As últimas atualizações da manhã pela Upside Investor.

Day Triggers

Ações e Informações para você investir

A Cara da Manhã

Economia Internacional

Escrito por:

Gabriel Cavarettoe Shin Lai

Importante lembrar aos investidores que os mercados são voláteis e que nem sempre se movimentam conforme os fundamentos econômicos

Ásia

Com impasses na questão comercial entre China e EUA ainda grande, enquanto a China apenas traz ameaças de alguma retaliação, bolsas fecharam em baixa nesta segunda-feira, com as principais em: -0,79% em Tóquio, -1,21% em Xangai e +0,84% em Hong Kong.

 

Europa

Acionário asiático começou a semana em tom inverso do asiático, com alguma recuperação dos preços dos índices, com destaque para as variações de: -0,13% de Frankfurt, +0,12% de Paris e +0,14% de Londres. Além da recuperação dos preços pela queda da semana passada, o chefe do comércio da UE afirmou que identifica espaço para a postergação das tarifas sobre a importação de carros europeus nos EUA, justamente por causa das complicações comerciais com a China.

 

Economia nos EUA

Goldman Sachs apresentou um estudo indicando que o aumento de tarifas contra os produtos chineses não trará benefícios à economia norte-americana, com possibilidade apenas de produtores asiáticos reduzirem os preços para se manterem competitivos, enquanto os empresários dos EUA têm a oportunidade de subir seus preços aproveitando a alta do “preço médio”. Essa visão vai de encontro com outras análises de que estes aumentos de tarifas tendem apenas a gerar maiores custos internos.

--

Futuros operavam em baixa as 08:00 de hoje, com Nasdaq -1,65%, Dow Jones -1,18% e S&P -1,24%

Treasuries e Índice de Volatilidade VIX nos EUA – 08:00

Treasuries operavam em baixa, com -1,55% para 2 anos, e -1,17% para 10 anos (2,426). Enquanto isso, o Vix futuro estava em +1,15% e CBOE vix em +16,27%.

Pela movimentação negativa dos futuros e dos yield, enquanto os indicadores volatilidade (vix) operavam em alta, cenário inicial da bolsa norte-americana é bem pessimista, iniciando similar ao ocorrido na semana passada.

 

Economia Nacional

Tom mais pessimista tomou conta da semana passada, principalmente pelo cenário externo ruim, com o presidente dos EUA começando a semana já declarando o aumento de tarifa de importação contra produtos chineses, além de maior pressão com provocações de Irã e Coréia do Norte testando novo míssil.

Internamente as perspectivas foram mais positivas, com boa parte dos resultados trimestrais dentro do esperado ou positivo, junto com uma tramitação da proposta da reforma da previdência menos tumultuada do que foi na CCJ. Assim, o Ibovespa acumulou perdas de -1,8% na semana, enquanto o dólar 0,24%, cotado a R$ 3,9564.

--

Na agenda de resultados econômicos, teremos hoje o Boletim Focus (8:30), trazendo as novas expectativas para a economia nacional adaptando os acontecimentos recentes.

Política Nacional

Bolsonaro afirmou em entrevista neste último final de semana que pretende corrigir a tabela do Imposto de Renda para pessoa física, já em 2020, enquanto é estudo o aumento dos limites de deduções. A defasagem inflacionária acumulada da tabela já chega a 95,46%

Conheça Upside Advisory: Aconselhamento individualizado para seus investimentos em ações, fundos e renda fixa. Aumente seu patrimônio com Upside

Advisory Upside Investor

Recomendações Diárias Fundamentalistas

Bom dia investidor!

Uma nova rodada da Guerra Comercial entre EUA e China deve dar o tom para os mercados hoje, quase todos os índices futuros de Bolsas e de commodities apontam para queda, sinalizando o efeito da retaliação chinesa

Petrobras pode seguir tendência do Petróleo que opera em alta no mercado à vista e nos futuros, em função do incidente com o petroleiro

Dia deve ser bastante volátil, se for de queda é hora de comprar as ações de empresas líquidas, para Petrobras pode ser pregão de alta

Bons negócios e um excelente pregão!

Recomendações fundamentalista

DJ Commodities em -0,06% as 08:00

Petróleo: ataques contra dois petroleiros sauditas perto da entrada do Golfo Pérsico, gerando tensão maior entre Arábia Saudita e Irã (sauditas acusam o país por ataque de sabotagem), agravada desde a semana passada com força tarefa dos EUA enviada à A. Saudita para impor uma repressão às exportações de petróleo iranianas

Brent em +1,49% e WTI em +1,28% as 08:00desta manhã.

Na Europa (7:59) temos BP com +1,05% e Shell com +1,23% em Londres, enquanto o fechamento de Petrochina foi de -0,55%.

Viés de alta, na expectativa de movimentação externa melhor para o setor ajude as ações que andam travadas internamente (PETR4).

Minério:

Dólar estava 0,0% as 7:45, cotado a R$ 3,96, após fechar em R$ 3,9564 (+0,24%) na semana passada.

Na Europa (bolsa de Londres), Anglo American com +0,02%, Rio Tinto em +0,37% e BHP em 0,0%, as 8:00.

Viés de alta moderada, em dia de alguma recuperação no setor, acompanhado de ganhos de +1,0% dos preços de minério de ferro negociados na Ásia (VALE3/BRAP4).

Siderurgia:

Em Londres, ArcelorMittal em -3,04% (08:03). Na Ásia, Nippon Steel, do Japão, fechou variando -1,42%, enquanto na China Hesteel e Baoshan fecharam em -1,65% e -1,6%, respectivamente.

Viés baixa, acreditando que a movimentação ruim da semana passada continue, junto com queda dos preços do vergalhão de ferro negociado na Ásia, além de dia muito ruim em âmbito internacional (GGBR4/CSNA3/USIM5).

Paper e Pulp:

Dólar estava 0,0% as 7:45, cotado a R$ 3,96, após fechar em R$ 3,9564 (+0,24%) na semana passada.

Pulp & Paper Index Price variou -1,85%, fechando a 528,21.

Dos principais pares, o japonês Oji Paper variou -4,67%, enquanto os pares europeus Stora Enso estava em -2,24% e UPM em +0,14%, as 7:45.

Para hoje, acreditamos no viés de baixa, com perspectivas ruins nas comparações externa, juntamente com incertezas internas do setor (SUZB3/KLBN11/DTEX3).

Bancos:

Viés de baixa moderada, pelo viés negativo vindo do mundo, enquanto internamente se aguarda novas movimentações políticas relevantes (BBAS3/ITUB4/BBDC4).

 

O calendário segue a divulgação da Bmf Bovespa, podendo as empresas divulgar seus dados com antecedência

Interaja conosco: opiniões, comentários, sugestões, sempre são bem vindos!

Email: global@upsideinvestor.com

Copyright by Upside Investor 2016.

Todos os direitos reservados.

Disclaimer

Este relatório foi preparado pela Upside Investor e está sendo fornecido exclusivamente com o objetivo de informar. As informações, opiniões, estimativas e/ou projeções referem-se à data presente e estão sujeitas à mudanças como resultado de alterações nas condições de mercado, sem aviso prévio. As informações utilizadas neste relatório foram obtidas das companhias analisadas e de fontes públicas, que acreditamos confiáveis e de boa fé.

Nenhuma parte deste relatório pode ser copiada ou redistribuída sem prévio consentimento da Upside Investor.

(*) Conforme o artigo 16, parágrafo único, da ICVM 483, declaro ser inteiramente responsável pelas informações e afirmações contidas neste relatório de análise. Declaração do(s) analista(s) de valores mobiliários (de investimento), nos termos do art. 17 da ICVM 483. O(s) analista(s) de valores mobiliários (de investimento) envolvido(s) na elaboração deste relatório Shin Lai declara(m) que as recomendações contidas neste refletem  exclusivamente sua(s) opinião(ões) pessoal(is) sobre as companhias citadas e seus valores mobiliários e foram elaboradas de forma independente e autônoma

Upside Investor

Email:

upside@upsideinvestor.com

Website:

www.upsideinvestor.com

Rua Dona Antônia de Queirós, 549/2

Tel: (11)-4117-2998

Você recebeu este email porque você assinou nossa newsletter, visitou nosso site ou adquiriu nossos relatórios.

Descadastrar