 meses. As 8:30, teremos o Boletim Focus, trazendo as novas expectativas para a economia nacional adaptando os acontecimentos recentes, principalmente da queda do dólar.

Seguindo com os resultados do dia, as 10 horas deve sair o PMI brasileiro, que vem se recuperando desde julho, atingindo 51,1 em agosto. E finalizando as 16 horas, teremos a Balança Comercial nacional (set), com expectativa de saldo positivo em 5,9 bilhões (maior que o anterior de 3,78 bilhões).

Política Nacional

No domingo tivemos a divulgação de uma nova pesquisa eleitoral, CNT/MDA, que apontou novamente que Bolsonaro e Haddad deverão ser os candidatos no segundo-turno, com o primeiro 28,2% e o segundo, que vem disparando, com 25,2%.

Em segundo turno de Bolsonaro e Haddad, o petista abriu a vantagem computando 42,7% das intenções de votos, enquanto Bolsonaro teria apenas 37,3%.

Fim de semana foi marcado também por protestos contra e a favor de Jair Bolsonaro, que em meio a este “tumulto” recebeu alta do hospital.

Para hoje, está prevista a divulgação de nova pesquisa Ibope de intenção de votos.

Recomendações Diárias Fundamentalistas

Recomendações fundamentalista

DJ Commodities em +0,02% as 7:45

Petróleo: na sexta-feira, a petroleira nacional informou que o diesel deve subir 2,8% para o período de 30/09 a 29/10, corrigindo as recentes altas internacionais do barril de petróleo.

Com a notícia de cima, acreditamos que as ações devem absorver alta internacional, além de se desenvolverem de acordo com a dinâmica nacional.

Brent abriu em alta na bolsa de Londres.

Brent em +0,36% e WTI em +0,26% as 7:45 desta manhã.

Na Europa (7:30) temos BP em +0,90%, Shell +0,66% e Petrochina (bolsa fechada).

Viés de alta, com bons fundamentos externos e pares internacionais positivos (PETR4).

Minério: nesta semana a mineradora Samarco iniciará as obras para a construção de um novo sistema de rejeito de minérios, que seria a chave para a companhia voltar a operar. A intervenções devem durar cerca de 10 meses. Lembrando que Samarco é uma joint venture de Vale e BHP.

Sem notícias impactantes para o setor, ações devem absorver movimentação internacional, juntamente com desempenho do dólar e do minério em si.

Minério de ferro não teve mudança de preço na China por causa do feriado.

Dólar estava +0,02% as 7:45, cotado a 4,05.

Na Europa, Anglo American com -0,57%, Rio Tinto em -0,32% e BHP em +0,23%, as 7:32.

Viés de baixa, com pares internacionais negativos e sem mudanças internas. (VALE3/BRAP4).

Siderurgia: com notícia parado neste início de semana para o setor em geral, ações devem seguir movimentação geral da bolsa nacional e principalmente os pares internacionais.

Em Londres, ArcelorMittal em -0,10% (7:33). Na Ásia tivemos o Nippon Steel com -0,12% e pares chineses sem negociação hoje.

Viés baixa, com movimento negativa dos pares internacionais (GGBR4/CSNA3/USIM5).

Paper e Pulp: sem novas notícias e resultados para o setor, ações devem seguir movimentação internacional e as expectativas para o dólar e as empresas em si.

Dólar estava +0,05% as 7:45, cotado a 4,05.

Pulp & Paper Index Price fechou o dia com leve baixa de -0,06%, atingindo 645,93.

Par asiático Oji Paper não foi negociado, enquanto o par europeu Stora Enso estava em +0,91% as 7:35. Par japonês Oji Holdings Corp. fechou com +0,12%.

Viés de alta moderada, pela alta dos pares internacionais e dólar em alta. (SUZB3/FIBR3/KLBN11).

Bancos: Apenas destacamos que Itaú (ITUB4) entrará em ex-dividendos nesta segunda-feira, por isso os investidores devem se manter atentos em uma possível movimentação atípica.

Sem novidades relevantes para o setor, ações devem seguir tendência da bolsa nacional.  

Viés alta moderada, com possibilidade de alta dos EUA ajudar o índice nacional (BBAS3/ITUB4/BBDC4)

O calendário segue a divulgação da Bmf Bovespa, podendo as empresas divulgar seus dados com antecedência

Interaja conosco: opiniões, comentários, sugestões, sempre são bem vindos!

Email: global@upsideinvestor.com

Copyright by Upside Investor 2016.

Todos os direitos reservados.

Disclaimer

Este relatório foi preparado pela Upside Investor e está sendo fornecido exclusivamente com o objetivo de informar. As informações, opiniões, estimativas e/ou projeções referem-se à data presente e estão sujeitas à mudanças como resultado de alterações nas condições de mercado, sem aviso prévio. As informações utilizadas neste relatório foram obtidas das companhias analisadas e de fontes públicas, que acreditamos confiáveis e de boa fé.

Nenhuma parte deste relatório pode ser copiada ou redistribuída sem prévio consentimento da Upside Investor.

(*) Conforme o artigo 16, parágrafo único, da ICVM 483, declaro ser inteiramente responsável pelas informações e afirmações contidas neste relatório de análise. Declaração do(s) analista(s) de valores mobiliários (de investimento), nos termos do art. 17 da ICVM 483. O(s) analista(s) de valores mobiliários (de investimento) envolvido(s) na elaboração deste relatório Ricardo Walendorff declara(m) que as recomendações contidas neste refletem  exclusivamente sua(s) opinião(ões) pessoal(is) sobre as companhias citadas e seus valores mobiliários e foram elaboradas de forma independente e autônoma

Upside Investor

Email:

upside@upsideinvestor.com

Website:

www.upsideinvestor.com

Rua Dona Antônia de Queirós, 549/2

Tel: (11)-4117-2998

Você recebeu este email porque você assinou nossa newsletter, visitou nosso site ou adquiriu nossos relatórios.

Descadastrar