As últimas atualizações da manhã pela Upside Investor.

Day Triggers

Ações e Informações para você investir

A Cara da Manhã

Economia Internacional

Importante lembrar aos investidores que os mercados são voláteis e que nem sempre se movimentam conforme os fundamentos econômicos

Ásia

Sessão asiática fechou o dia com alta mais robusta geral, algo que não ocorria a algum tempo. Hong Kong fechou a +1,44%, Japão a +0,51%, e China a +1,61% chegando a 2.905,56 pontos, que representa a máxima em 1 mês. Os principais setores que puxaram a alta chinesa foram os de telecomunicações, telefonia móvel e ligados a distribuidoras de petróleo.

Este bom humor asiático vem em linha com falta de novidades negativas quanto a guerra comercial, que sempre vinha castigando estes países, além do recebimento de imagens que indicam que a Coréia do Norte começou a desmontar os locais de testes dos seus mísseis balísticos.

Europa

Dia com importantes dados para os principais países da UE. Tivemos a divulgação do PMI na França, com o PMI Industrial a 53,1 (52,6) e o de Serviço a 553 (55,7). Os PMI na Alemanha, com PMI Industrial a 57,3 (expectativas de 55,5) e o PMI de Serviços a 54,4 (54,6). Por fim, a União Europeia também divulgou seus resultados, com PMI Industrial a 55,1 (expectativa de 54,7) e de Serviços a 54,4 (expectativas de 55,0). Todos tiveram melhoras acima das expectativas no Industrial e pioras abaixo das expectativas no de Serviços.

Mercados europeus seguiram a alta asiático, abrindo com predominância positiva, com Alemanha com o maior destaque positivo, 0,40%, chegando a 12.603 pontos.

 

Economia nos EUA

O ministro de relações exteriores do Irã respondeu as “ameaças” que Trump fez ontem via Twitter. Em linhas gerais, informaram que já presenciaram vários impérios caírem e que os EUA que devem tomar cuidado, algo que tende a estremecer a estabilidade mundial.

Hoje as 10:45, teremos a divulgação do PMI Industrial (expectativas de 55,1) e PMI de Serviços (expectativas de 56,5), que ajudarão os investidores a interpretarem como anda o crescimento econômico nos EUA, além de começar a indicar os possíveis efeitos dos choques trazidos pela guerra comercial (apenas indícios iniciais).

Futuros operavam em alta as 7:45h de hoje, com Nasdaq +0,18%, Dow Jones +0,40% e S&P +0,23%.

 

Treasuries e VIX nos EUA – 7:45

Treasuries operavam em baixa de -0,32% para 2 anos, e -0,55% para 10 anos (2,949). Enquanto isso, o Vix futuro estava em -1,36% e CBOE vix em -2,85%.

Pela movimentação positiva dos futuros, negativa dos yields e redução da volatilidade (vix), cenário de abertura mais positiva, porém cautelosa (yields em queda).

Economia Nacional

Nesta segunda-feira a Secretaria de Comércio Exterior (Secex), anunciou que as exportações diárias de soja do Brasil apresentaram forte crescimento nestas 3 semanas de julho, criando a expectativa de um mês mais forte. Este resultado corrobora com os ajustes que empresas de consultoria vem fazendo para as estimativas de venda de soja do Brasil para 2018. Este cenário é bom para empresas agrícolas e de logística, como é o caso de Rumo (RAIL3).

As 8h teremos a divulgação do Índice de Confiança do Consumidor (FGV) de julho, que após crescimento praticamente constante até março deste ano, vem caindo, chegando a patamares de 09/2017.

Política Nacional

Ontem a ministra Cármen Lúcia rejeitou o pedido de liminar feito pela Associação dos Empregados da Eletrobras, que pretendia suspender o leilão das distribuidoras estaduais de energia elétrica. Desta maneira a Cepisa (Piauí) será a primeira a ser leiloada na quinta-feira, 26/07.

 

Recomendações Diárias Fundamentalistas

DJ Commodities em 0,22% as 7:45

Petróleo: nos EUA, teremos a divulgação no final do dia dos Estoques de Petróleo Bruto Semanal API, que após 4 resultados de estoques negativos, o último veio positivo. Como ele indica “quanto tempo os produtos de petróleo irão durar”, é um indicador razoável para oferta do produto.

sem novidades relevantes para o setor, ações devem seguir tendência internacional e nacional.

Futuros do petróleo em queda durante o pregão asiático.

Brent em +0,21% e WTI em +0,61% as 7:45 desta manhã.

Na Europa (7:36) temos BP em +0,32% Shell +0,32% e Petrochina fechando em 1,34%.

Viés de alta. (PETR4)

Minério: Moody’s elevou o rating das notas superiores (Debêntures de Infraestrutura) de Vale para Baa3, com os demais permanecendo inalterados de maneira geral. Resumidamente a elevação é atribuída à melhora das métricas de crédito, reduzindo a dívida. A geração de fluxos de caixa mais forte e acordo sobre Samarco também foram pontos considerados.

sem novidades para o setor de maneira geral, ações devem seguir tendência internacional e nacional, juntamente com movimentação do dólar e do minério.

Minério de ferro fechou em +0,32%, 475,00, na China.

Na Europa, Anglo American em 4,15% de alta e Rio Tinto em +3,73%, e BHP em +4,0% as 7:39.

Viés de alta, com cenário muito no exterior. (VALE3/BRAP4).

Siderurgia: não foram identificadas notícias relevantes para o setor, como hoje, com isso as ações devem seguir tendência internacional.

Em Londres, ArcelorMittal com alta de +2,68% as 7:41. Pares na Ásia, Nippon Steel +2,23% e Hesteel +2,11%.

Viés alta, com pares internacionais fortes. (GGBR4/CSNA3/USIM5)

Paper e Pulp: como o setor não apresenta nenhuma notícia relevante e teremos a divulgação dos resultados trimestrais de Suzano e Fibria na próxima quarta-feira, ações devem andar de lado até lá.

Dólar em pequena queda na abertura (7:45), -0,09%.

Pulp & Paper Index Price fechou em alta de 0,36%, 566,87.

Par asiático Oji Paper em -0,30% e par europeu Stora Enso em +3,13% (7:42).

Viés de alta. (SUZB3/FIBR3/KLBN11)

Bancos: ontem a área de investimentos do BB, BB-BI, divulgou que está otimista com o setor bancário e que espera bons resultados, com destaque para Itaú e Bradesco. Parte da justificativa é atribuída a melhora no mix de empréstimos, redução de despesas com provisões e recuperação de receita de taxas.

Sem outras novidades relevantes para o setor, ações devem seguir tendência da bolsa nacional.

Viés pequena baixa, pela tendência (fraca) de alta do Ibovespa e de alta no bond de 10 anos no Brasil. (BBAS3/ITUB4/BBDC4)

Extra 1: Via Varejo (VVAR11) anunciou ontem que seu conselho de administração aprovou a proposta de listas as ações no Novo Mercado, que de maneira geral dão mais confiança para os investidores por “obrigar” as empresas a utilizarem regras mais rigorosas de governança corporativa.

A empresa também anunciou os resultados trimestrais (2018/2), com receita em 6.46 bilhões (expectativas em 6,51B) e com Lucro Líquido em 20 milhões.

Carteira Guide Investimentos: Lojas Renner (LREN3), Pão de Açúcar (PCAR4), Rumo (RAIL3), Santander (SANB11) e Suzano (SUZB3). Observa-se que retiraram PETR4 para inserir RAIL3.

DJ Commodities em 0,22% as 7:45

Petróleo: nos EUA, teremos a divulgação no final do dia dos Estoques de Petróleo Bruto Semanal API, que após 4 resultados de estoques negativos, o último veio positivo. Como ele indica “quanto tempo os produtos de petróleo irão durar”, é um indicador razoável para oferta do produto.

Futuros do petróleo em queda durante o pregão asiático.

Brent em +0,21% e WTI em +0,61% as 7:45 desta manhã.

Na Europa (7:36) temos BP em +0,32% Shell +0,32% e Petrochina fechando em 1,34%.

Viés de alta. (PETR4)

Minério: Moody’s elevou o rating das notas superiores (Debêntures de Infraestrutura) de Vale para Baa3, com os demais permanecendo inalterados de maneira geral. Resumidamente a elevação é atribuída à melhora das métricas de crédito, reduzindo a dívida. A geração de fluxos de caixa mais forte e acordo sobre Samarco também foram pontos considerados.

Minério de ferro fechou em +0,32%, 475,00, na China.

Na Europa, Anglo American em 4,15% de alta e Rio Tinto em +3,73%, e BHP em +4,0% as 7:39.

Viés de alta, com cenário muito no exterior. (VALE3/BRAP4).

Siderurgia: não foram identificadas notícias relevantes para o setor, como hoje, com isso as ações devem seguir tendência internacional.

Em Londres, ArcelorMittal com alta de +2,68% as 7:41. Pares na Ásia, Nippon Steel +2,23% e Hesteel +2,11%.

Viés alta, com pares internacionais fortes. (GGBR4/CSNA3/USIM5)

Paper e Pulp: como o setor não apresenta nenhuma notícia relevante e teremos a divulgação dos resultados trimestrais de Suzano e Fibria na próxima quarta-feira, ações devem andar de lado até lá.

Dólar em pequena queda na abertura (7:45), -0,09%.

Pulp & Paper Index Price fechou em alta de 0,36%, 566,87.

Par asiático Oji Paper em -0,30% e par europeu Stora Enso em +3,13% (7:42).

Viés de alta. (SUZB3/FIBR3/KLBN11)

Bancos: ontem a área de investimentos de um importante banco nacional, divulgou que está otimista com o setor bancário e que espera bons resultados, com destaque para Itaú e Bradesco. Parte da justificativa é atribuída a melhora no mix de empréstimos, redução de despesas com provisões e recuperação de receita de taxas.

Sem outras novidades relevantes para o setor, ações devem seguir tendência da bolsa nacional.

Viés pequena baixa, pela tendência (fraca) de alta do Ibovespa e de alta no bond de 10 anos no Brasil. (BBAS3/ITUB4/BBDC4)

Extra 1: Via Varejo (VVAR11) anunciou ontem que seu conselho de administração aprovou a proposta de listar as ações no Novo Mercado, que de maneira geral dão mais confiança para os investidores por “obrigar” as empresas a utilizarem regras mais rigorosas de governança corporativa.

A empresa também anunciou os resultados trimestrais (2018/2), com receita em 6.46 bilhões (expectativas em 6,51B) e com Lucro Líquido em 20 milhões. Viés de alta

O calendário segue a divulgação da Bmf Bovespa, podendo as empresas divulgar seus dados com antecedência

Interaja conosco: opiniões, comentários, sugestões, sempre são bem vindos!

Email: global@upsideinvestor.com

0

Copyright by Upside Investor 2016.

Todos os direitos reservados.

Disclaimer

Este relatório foi preparado pela Upside Investor e está sendo fornecido exclusivamente com o objetivo de informar. As informações, opiniões, estimativas e/ou projeções referem-se à data presente e estão sujeitas à mudanças como resultado de alterações nas condições de mercado, sem aviso prévio. As informações utilizadas neste relatório foram obtidas das companhias analisadas e de fontes públicas, que acreditamos confiáveis e de boa fé.

Nenhuma parte deste relatório pode ser copiada ou redistribuída sem prévio consentimento da Upside Investor.

(*) Conforme o artigo 16, parágrafo único, da ICVM 483, declaro ser inteiramente responsável pelas informações e afirmações contidas neste relatório de análise. Declaração do(s) analista(s) de valores mobiliários (de investimento), nos termos do art. 17 da ICVM 483. O(s) analista(s) de valores mobiliários (de investimento) envolvido(s) na elaboração deste relatório Ricardo Walendorff declara(m) que as recomendações contidas neste refletem  exclusivamente sua(s) opinião(ões) pessoal(is) sobre as companhias citadas e seus valores mobiliários e foram elaboradas de forma independente e autônoma

Upside Investor

Email:

upside@upsideinvestor.com

Website:

www.upsideinvestor.com

Rua Dona Antônia de Queirós, 549/2

Tel: (11)-4117-2998

Você recebeu este email porque você assinou nossa newsletter, visitou nosso site ou adquiriu nossos relatórios.

Descadastrar