As últimas atualizações da manhã pela Upside Investor.

Day Triggers

Ações e Informações para você investir

A Cara da Manhã

Economia Internacional

Escrito por:

Gabriel Cavarettoe Shin Lai

Importante lembrar aos investidores que os mercados são voláteis e que nem sempre se movimentam conforme os fundamentos econômicos

Ásia

Dia de domínio negativo para as bolsas asiáticas, com Tóquio caindo -0,15%, Xangai -0,44%, enquanto Hong Kong apresentou leve recuperação de +0,31%. Dados inflacionários no Japão (bens corporativos) vieram piores que a queda estimada e na China o IPC e IPP pouco se distanciaram das previsões de mercado.

Europa

Dia de divulgações de diversos dados econômicos para o R. Unido, com PIB mensal vindo dentro das expectativas, apresentando recuperação após a queda de abril. A balança comercial, produção no setor de construção e índice de serviços vieram acima do esperado. Por fim, dados ruins para a Produção Industrial (todas as óticas), relembrando o mercado do risco de grande redução do crescimento também na terra da rainha.

Bolsas europeias começaram o dia com pessimismo, tendo as principais variando (7:30): -0,20% na de Londres, -0,55% de Frankfurt e -0,11% na de Paris.

 

Economia nos EUA

Discurso de membros do Fed, o Banco Central dos EUA, principalmente do presidente Powell, deverão atrair a atenção dos mercados no dia de hoje. Por volta das 14h, ainda o FOMC divulgará a ata última reunião.

--

Futuros operavam em baixa as 07:55 de hoje, com Nasdaq -0,31%, Dow Jones -0,26% e S&P -0,27%.

 

Treasuries e VIX nos EUA – 07:55

Treasuries operavam em alta, com +0,96% para 2 anos, e +2,2% para 10 anos (2,101). Enquanto isso, o Vix futuro estava em +1,69% e CBOE vix em +4,05%.

Pela movimentação negativa dos futuros, positivo dos yield, enquanto os indicadores volatilidade (vix) operavam em alta, cenário inicial da bolsa norte-americana é confuso, com algum domínio de pessimismo.

 

Economia Nacional

Expectativa para a divulgação do IPCA de junho, o qual apresenta expectativa de queda na comparação anual, atingindo um patamar bem abaixo da meta na janela de um ano.

Política Nacional

Noticiários indicam que ontem o governo não conseguiu seguir com a votação da reforma da previdência na Câmara por liberação de recursos por emendas ainda não “chegarem” aos parlamentares, mesmo com o governo se comprometendo para tal. Apesar disso, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, estendeu a sessão de terça-feira para conseguir encerrar a discussão do tema, assim, espera-se o início da votação nesta quarta-feira (10:30), mesmo com diversas tentativas da oposição em obstruir os andamentos.

Aliados do governo e o próprio presidente da Câmara estão mais confiantes quanto a aprovação da reforma com placar mais amplo, mas para ajudar nos votos, Teresa Cristina foi exonerada do seu cargo de ministra da agricultura, para conseguir compor o placar de votos da reforma.

--

Enquanto a Câmara segue focada na reforma da previdência, o Senado deverá apresentar uma proposta de emenda constitucional (PEC) sobre a reforma tributária, segundo o presidente da casa, Davi Alcolumbre. Alcolumbre afirmou que tem autoridade para seguir com a agenda das reformas que beneficiam o país e que o tema já vem sendo discutido na Câmara a anos, e que por isso, deve ter sua tramitação mais rápida.

Conheça Upside Advisory: Aconselhamento individualizado para seus investimentos em ações, fundos e renda fixa. Aumente seu patrimônio com Upside

Advisory Upside Investor

Recomendações Diárias Fundamentalistas

Bom dia investidor!

Investidores se animam com a votação da reforma da Previdência nesta quarta-feira, que deve ir a votação em plenário por volta das 10:30 hs às 11:30 hs

Isso, coloca o Ibovespa futuro novamente em alta com +0,82%

Internacionalmente, o 'chairman' do FED, Banco Central American, Powell sinalizou que um corte de juros é possível, fator que animou os investidores no pré - mercado

Desta forma, a expectativa é de mais um pregão de alta

Bons negócios e um excelente pregão!

Recomendações fundamentalista

DJ Commodities em +0,75% as 07:55

Petróleo:

Futuros do petróleo subiram durante sessão asiática.

Brent em +2,31% e WTI em +2,44% as 08:00 desta manhã.

Na Europa (7:44) temos BP de Londres com -0,16%, Shell (AMS) variou em +0,45%, enquanto o fechamento de Petrochina foi de -0,75%.

Viés de alta moderada, com pares mais negativos, preços do petróleo subindo e ADR subindo no dia anterior nos EUA (PETR4).

Minério: a Vale foi condenada pela justiça de MG a reparar todos os danos causados pelo rompimento de barragem de rejeitos da mina Córrego do Feijão, em Brumadinho (MG), mantendo inclusive o bloqueio de 11 bilhões de reais da companhia. O juiz não teria fixado valor a pagar por consequências ainda não serem passiveis de quantificação.

Dólar estava + 0,0% as 7:45, cotado a R$ 3,8.

Relação de dólar australiano com o norte-americano (AUS/USD) variou em -0,10%.

Na Europa (bolsa de Londres), Anglo American com +0,88%, Rio Tinto em+0,39% e BHP em +0,42%, as 7:45.

Viés de baixa, na expectativa de que a condenação e a queda de -0,23% do minério de ferro negociada na China dominem o dia mais positivo dos pares (VALE3/BRAP4).

Siderurgia:

Em Londres, ArcelorMittal em +1,16% (07:37). Na Ásia, Nippon Steel, do Japão, fechou variando -1,49%, enquanto na China Hesteel e Baoshan fecharam em -0,7% e -1,09%, respectivamente.

Viés alta moderada, em dia negativa dos papeis do setor, juntamente com queda dos preços vergalhão de ferro negociado na Ásia, mas mercado deve precificar momento interno (GGBR4/CSNA3/USIM5).

Paper e Pulp:

Dólar estava + 0,0% as 7:45, cotado a R$ 3,8.

Pulp & Paper Index Price variou -1,42%, fechando a 509,43.

Dos principais pares, o japonês Oji Paper variou -2,16%, enquanto os pares europeus Stora Enso estava em +0,35% e UPM em -0,43%, as 7:30.

Para hoje, acreditamos no viés de baixa moderada, na expectativa de correção após acúmulos positivos da semana passada continue, referências internacionais indicando baixa e dia mais possível correção de queda da ADR de Suzano na bolsa dos EUA na terça-feira (SUZB3/KLBN11).

Bancos:

Viés de alta moderada, na expectativa de correção iniciada no pregão anterior continue, considerando pouco gatilho da reforma na Câmara, sendo impactada de maneira mais forte apenas por placar mais amplo (BBAS3/ITUB4/BBDC4)

Petro (PRIO3) a empresa ampliou a produção nos campos de Frade, e queda nos campos de Frade e Manati, no total houve aumento de 15 mil barris por dia para 20 barris dia. No 2T19 as vendas de Barris atingiu 2 milhões ante 500 mil barris no 1T19. Viés de alta

 

O calendário segue a divulgação da Bmf Bovespa, podendo as empresas divulgar seus dados com antecedência

Interaja conosco: opiniões, comentários, sugestões, sempre são bem vindos!

Email: global@upsideinvestor.com

Copyright by Upside Investor 2016.

Todos os direitos reservados.

Disclaimer

Este relatório foi preparado pela Upside Investor e está sendo fornecido exclusivamente com o objetivo de informar. As informações, opiniões, estimativas e/ou projeções referem-se à data presente e estão sujeitas à mudanças como resultado de alterações nas condições de mercado, sem aviso prévio. As informações utilizadas neste relatório foram obtidas das companhias analisadas e de fontes públicas, que acreditamos confiáveis e de boa fé.

Nenhuma parte deste relatório pode ser copiada ou redistribuída sem prévio consentimento da Upside Investor.

(*) Conforme o artigo 16, parágrafo único, da ICVM 483, declaro ser inteiramente responsável pelas informações e afirmações contidas neste relatório de análise. Declaração do(s) analista(s) de valores mobiliários (de investimento), nos termos do art. 17 da ICVM 483. O(s) analista(s) de valores mobiliários (de investimento) envolvido(s) na elaboração deste relatório Shin Lai declara(m) que as recomendações contidas neste refletem  exclusivamente sua(s) opinião(ões) pessoal(is) sobre as companhias citadas e seus valores mobiliários e foram elaboradas de forma independente e autônoma

Upside Investor

Email:

upside@upsideinvestor.com

Website:

www.upsideinvestor.com

Rua Dona Antônia de Queirós, 549/2

Tel: (11)-4117-2998

Você recebeu este email porque você assinou nossa newsletter, visitou nosso site ou adquiriu nossos relatórios.

Descadastrar