As últimas atualizações da manhã pela Upside Investor.

Day Triggers

Ações e Informações para você investir

A Cara da Manhã

Economia Internacional

 

Escrito por:

Gabriel Cavaretto, Ricardo Walendorff e Shin Lai

Importante lembrar aos investidores que os mercados são voláteis e que nem sempre se movimentam conforme os fundamentos econômicos

Ásia

Resultados da prévia de Produção Industrial no Japão de setembro, com resultado de -1,1%, enquanto a expectativa de -0,2%. Também foi divulgado a variação de Construções de Casas Novas, com -1,5% na comparação anual (expectativa de -0,5%).

Hoje o Banco Central do Japão decidiu manter inalterada a política de taxa de juros, deixando os juros de curto prazo ainda em -0,10% e estabelecendo como meta para os juros do bônus do governo japonês em torno de 0%.

Na China, foi divulgado o PMI Industrial e PMI não-Manufatura de outro, com o primeiro atingindo 50,2 (expectativa de 50,6), e o segundo 53,9 (expectativa de 54,9). Novamente mostrando a redução do crescimento chinês.

Mesmo com dados negativos para as duas principais economia asiáticas, os pregões fecharam em forte alta, com Tóquio acumulando ganhos de +2,06%, Xangai de +1,6% e Hong Kong de +1,35%. Apesar dos ganhos de hoje, o acumulado mensal ainda foi alto para outubro.

A forte alta de hoje se justifica pelos resultados de NY e do próprio fechamento de ontem, ajudada por fatores internos e aproveitamentos de preços baixos.

Europa

Na Alemanha, variação de Vendas do Varejo de setembro, com +0,1% no mensal (expectativa de +0,5%), enquanto o anual foi de -2,6% (expectativa de +1%).

Na França, divulgado as prévias do IPC mensal e anual (out). O primeiro veio com +0,1 (expectativa de +0,1%), e o segundo com +2,2%. Também foi divulgado o IPC Harmonizado, com variação anual de +2,5% (expectativa de +2,6%), e mensal de +0,1%.

Na zona do euro, foram divulgados também as prévias do IPC de outubro, com variação anual de +2,2% (expectativa de +2,1%), enquanto o núcleo foi de +1,1% (expectativa de 1%). Também obtivemos resultados da Taxa de Desemprego no bloco, mantando-se ainda em 8,1%.

Bolsas europeias seguiram boa alta asiática, com Frankfurt apresentando alta de +1,51%, Paris de +1,42% e Londres de +1,21%, mesmo com resultados ruins na Alemanha, médios na França e relativamente positivos na UE. Durante a produção deste relatório, todas as três principais bolsas estavam em alta, com menos força para Alemanha e pouco mais força para as demais.

Economia nos EUA

Destaque maior de hoje para a Variação de Empregos Privados Não-Agrícolas ADP (out), as 9:30, com expectativa de 190 mil, sendo este considerado como uma espécie de prévia para o Payroll. Ainda hoje, as 10:45, será divulgado o PMI de Chicago (out), com expectativa de leve piora para 60,3.

Ontem foi divulgado os resultados de Facebook superando as expectativas de mercado, apesar de decepcionar no crescimento de usuários por mês. Dentre os resultados trimestrais para esta manhã, antes do mercado abrir, chamamos atenção para: Chesapeake Energy, GM, ADP, GNC, Sprint, Anthem, Yum e Molson Coors.

Futuros operavam em alta as 7:45h de hoje, com Nasdaq +1,18%, Dow Jones +0,61% e S&P +0,72%

Treasuries e VIX nos EUA – 7:45

Treasuries operavam em alta, com +0,84% para 2 anos, e +0,99% para 10 anos (3,14). Enquanto isso, o Vix futuro estava em -2,44% e CBOE vix em -4,45%.

Pela movimentação positiva dos futuros e dos yield, enquanto os indicadores volatilidade (vix) operavam em baixa, cenário de abertura da bolsa norte-americana é positivo acompanhando o resto do mundo.

 

Economia Nacional

Hoje teremos o Fluxo Cambial Estrangeiro, as 12:30, que no último levantamento apresentou alta de 0,15 bilhões, terceira alta seguida. Para o fim do dia, as 17 horas, teremos a decisão dos juros nacionais, com expectativa de se manter 6,5%.

--

Dia repleto de divulgações trimestrais, dos quais destacamos: Aliansce, Arezzo, B2W, Bradesco, Cielo, Energias Br, Engie Brasil, Banco Inter, Lojas Americanas e Sul America

Política Nacional

Segunda a Reuters, o novo presidente eleito, Jair Bolsonaro, e sua equipe, criarão de fato um “superministério”, que se chamará “Economia”, sendo uma junção da Fazenda, do Planejamento e da Indústria e Comércio. Também será criado um ministério único para Agricultura e do Meio Ambiente, ministério que vem acumulando grande número de críticas.

--

Nesse início de trabalhos na Câmara dos deputados e no Senado já começaram as conversas da possibilidade de reformas, com destaque para a da Previdência. Segundo o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, quem tem força política para começar tal movimentação é o futuro presidente, considerando que se tiver mobilização para tal, existe boa possibilidade de ocorrer uma votação. O próprio futuro ministro da Economia, Paulo Guedes, já informou que para ele, a reforma já está “atrasada”, e quanto mais rápida for aprovada, melhor.

Ao mesmo tempo que existe essa movimentação para algum ajuste da previdência desenhada pelo governo Temer, um dos maiores apoiadores de Bolsonaro, Major Olímpio, afirmou que não vê condições para a aprovação da reforma ainda neste ano.

--

Para esta quarta-feira, se espera a votação em regime de urgência no Senado, do projeto de lei que trata do contrato da cessão onerosa do pre-sal. A aprovação da urgência apenas levaria o projeto diretamente para o plenário, o que não garante a votação do texto. A aprovação deste projeto de lei, permitira ao governo ofertar em leilão os volumes excedentes das áreas consideradas onerosas, sem necessidade de esperar a Petrobras esgotar os volumes que tem direito. Tal aprovação ajudaria muito na situação fiscal nacional

Recomendações Diárias Fundamentalistas

Recomendações fundamentalista

O Ibovespa futuro sinaliza que teremos um pregão de alta +1,2%.

O índice deve seguir a alta leve dos EUA, indicada pelo S&P500 Futuros em alta de +0,97%

DJ Commodities em +0,11% as 7:45

Petróleo: Estoque de Petróleo Bruto e Estoques de Petróleo em Cushing (11:30), com ambos trazendo resultados negativos na semana passada. Para esta semana acreditamos que seguirá a mesma movimentação do API, como é o padrão, então deve ocorrer alguma redução (expectativa de leve redução para 4,11 milhões para o Estoque de Petróleo Bruto).

Investidores devem ficar atentos com o noticiário da votação do senado sobre cessão onerosa do pre-sal.

Futuros do petróleo subiram durante sessão asiática.

Brent em +0,74% e WTI em +0,39% as 7:45 desta manhã.

Na Europa (7:30) temos BP em +3,84%, Shell +2,84% e Petrochina +0,61%.

Viés de alta, pela movimentação das ações externa possibilidade da notícia da cessão onerosa impactar positivamente (PETR4).

Minério:

Minério de ferro fechou a 533,00 na China, com variação de -0,93%.

Dólar estava -0,06% as 7:45, cotado a R$ 3,70.

Na Europa (bolsa de Londres), Anglo American com +3,22%, Rio Tinto em +2,01% e BHP em +1,71%, as 7:32.

Viés de alta, com setor externo bem positivo, incluindo a China, que é um grande comprador (VALE3/BRAP4).

Siderurgia:

Em Londres, ArcelorMittal em +2,40% (7:33). Na Ásia, tivemos o fechamento de Nippon Steel com +1,07%, Hesteel -0,31% e Baoshan +1,86%.

Viés alta moderada, justificada pela alta externa na Ásia e  alta do setor externo (GGBR4/CSNA3/USIM5).

Paper e Pulp:

Dólar estava -0,06% as 7:45, cotado a R$ 3,70.

Pulp & Paper Index Price fechou o dia com leve baixa de +0,02%, atingindo 616,99.

Dos principais pares, o japonês Oji Paper fechou em +0,0%, enquanto os pare europeus Stora Enso estava em +4,01% e UPM em +3,2%, as 7:35.

Como fatores internos estão dominando o setor, queda do dólar e movimentação positiva esperada para o dia de hoje devem impactar negativamente no setor. Viés de baixa moderada (SUZB3/FIBR3/KLBN11).

Bancos: apesar de não ser tão relevante quanto os demais bancos, informamos que o banco Santander superou as expectativas com os resultados trimestrais, com forte crescimento do crédito, enquanto o lucro aumentou 20,2% na comparação anual e quase 3% na comparação com a estimativa de mercado.

Viés alta, pelo setor ser um grande beta da movimentação dos EUA, e indicações de bons resultados em concorrente podem animar demais bancos (BBAS3/ITUB4/BBDC4).

Extra 1: ECOR3 – Ecorodovias apresentou resultados ruins para o terceiro trimestre. A Receita Líquida ficou estável, enquanto o Ebitda caiu -3,1%, Dívida Líquida com aumento de +9,3% e Lucro Líquido caiu -24,1%, todos no comparativo anual. Viés de baixa.

Extra 2: CIEL3 – Cielo apresentou resultados fracos neste terceiro trimestre. A Receita Líquida cresceu 1,1% (ano/ano), mas o Ebtida caiu -11,2%, o número de pontos de vendas ficou estável enquanto houve queda de -200mil clientes. Com isso, o Lucro Líquido caiu -22%. Boa parte da justificativa se dá pela maior concorrência do setor. Viés de baixa.

Smiles (SMLS3) Faturamento bruto totalizou R$ 588,4 milhões, expansão de 17,6% em relação ao 3T17. Lucro Líquido de R$ 212,1 milhões no 3T18, queda de 37,5% comparado ao 3T17 e 85,8% maior versus o 2T18. Desconsiderando os efeitos extraordinários dos resultados do 3T17 e 3T18, o lucro líquido atingiu R$ 153,5 milhões no 3T18, aumento de 4,8% em relação ao 3T17. Consideramos que os resultados foram abaixo das expectativas. Viés de baixa para ações.

 

O calendário segue a divulgação da Bmf Bovespa, podendo as empresas divulgar seus dados com antecedência

Interaja conosco: opiniões, comentários, sugestões, sempre são bem vindos!

Email: global@upsideinvestor.com

Copyright by Upside Investor 2016.

Todos os direitos reservados.

Disclaimer

Este relatório foi preparado pela Upside Investor e está sendo fornecido exclusivamente com o objetivo de informar. As informações, opiniões, estimativas e/ou projeções referem-se à data presente e estão sujeitas à mudanças como resultado de alterações nas condições de mercado, sem aviso prévio. As informações utilizadas neste relatório foram obtidas das companhias analisadas e de fontes públicas, que acreditamos confiáveis e de boa fé.

Nenhuma parte deste relatório pode ser copiada ou redistribuída sem prévio consentimento da Upside Investor.

(*) Conforme o artigo 16, parágrafo único, da ICVM 483, declaro ser inteiramente responsável pelas informações e afirmações contidas neste relatório de análise. Declaração do(s) analista(s) de valores mobiliários (de investimento), nos termos do art. 17 da ICVM 483. O(s) analista(s) de valores mobiliários (de investimento) envolvido(s) na elaboração deste relatório Ricardo Walendorff declara(m) que as recomendações contidas neste refletem  exclusivamente sua(s) opinião(ões) pessoal(is) sobre as companhias citadas e seus valores mobiliários e foram elaboradas de forma independente e autônoma

Upside Investor

Email:

upside@upsideinvestor.com

Website:

www.upsideinvestor.com

Rua Dona Antônia de Queirós, 549/2

Tel: (11)-4117-2998

Você recebeu este email porque você assinou nossa newsletter, visitou nosso site ou adquiriu nossos relatórios.

Descadastrar