As últimas atualizações da manhã pela Upside Investor.

Day Triggers

Ações e Informações para você investir

A Cara da Manhã

Economia Internacional

 

Escrito por:

Gabriel Cavaretto, Ricardo Walendorff e Shin Lai

Importante lembrar aos investidores que os mercados são voláteis e que nem sempre se movimentam conforme os fundamentos econômicos

Ásia

Dia traz resultado importantes no Japão, com a divulgação do saldo das Transações Correntes para setembro, atingindo 1,822 trilhões (expectativa de 1,773 trilhões), enquanto a com o ajuste sazonal foi de 1,33 trilhões (expectativa de 1,36 trilhões). Também foi divulgada a variação de Empréstimos Bancários de outubro (anual), atingindo +2,2% (expectativa de +2,4%), a variação do Núcleo de Encomendas de Maquinário (set), com variação mensal de -18,3% (expectativa de -10%) e anual de -7% (expectativa de +7,7%).

Por fim, ainda no Japão, foram divulgados os Investimentos Estrangeiros em Ações Japonesas, que após a forte queda passada apresentou boa recuperação, fechando com 107,6 bilhões.

Na China, foi divulgado a Balança Comercial de outubro, fechando com saldo de 34,02 bilhões, abaixo das expectativas de 35 bilhões, mas melhor que o mês de setembro. O ponto positivo foi que tanto as importações quanto as exportações subiram mais que o esperado, com o primeiro variando em 21,4%, e o segundo em 15,6%.

Mercados asiáticos fecharam majoritariamente positivos, com a ajuda do bom fechamento de NY, divulgações trimestrais internas positivas e dados japoneses e chineses supracitados mistos. Tóquio fechou com +1,83%, Xangai com -0,22% e Hong Kong com +0,31%.

Europa

Na Alemanha, tivemos a divulgação da Balança Comercial de setembro, fechando com saldo de 17,6 bilhões (expectativa de 18 bilhões). Este saldo é resultante de uma variação de -0,8% de exportações e de -0,4% das importações.

Na França, também tivemos o saldo da Balança Comercial de setembro, fechando com saldo de -5,7 bilhões (expectativa de -6,1 bilhões). Este saldo é resultante de uma variação de -1,94% de exportações e de -1,71% das importações.

No início da manhã brasileira, ainda foram divulgados o Relatório Mensal da BCE, trazendo os dados estatísticos que são utilizados para embasar as decisões da autoridade monetária da zona do euro, e as Projeções Econômicas UE.

Mercados europeus abriram em alta generalizada, com Londres em +0,26%, Paris em +0,25% e Frankfurt em +0,42%. A movimentação do dia tende a refletir dados internos, a redução das incertezas mundiais, apesar de manter os “radares atentos”, e os resultados fracos das Balanças Comerciais. Durante a produção deste relatório, as principais bolsas ainda se mantinham em alta, em patamares muito similares ao da abertura.

Economia nos EUA

Ontem o Departamento de Comércio dos EUA anunciou que vai impor novas tarifas anti-dumping e anti-subsídios sobre produtos chineses feitos com chapas de alumínio de 96,3 por cento a 176,2 por cento. Segundo o presidente Trump, os EUA farão de tudo para restringir o fluxo de produtos com dumping importados pela país.

As 09:30, teremos os números de Pedidos Iniciais e Contínuos por Seguro-Desemprego, com piora da expectativa para o primeiro e estabilização para o segundo, esperando 214 mil para o primeiro e 1.635 mil para o segundo.

No meio da tarde, as 16 horas, o maior destaque do dia, teremos as Declarações do FOMC e a definição da Taxa Básica de Juros dos EUA, que traz boa expectativa de se manter em 2,25% pela segunda vez consecutiva.

Resultados de Disney, Dropbox, Trade Desk, Activision Blizzard, DR Horton, e AMC Entertainment como os principais a serem divulgados nesta quinta-feira.

Futuros operavam em baixa as 7:45h de hoje, com Nasdaq -0,54%, Dow Jones -0,29% e S&P -0,43%.

Treasuries e VIX nos EUA – 7:45

Treasuries operavam em alta, com +0,16% para 2 anos, e +0,24% para 10 anos (3,221). Enquanto isso, o Vix futuro estava em +1,55% e CBOE vix em +1,28%.

Pela movimentação negativa dos futuros, levemente positiva dos yield, enquanto os indicadores volatilidade (vix) operavam também em alta, cenário de abertura da bolsa norte-americana confuso, com tendência de ser um dia volátil, e com leve predominância negativa.

 

Economia Nacional

Vendas de máquinas agrícolas cresceram 2,6% em outubro na comparação mensal, e 35,3% na comparação anual, segundo Anfavea. Os resultados refletem um ano “sem sobressaltos do ponto de vista climático e de ofertas”. A produção de máquinas também cresceu, variando 28,9% na comparação mensal e 72,1% na comparação anual.

Dentre os resultados trimestrais agendados para hoje, destacamos: Azul, B3, Banco do Brasil, BRF sa, Copel, Cosan, Cyrela, Eztec, Gafisa, Marfrig, Movida, Natura, Banco Pine, Positivo, Randon Participações, Ruma sa, Sabesp, Tecnisa e Tenda.

 

Política Nacional

 

Política nacional

Senado aprovou na noite de ontem o reajuste de 16,38% para ministros do STF, com expressivos 41 votos a 16. Tal aprovação desencadeará um efeito cascata em todo o judiciário nacional, pois os vencimentos dos ministros são referência de teto para os demais servidores públicos. Só para 2019, estima-se um aumento dos gastos públicos em 4 bilhões de reais.

--

Outra aprovação do Senado desta quarta-feira foi o projeto que estabelece condições para supostamente solucionar os problemas de déficit hidrológico no setor de energia elétrica, que começou em 2015. Uma das soluções seria aumentar os prazos de concessão. Ainda precisa de aprovação da Câmara, por ser um projeto do Senado.

--

O atual presidente do Banco Central nacional fez apelos a lideranças dos partidos da Câmara dos Deputados para pedir a aprovação do projeto que trata da independência do BC ainda neste ano, juntamente com medidas de prevenção à lavagem de dinheiro. Caso ainda consigam encaixar essa pauta para a votação, poderia ser um interessante movimento positivo para o país.

Recomendações Diárias Fundamentalistas

Recomendações fundamentalista

O Ibovespa futuro sinaliza que teremos um pregão de ligeira alta de +0,5%, podendo reverter ao longo do dia.

O índice deve seguir a tendência dos EUA, indicada pelo S&P500 Futuros de -0,47%

DJ Commodities em +0,02% as 7:45

Petróleo:

Ontem o Senado aprovou a urgência da votação do projeto de lei que deverá abrir o caminho para a realização dos leilões das áreas para a produção de petróleo na cessão onerosa. O projeto também viabilizará um acordo entre Petrobras e União para o certame.

Futuros do petróleo subiram durante sessão asiática.

Brent em +0,78% e WTI em +0,62% as 7:45 desta manhã.

Na Europa (7:40) temos BP em -1,07%, Shell em +0,54% e fechamento de Petrochina com +0,49%.

Viés de alta, com movimentação exterior mais positiva (preço e ações), mesmo com os resultados indicando alta dos estoques. Também existe a possibilidade das ações se recuperarem da queda de ontem (PETR4).

Minério:

Minério de ferro fechou a 509,00 na China, com variação de -0,97%.

Após queda de -0,79% no pregão de ontem, o valor do dólar fechou a R$7,73.

Na Europa (bolsa de Londres), Anglo American com +1,05%, Rio Tinto em +1,02% e BHP em +0,76%, as 7:41.

Viés de alta, com setor externo bem positivo e pouca mudança interna (VALE3/BRAP4).

Siderurgia:

A Companhia Siderúrgica Nacional (CSNA3) divulgou bons resultados na quarta-feira, com aumento de Receita Líquida de 28%, Ebitda ajustado 34% melhor, o Índice de Endividamento caiu -10,04%, fechando com Lucro Líquido de 752 milhões de reais, uma alta do lucro de quase três vezes (todos os resultados em comparação anual).

Gerdau também divulgou os resultados, apresentando alta de 35,45% da Receita Líquida, aumento da Dívida Líquida em 8,16%, PL expandiu-se 7,47%, fechando com alta de 445,75% do Lucro Líquido (todos os resultados na comparação anual).

Com este resultado positivo de CSN e Gerdau, o setor nacional mostrou bom desempenho generalizado, com crescimento do Ebitda de 55% de Usiminas e de melhor Ebitda em 10 anos de Gerdau.

Em Londres, ArcelorMittal em +0,34% (7:42). Na Ásia, tivemos o fechamento de Nippon Steel com +2,52%, Hesteel -1,6% e Baoshan +0,13%.

Viés alta, pela movimentação externa positiva e divulgações de resultados animadoras para o setor, com destaque para as duas empresas que divulgaram o resultado ontem (GGBR4/CSNA3/USIM5).

Paper e Pulp:

Após queda de -0,79% no pregão de ontem, o valor do dólar fechou a R$7,73.

Pulp & Paper Index Price fechou o dia com leve baixa de +1,33%, atingindo 590,23.

Dos principais pares, o japonês Oji Paper fechou em +2,17%, enquanto os pares europeus Stora Enso estava em +0,76% e UPM em +0,29%, as 7:44.

Para hoje, acreditamos no viés de alta moderada, pela movimentação global do setor, a menos que o dólar apresente movimentação bem negativa no dia de hoje (SUZB3/FIBR3/KLBN11).

Bancos:

Banco do Brasil (BBAS3) divulgou o resultado de Lucro Líquido recorrente de 3,402 bilhões de reais, um aumento de 25,6% na comparação anual e acima das estimativas. Viés de alta para o banco.

Viés alta moderada, pela expectativa do setor subir com os resultados trimestrais em geral e movimentação positiva no mundo (exceção dos EUA) (BBAS3/ITUB4/BBDC4).

Extra 1: AMAR3 – Marisa Lojas ganhou venceu uma ação judicial na quarta-feira no STF que trata da inconstitucionalidade da inclusão do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) na base de cálculo de PIS/Cofins. Segundo a própria empresa, nas suas melhores estimativas, o crédito para a empresa será de 780 milhões de reais. Viés de alta.

Movida (MOVI3) divulgou lucro líquido +192% maior, R$ 41 mi, apesar da receita ter recuado 7%, R$ 611 mi.Viés de ligeira alta

Azul (AZUL4) lucro líquido caiu para R$ 116 mi, ante R$ 199 mi. O EBITDAR cresceu +7,6%, R$ 675 mi. Viés de baixa

 

O calendário segue a divulgação da Bmf Bovespa, podendo as empresas divulgar seus dados com antecedência

Interaja conosco: opiniões, comentários, sugestões, sempre são bem vindos!

Email: global@upsideinvestor.com

Copyright by Upside Investor 2016.

Todos os direitos reservados.

Disclaimer

Este relatório foi preparado pela Upside Investor e está sendo fornecido exclusivamente com o objetivo de informar. As informações, opiniões, estimativas e/ou projeções referem-se à data presente e estão sujeitas à mudanças como resultado de alterações nas condições de mercado, sem aviso prévio. As informações utilizadas neste relatório foram obtidas das companhias analisadas e de fontes públicas, que acreditamos confiáveis e de boa fé.

Nenhuma parte deste relatório pode ser copiada ou redistribuída sem prévio consentimento da Upside Investor.

(*) Conforme o artigo 16, parágrafo único, da ICVM 483, declaro ser inteiramente responsável pelas informações e afirmações contidas neste relatório de análise. Declaração do(s) analista(s) de valores mobiliários (de investimento), nos termos do art. 17 da ICVM 483. O(s) analista(s) de valores mobiliários (de investimento) envolvido(s) na elaboração deste relatório Ricardo Walendorff declara(m) que as recomendações contidas neste refletem  exclusivamente sua(s) opinião(ões) pessoal(is) sobre as companhias citadas e seus valores mobiliários e foram elaboradas de forma independente e autônoma

Upside Investor

Email:

upside@upsideinvestor.com

Website:

www.upsideinvestor.com

Rua Dona Antônia de Queirós, 549/2

Tel: (11)-4117-2998

Você recebeu este email porque você assinou nossa newsletter, visitou nosso site ou adquiriu nossos relatórios.

Descadastrar