Boletim Eletrônico - Número 53, 25 de Abril de 2019

Caixa libera parte de recursos atrasados para programa Minha Casa, Minha Vida em MS

A Caixa Econômica Federal vai liberar até esta sexta-feira  R$ 500 mil para a retomada das obras de casas populares do programa Minha Casa, Minha Vida, em Mato Grosso do Sul. Os outros R$ 13,5 milhões destinados ao programa para população de baixa renda devem ser pagos ao governo estadual até meados de maio. A  senadora Simone Tebet (MDB-MS) cobrou do presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães o pagamento dos recursos em atraso e teve a resposta positiva. Ela e a senadora Soraya Thronicke participaram de reunião na CEF nesta quarta-feira.

Em entrevista à jornalista Márcia Paravizzi, do Grupo RCN, Simone comentou a boa notícia.

Vai ao arquivo projeto que previa fim da cota feminina

A Comissão de Constituição e Justiça rejeitou o projeto que revoga o percentual mínimo de 30%, por gênero, nas candidaturas. O projeto agora será arquivado. Durante a discussão da matéria, a presidente da CCJ, senadora Simone Tebet (MDB-MS), lembrou que ao longo dos anos o Brasil subiu no ranking mundial de participação feminina nos Legislativos por causa da política de cotas e destacou que, em 2018, pela primeira vez, a Câmara dos Deputados elegeu 77 deputadas federais, aumentando para 15% a representação feminina naquela Casa. A lei de cotas existe desde 1997. Desde o ano passado, as candidaturas femininas passaram a ter a garantia de 30% da verba do fundo eleitoral, bem como de 30% do tempo de rádio e TV para a propaganda eleitoral gratuita.

 

Facebook Twitter Youtube Instagram

MailerLite