As últimas atualizações da manhã pela Upside Investor.

Day Triggers

Ações e Informações para você investir

A Cara da Manhã

Economia Internacional

 

Escrito por:

Gabriel Cavarettoe Shin Lai

Importante lembrar aos investidores que os mercados são voláteis e que nem sempre se movimentam conforme os fundamentos econômicos

Ásia

Contrastando com os dias anteriores, hoje tivemos queda generalizada para as bolsas asiáticas, com Xangai caindo -1,09%, Hong Kong -0,39% e a da Tóquio caindo -0,99%. Dentre os condutores do dia, além da correção pelo otimismo recente, tivemos o impacto negativo da rejeição do parlamento britânico para a proposta de Brexit apresentada, em conjunto com a falta de novidades concretas das negociações comerciais entre China e EUA. Também tivemos dados inflacionários no Japão, que apesar de virem levemente positivos, não perecem ter afetado muito o acionário local.

Europa

Novamente o parlamento britânico uma proposta do Brexit fechado pela primeira-ministra, Theresa May, mesmo com concessões a mais por parte da UE. O próximo passo é uma votação que definirá se haverá uma ruptura com o bloco europeu com acordo ou não, que deverá ocorrer hoje, quarta-feira.

--

Como era de se esperar, os acionários europeus abriram o dia em baixa generalizada, com destaque para as quedas das bolsas de Frankfurt em -0,22%, a de Londres com -0,29% e a de Paris com -0,15%, afetadas principalmente pelo aumento das incertezas com a situação supracitada do Brexit.

Por outro lado, dados referentes a produção industrial do bloco europeu, surpreenderam positivamente, ao fechar um crescimento de 1,4% da produção em janeiro na comparação mensal, reduzindo fortemente a contração anual (de -4,2% para -1,1%). Possibilidade dos acionários melhorarem.

Economia nos EUA

O representante do comércio dos EUA, Robert Lighthizer, afirmou ontem que as conversas entre as duas maiores economias mundiais estariam chegando nas semanas finais, tendo um acordo ou não já definido.

--

Na agenda de divulgações econômicas, destaque para preço do produtor e pedidos por bens duráveis e de capital.

--

Futuros operavam com em alta as 07:45 de hoje, com Nasdaq +0,15%, Dow Jones +0,02% e S&P +0,14%, após iniciar o dia em baixa.

Treasuries e VIX nos EUA – 07:45

Treasuries operavam em alta, com +0,57% para 2 anos, e +0,69% para 10 anos (2,623). Enquanto isso, o Vix futuro estava em -0,28% e CBOE vix em -1,45%.

Pela movimentação positiva dos futuros e dos yield, enquanto os indicadores volatilidade (vix) operavam em queda, cenário inicial da bolsa norte-americana indicado é positivo, contrastando com o pessimismo das outras partes do mundo.

 

 

Economia Nacional

Na comparação com fevereiro de 2017, o número de pedidos de recuperação judicial caiu 44,7%, enquanto na comparação com janeiro o recuo foi de 23,2%. Na outra ponta, as falências aumentar 27,1% na comparação anual e 62,7% na mensal. Esses valores corroboram com a dificuldade da economia voltar a crescer mais firme, indicando melhora de um lado e piora do outro.

--

Na agenda econômica de hoje, destacamos a divulgação da produção industrial de janeiro, com expectativa de variar em -1,2% no anual e -0,1% no mensal.

Política Nacional

Na terça-feira, o presidente da câmara, Rodrigo Maia, disse que acredita que a votação na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) para a reforma da previdência, deverá ocorrer até dia 27-28 de março. A Comissão será instalada hoje, quarta-feira, dando inicio assim a sua tramitação. Maia também aproveitou para cobrar que o governo assuma o protagonismo na articulação da reforma tão necessária para o equilíbrio fiscal nacional.

Outro ponto que ficou definido, foi a de presidente de comissões da câmara, com o PSL conseguindo manter a liderança em três importantes, com a da CCJ (por Felipe Francischini do PSL-PR, já informado), com a de Relações Exteriores e de Defesa Nacional, que deve ser presidida por Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), e a Fiscalização Financeira e Controle. Em contrapartida, a segunda maior comissão, a de Finanças e Tributação, ficou com o MDB.

Conheça Upside Advisory: Aconselhamento individualizado para seus investimentos em ações, fundos e renda fixa. Aumente seu patrimônio com Upside

Advisory Upside Investor

Recomendações Diárias Fundamentalistas

Bom dia investidor!

O destaque são passos da Previdência que serão dados, ruídos entre os congressistas pode gerar volatilidade no mercado

Do exterior os sinais são de que houve uma realização na Ásia, fator esse que pode influenciar o humor  dos investidores locais para um mesmo comportamento

O destaque positivo para o preço do barril de Petróleo que sobe 0,70% sinalizando que pode ser um dia positivo para se vender Petrobras na alta

Recomendações fundamentalista

 

Recomendações fundamentalista

DJ Commodities em +0,29% as 7:45

Petróleo: apesar da queda das ações de ontem, o colapso da Venezuela e redução da previsão da produção de petróleo nos EUA feitos pela AIE (Administração de Informação de Energia), devem continuar aquecendo as ações das empresas ligadas a essa commodity.

A Petrobras também deve se beneficiar com o anuncio da precificação de reabertura e nova emissão de títulos, no volume total de US$ 750 milhões e US$ 2,25 bilhões, respectivamente, recebendo rating de Ba2 da Moody’s. A empresa deverá usar os valores recebidos para recompra de papéis em circulação no mercado.

Futuros do petróleo subiram durante sessão asiática.

Brent em +0,70% e WTI em +1,02% as 7:45 desta manhã.

Na Europa (7:49) temos BP em +0,66%, Shell em +0,96% e fechamento de Petrochina com -0,77%.

Viés de alta, com interno e externo positivos (PETR4).

Minério:

Dólar estava +0,01% as 7:45, cotado a R$ 3,8130, após a semana passada fechar em R$ 3,8127 (-0,7%).

Na Europa (bolsa de Londres), Anglo American com +0,49%, Rio Tinto em +0,28% e BHP em +0,69%, as 7:50.

Viés de alta moderada, seguindo a tendência atual, juntamente com dominância externa positiva, apesar da queda de -0,41% do minério na China (VALE3/BRAP4).

Siderurgia: pressão do MP para que CSN pague pela mudança e moradia de cada família que desejar mudar da região de Congonhas-MG, por conta do medo da barragem do local se romper.

Em Londres, ArcelorMittal em +0,12% (07:50). Na Ásia, Nippon Steel, do Japão, fechou variando -0,51%, enquanto na China Hesteel e Baoshan fecharam em -1,7% e -1,2%, respectivamente

Viés baixa moderada, com interno relativamente se mantendo mais pessimista para o setor, exterior dúbio, com preços subindo na Ásia, enquanto os pares fecharam em queda (GGBR4/CSNA3/USIM5).

Paper e Pulp:

Dólar estava +0,01% as 7:45, cotado a R$ 3,8130, após a semana passada fechar em R$ 3,8127 (-0,7%).

Pulp & Paper Index Price variou -1,44%, fechando a 560,39.

Dos principais pares, o japonês Oji Paper variou -1,5%, enquanto os pares europeus Stora Enso estava em -1,01% e UPM em -0,75%, as 7:51.

Para hoje, acreditamos no viés de baixa, com a possibilidade de manter o pessimismo interno que começou nessa semana para o setor, influenciado principalmente pela queda do dólar no Brasil, e hoje ainda temos dominância negativa externa (SUZB3/KLBN11).

Bancos:

Viés de alta moderada, na expectativa de manter a movimentação de alta da semana, enquanto o acionário dos EUA também indicavam um início do dia mais positivo (BBAS3/ITUB4/BBDC4).

 

Tenda (TEND3) apresentou crescimento de 87,7% do seu lucro líquido no acumulado de 2018 contra o de 2017, enquanto o crescimento do trimestre foi de 25% na comparação anual. As vendas líquidas subiram 20,1% no comparação anual e acumulado do ano. Viés de alta

Sonae Sierra (SSBR3) fechou o ano de 2018 com crescimento de 36,7%% do lucro líquido na comparação com o acumulado de 2017, enquanto o último trimestre apresentou alta de 114%. A receita líquida fechou o trimestre com alta de 10,2%, enquanto no ano a alta foi de 5,1%. Por fim, o Ebitda acumulado de 2018 foi de R$ 209,9 milhões, 12% maior que o de 2017, já no quarto trimestre alta foi de 8,3%.

 

O calendário segue a divulgação da Bmf Bovespa, podendo as empresas divulgar seus dados com antecedência

Interaja conosco: opiniões, comentários, sugestões, sempre são bem vindos!

Email: global@upsideinvestor.com

Copyright by Upside Investor 2016.

Todos os direitos reservados.

Disclaimer

Este relatório foi preparado pela Upside Investor e está sendo fornecido exclusivamente com o objetivo de informar. As informações, opiniões, estimativas e/ou projeções referem-se à data presente e estão sujeitas à mudanças como resultado de alterações nas condições de mercado, sem aviso prévio. As informações utilizadas neste relatório foram obtidas das companhias analisadas e de fontes públicas, que acreditamos confiáveis e de boa fé.

Nenhuma parte deste relatório pode ser copiada ou redistribuída sem prévio consentimento da Upside Investor.

(*) Conforme o artigo 16, parágrafo único, da ICVM 483, declaro ser inteiramente responsável pelas informações e afirmações contidas neste relatório de análise. Declaração do(s) analista(s) de valores mobiliários (de investimento), nos termos do art. 17 da ICVM 483. O(s) analista(s) de valores mobiliários (de investimento) envolvido(s) na elaboração deste relatório Ricardo Walendorff declara(m) que as recomendações contidas neste refletem  exclusivamente sua(s) opinião(ões) pessoal(is) sobre as companhias citadas e seus valores mobiliários e foram elaboradas de forma independente e autônoma

Upside Investor

Email:

upside@upsideinvestor.com

Website:

www.upsideinvestor.com

Rua Dona Antônia de Queirós, 549/2

Tel: (11)-4117-2998

Você recebeu este email porque você assinou nossa newsletter, visitou nosso site ou adquiriu nossos relatórios.

Descadastrar