As últimas atualizações da manhã pela Upside Investor.

Day Triggers

Ações e Informações para você investir

A Cara da Manhã

Economia Internacional

 

Escrito por:

Gabriel Cavaretto, Ricardo Walendorff e Shin Lai

Importante lembrar aos investidores que os mercados são voláteis e que nem sempre se movimentam conforme os fundamentos econômicos

 

Ásia

Bolsas asiáticas fecharam o dia em dominância negativa, em dia de poucas novidades econômicas relevantes, sendo que os maiores impactos permanecem no terreno das expectativas, com a reunião entre representantes comerciais dos EUA e da China que começa hoje, e as expectativas para as declarações e decisão do Fed sobre a taxa de juros. Bolsa de Xangai caiu -0,72%, de Tóquio caiu -0,52%, enquanto a de Hong Kong conseguiu fechar com alta de +0,40%.

 

Europa

Na terça-feira, o Parlamento britânico informou, através de uma votação, que tem interesse que primeira-ministra May, negocie a situação das fronteiras irlandesas no acordo com a UE. Apesar das expectativas dos parlamentares britânicos, a UE não se mostra disposta a abrir mais “concessões” neste ponto do acordo.

--

Hoje as bolsas europeias abriram o dia misto, influenciada mais por fatores internos que externos, enquanto aguardam a reunião do Fed e do FOMC dos EUA. Londres e Paris apresentaram ganhos, +0,55% e +0,31%, respectivamente, influenciados pela “esperança” para o Brexit e para as prévias de crescimento francês, que se confirmaram acima do esperado, vindo em +0,3% no último trimestre de 2018, fechando o ano com alta de +1,5%. Já Frankfurt abriu com -0,07%, com dados mistos sendo divulgados para sua economia.

 

Economia nos EUA

Além da prévia do PIB, da variação de empregos ADP e outros dados internos, hoje teremos a decisão do Fed e do FOMC para a política monetário dos EUA, incluindo a decisão da taxa de juros base da economia, por volta das 16 horas. A expectativa é que se mantenha a taxa em 2,5%, principalmente pela fala de dados otimistas.

--

Futuros operavam em alta as 7:45h de hoje, com Nasdaq +0,79%, Dow Jones +0,3% e S&P +0,25%.

 

Treasuries e VIX nos EUA – 7:45

Treasuries operavam em alta, com +0,14% para 2 anos, e +0,31% para 10 anos (2,721). Enquanto isso, o Vix futuro estava em +0,26% e CBOE vix em -1,2%.

Pela movimentação positiva dos futuros e dos yield, enquanto os indicadores volatilidade (vix) variavam de maneira dúbia, cenário de abertura da bolsa norte-americana é novamente confuso, apesar da dominância positiva, principalmente pela expectativa para um Fed mais dovish

 

Economia Nacional

Foi divulgado o resultado primário do governo central em 2018. Apesar de vir abaixo do esperado, o déficit ficou em 120,3 bilhões de reais (meta de 159 bilhões), fechando o quinto ano seguido no negativo, apesar de cumprir com folga de 60 bilhões o teto de gastos. Em termos de PIB, houve melhora, com 2018 apresentando 1,7% do PIB, enquanto 2017 fechou com 1,8%. O déficit veio abaixo pelas receitas líquidas de royalties do petróleo, renegociação e pagamento de dívidas com a união, enquanto houve uma redução de 32,8 bilhões.

Também fecharam o custo com a previdência para o governo. Somando servidores privados, públicos da União e militares, foi identificado alta de 8%, ou seja, 290,297 bilhões de reais. Só o INSS (dos trabalhadores privados) houve um aumento de 7%.

Política Nacional

Segundo Rogério Marinho, secretário especial da Previdência e Trabalho, o texto da reforma da previdência de Bolsonaro deverá ser apresentado ao Congresso nacional até a terceira semana de fevereiro. Também informou que logo após as decisões dos presidentes da Câmara e do Senado, Guedes e Lorenzoni deverão conversar com eles para alinhar as votações.

Haviam requisitado a anulação da candidatura para a presidência do Senado, caso os candidatos fossem réus em ações penais no STF. Entretanto, o ministro Luiz Fux negou tal pedido, pois considera que esta decisão cabe aos próprios senadores decidirem em votação.

Recomendações Diárias Fundamentalistas

O mercado acionário brasileiro deve

seguir próprio caminho, a empresa Vale deve continuar instável, reagindo ao noticiário

Os futuros do Ibovespa apontam para  recuperação hoje de +0,80%

Em NY os futuros estimam leve alta de +0,30%

Commodities como o petróleo voltaram ao positivo, com os barris negociados em +0,81%

Recomendações fundamentalista

DJ Commodities em +0,23% as 7:45

Petróleo: a petroleira nacional informou ontem que o Carf (Conselho Administrativo de Recursos Fiscais), decidiu a seu favor, em processos administrativos fiscais que totalizavam a cifra de 11,9 bilhões de reais.

O CEO da Petrobras informou que novo programa de venda das refinarias, onde a empresa detém um monopólio. A intenção é não restringir o processo, nem em termos de compradores nem em termos geográficos ou de participação a ser negociada. Outro ponto enfatizado pelo CEO foi que a petroleira focará em manter ativos que apresentam retorno ou há expectativa para tal, desinvestindo todo o restante.

Futuros do petróleo subiram durante sessão asiática.

Brent em +0,31% e WTI em +0,21% as 7:45 desta manhã.

Na Europa (7:46) temos BP em +1,08%, Shell em +0,91% e fechamento de Petrochina com -0,28%.

Viés de alta, com expectativas mais positivas para o setor externamente, e notícias internas que também devem animar os investidores (PETR4).

Minério: mesmo com a parte jurídica da Vale insistindo que não havia justificativa o bloqueio de bens, a justiça indeferiu o pedido, mantendo o bloqueio de 5 bilhões de reais. A Vale contesta que tal bloqueio ocasione em problemas para os ajustes necessários que a empresa tomará.

A Vale também anunciou que vai eliminar dez barragens que são similares àquelas de Brumadinho que romperam na sexta-feira passada. Este plano de segurança, deverá custa 5 bilhões de reais a vale e se estima uma redução de produção de 40 milhões de toneladas de minério de ferro, mediante a paralização temporária de mineração nas áreas próximas a essas 10 barragens.

Dólar estava -0,01% as 7:45, cotado a R$ 3,7200, após fechar o dia anterior em R$ 3,7204 (-1,1%).

Na Europa (bolsa de Londres), Anglo American com +1,6%, Rio Tinto em +1,54% e BHP em +1,44%, as 7:47.

Viés de baixa moderada, pois não identificamos fatores que estimulam a alta, enquanto as concorrentes mundiais e o minério de ferro só sabem subir (VALE3/BRAP4).

Siderurgia:

Em Londres, ArcelorMittal em +1,15% (7:48). Na Ásia, tivemos o fechamento de Nippon Steel com +0,68%, Hesteel +0,98% e Baoshan -0,63%.

Viés alta moderada, pela melhora das expectativas em geral, principalmente na parte externa deste setor (GGBR4/CSNA3/USIM5).

Paper e Pulp:

Dólar estava -0,04% as 7:45, cotado a R$ 3,7619, após fechar o dia anterior em R$ 3,7614 (-0,21%).

Pulp & Paper Index Price fechou o dia com leve baixa de -0,19%, atingindo 543,34.

Dos principais pares, o japonês Oji Paper fechou em +0,48, enquanto os pares europeus Stora Enso estava em -0,59% e UPM em -0,09%, as 7:49.

Para hoje, acreditamos no viés de baixa moderada, pois foi identificado perda das força positivas, com dólar caindo forte ontem e começo negativo de hoje, além de indicadores externos também não contribuírem (SUZB3/KLBN11).

Bancos: O Banco do Brasil informou que pretende firmar parcerias com empresas privadas nos negócios de gestão de fundos, banco de investimento e recuperação de créditos. Segundo o vice-presidente, o foco é melhorar a rentabilidade e a eficiência do banco.

O Banco Santander (SANB11) (mundo) divulgou resultados do quarto trimestre, com valores acima dos resultados, fechando com lucro líquido de 2,07 bilhões de euros, dando destaque para o crescimento na Am. Latina. Viés de alta

Viés de alta moderada, pois identificamos uma boa resiliência por parte do setor, falta de fatores negativos internos e maior otimismo externo para o dia de hoje. (BBAS3/ITUB4/BBDC4)

 

O calendário segue a divulgação da Bmf Bovespa, podendo as empresas divulgar seus dados com antecedência

Interaja conosco: opiniões, comentários, sugestões, sempre são bem vindos!

Email: global@upsideinvestor.com

Copyright by Upside Investor 2016.

Todos os direitos reservados.

Disclaimer

Este relatório foi preparado pela Upside Investor e está sendo fornecido exclusivamente com o objetivo de informar. As informações, opiniões, estimativas e/ou projeções referem-se à data presente e estão sujeitas à mudanças como resultado de alterações nas condições de mercado, sem aviso prévio. As informações utilizadas neste relatório foram obtidas das companhias analisadas e de fontes públicas, que acreditamos confiáveis e de boa fé.

Nenhuma parte deste relatório pode ser copiada ou redistribuída sem prévio consentimento da Upside Investor.

(*) Conforme o artigo 16, parágrafo único, da ICVM 483, declaro ser inteiramente responsável pelas informações e afirmações contidas neste relatório de análise. Declaração do(s) analista(s) de valores mobiliários (de investimento), nos termos do art. 17 da ICVM 483. O(s) analista(s) de valores mobiliários (de investimento) envolvido(s) na elaboração deste relatório Ricardo Walendorff declara(m) que as recomendações contidas neste refletem  exclusivamente sua(s) opinião(ões) pessoal(is) sobre as companhias citadas e seus valores mobiliários e foram elaboradas de forma independente e autônoma

Upside Investor

Email:

upside@upsideinvestor.com

Website:

www.upsideinvestor.com

Rua Dona Antônia de Queirós, 549/2

Tel: (11)-4117-2998

Você recebeu este email porque você assinou nossa newsletter, visitou nosso site ou adquiriu nossos relatórios.

Descadastrar