As últimas atualizações da manhã pela Upside Investor.

Day Triggers

Ações e Informações para você investir

A Cara da Manhã

Economia Internacional

 

Escrito por:

Gabriel Cavarettoe Shin Lai

Importante lembrar aos investidores que os mercados são voláteis e que nem sempre se movimentam conforme os fundamentos econômicos

Ásia

Outro dia de movimentação positiva por parte do acionário asiático, com ganhos de +1,46% da bolsa de Xangai, de +1,10% da bolsa de Hong Kong e +1,79% da de Tóquio. Além de ser influenciada pela recuperação das bolsas dos EUA de ontem, sobretudo para ações de tecnologia que também afetam mais diretamente o acionário asiático, notícias positivas de que a primeira-ministra do R. Unido teria conseguido concessões por parte da EU para possibilitar um Brexit aprovado pelo parlamento britânico.

 

Europa

Na segunda-feira, a primeira-ministra, Theresa May, teria conseguido mais garantias/concessões “legais” para ajudar o Reino Unido no Brexit após reunião em Estrasburgo. Defensores do Brexit acusam May de estar se rendendo a UE, enquanto a questão da fronteira da Irlanda do Norte e a Irlanda ainda segue problemática, vinculando o sucesso das negociações ao abandono do mecanismo “backstop” (uma política de garantia que visa evitar a imposição de controles na sensível fronteira entre a província britânica da Irlanda do Norte e a Irlanda).

Hoje os investidores continuarão focados no desenrolar do Brexit, pois teremos a votação no final do dia, sobre o aceite ou não desse novo acordo. Caso seja rejeitado, na quarta-feira terá uma nova votação para saber se o parlamento prefere uma saída da UE sem ou com acordo.

--

Bolsas europeias seguiram otimistas com a movimentação do R. Unido, além de pegar carona nos ganhos vindos das bolsas dos EUA e da Ásia, com isso a bolsa de Frankfurt abriu em alta de +0,60%, a de Paris em +0,54%, enquanto a de Londres demonstrava a preocupação para o dia de hoje, +0,07%.

Nesta manhã, tivemos a divulgação de diversos dados da economia da terra da rainha, que em geral vieram acima do esperado na parte de produção industrial e da construção, enquanto decepcionou na balança comercial.

 

Economia nos EUA

Além dos impactos nas ações da Boeing que deverão continuar no dia de hoje, destaque para a economia norte-americana fica por conta da divulgação ligados à inflação de fevereiro (IPC).

--

Futuros operavam com dominância positiva as 07:45 de hoje, com Nasdaq +0,10%, Dow Jones -0,16% e S&P +0,02%.

 

Treasuries e VIX nos EUA – 07:45

Treasuries operavam em alta, com +0,59% para 2 anos, e +0,69% para 10 anos (2,659). Enquanto isso, o Vix futuro estava em +0,27% e CBOE vix em +1,05%.

Pela movimentação positiva dos futuros e dos yield, enquanto os indicadores volatilidade (vix) operavam também em alta, cenário inicial da bolsa norte-americana indicado é confuso, com sinalização mais positiva, mas de alta chances de inverter com essa volatilidade alta

 

Economia Nacional

Ontem foi divulgado que a produção de veículos em fevereiro (comparação mensal) subiu 29,9%, apresentando o terceiro mês consecutivo de alta. Já as vendas de veículos de fevereiro, apresentaram redução de -0,6% na comparação mensal, segunda queda consecutiva apesar da boa recuperada em relação a queda anterior.

--

Hoje deveremos ter a divulgação do IPCA de fevereiro, com expectativa de fechar a comparação mensal com alta de +0,2%, enquanto a anual fechou janeiro a 3,78%. Na comparação anual a alta é de 20,5%.

Política Nacional

O secretário especial de Previdência e Trabalho, Rogério Marinho, informou que o texto referente a previdência dos militares deverá ser enviado ao congresso no dia 20 de março, seguindo em apenas um projeto para quatro frentes: remissões, necessidades de ajustes paramétricos, cálculos atuariais, adequação da lei. Estima-se uma economia de 92,3 bilhões de reais em 10 anos com as pensões das forças armadas.

--

Um novo acordo para uso comercial pelos norte-americanos da base de Alcântara, deverá ser assinado durante a visita do presidente Bolsonaro aos EUA. Basicamente o acordo garante o uso da para por parte dos norte-americanos me troca de pagamento pelo uso, não havendo nenhum ganho tecnológico por parte do Brasil. O acordo pode dar início a uma nova onda de parcerias entre os países.

--

Enquanto houve um dia mais otimismo na segunda-feira, hoje temos informações de que líderes da câmara estariam criticando a articulação do governo para conseguir votos para a previdência, reafirmando que do jeito que a proposta está, não passa, além da falta de transparência com os cargos que o governo oferecerá.

Conheça Upside Advisory: Aconselhamento individualizado para seus investimentos em ações, fundos e renda fixa. Aumente seu patrimônio com Upside

Advisory Upside Investor

Recomendações Diárias Fundamentalistas

Mercados internacionais mostram mais um dia de otimismo

Nos EUA embora os futuros apontem para um ligeira alta,repetindo o padrão de ontem

Os mercados sinalizam um pregão de alta aqui no Brasil com elevação de commodities como petróleo sendo negociadas acima de +1%

Recomendações fundamentalista

DJ Commodities em +0,76% as 7:45

Petróleo:

Futuros do petróleo subiram durante sessão asiática.

Brent em +1,05% e WTI em +1,02% as 7:45 desta manhã.

Na Europa (7:48) temos BP em -0,78%, Shell em -0,28% e fechamento de Petrochina com +0,52%.

Viés de alta moderada, considerando a possibilidade de manter a alta de ontem, enquanto os preços do petróleo sobem internacionalmente (PETR4).

Minério: por conta de uma notificação da prefeitura de Mangaratiba, Rio de Janeiro, a Vale parou temporariamente suas atividades portuárias no Terminal da Ilha Guaíba. A mineradora informou que possui todas as licenças e buscará as medidas cabíveis para retomar as atividades de um porto que exportou cerca de 13% do volume de minério de ferro dos últimos anos.

Dólar estava 0,00% as 7:45, cotado a R$ 3,8384, após a semana passada fechar em R$ 3,8395 (-0,7%).

Na Europa (bolsa de Londres), Anglo American com -0,37%, Rio Tinto em +0,60% e BHP em -0,42%, as 7:49.

Viés de baixa moderada, pela notícia interna, dominância externa negativa, enquanto houve alta de +1,91% do minério na China (VALE3/BRAP4).

Siderurgia:

Em Londres, ArcelorMittal em +1,73% (07:49). Na Ásia, Nippon Steel, do Japão, fechou variando +1,93%, enquanto na China Hesteel e Baoshan fecharam em +2,62% e +0,94%, respectivamente

Viés alta, na expectativa de seguir a alta externa dos pares, bem como ocorreu ontem, além de ganhos do vergalhão de ferro na Ásia (GGBR4/CSNA3/USIM5).

Paper e Pulp:

Dólar estava 0,00% as 7:45, cotado a R$ 3,8384, após a semana passada fechar em R$ 3,8395 (-0,7%).

Pulp & Paper Index Price variou +1,35%, fechando a 568,57.

Dos principais pares, o japonês Oji Paper variou +1,99%, enquanto os pares europeus Stora Enso estava em +0,34% e UPM em +0,41%, as 7:50.

Para hoje, acreditamos no viés de alta moderada, acreditando na possibilidade de seguir otimismo externo para o setor, enquanto internamente segue sem grandes impactos (SUZB3/KLBN11).

Bancos:

Viés de alta moderada, na expectativa de manter a movimentação de alta do início da semana, só que de maneira mais comedida, enquanto deve ser puxado pela alta internacional (BBAS3/ITUB4/BBDC4).

 

A CCR (CCRO3) venceu nessa segunda-feira a concessão da Linha 15-Prata da rede metroviária de São Paulo, com tecnologia de monotrilho, sendo 80% da CCR e 20% da Ruasinvest. A outorga fixa é de 160 milhões de reais e possui prazo de 20 anos. Possibilidade de alta para as ações.

 

A companhia Iochpe-Maxion (MYPK3) apresentou um crescimento de 549,5% do lucro líquido no último trimestre do ano, fechando o acumulado do ano com lucro de 201,3 milhões de reais, uma alta de 3.044,2% sobre o acumulado de 2017. O quarto trimestre apresentou ganhos de 25,6% da receita líquida e 22% do Ebitda, ambos na comparação anual. Expectativa de forte alta, com possibilidade de gap de alta. Ocorrendo gap forte, inverter a posição para vendido

 

O calendário segue a divulgação da Bmf Bovespa, podendo as empresas divulgar seus dados com antecedência

Interaja conosco: opiniões, comentários, sugestões, sempre são bem vindos!

Email: global@upsideinvestor.com

Copyright by Upside Investor 2016.

Todos os direitos reservados.

Disclaimer

Este relatório foi preparado pela Upside Investor e está sendo fornecido exclusivamente com o objetivo de informar. As informações, opiniões, estimativas e/ou projeções referem-se à data presente e estão sujeitas à mudanças como resultado de alterações nas condições de mercado, sem aviso prévio. As informações utilizadas neste relatório foram obtidas das companhias analisadas e de fontes públicas, que acreditamos confiáveis e de boa fé.

Nenhuma parte deste relatório pode ser copiada ou redistribuída sem prévio consentimento da Upside Investor.

(*) Conforme o artigo 16, parágrafo único, da ICVM 483, declaro ser inteiramente responsável pelas informações e afirmações contidas neste relatório de análise. Declaração do(s) analista(s) de valores mobiliários (de investimento), nos termos do art. 17 da ICVM 483. O(s) analista(s) de valores mobiliários (de investimento) envolvido(s) na elaboração deste relatório Ricardo Walendorff declara(m) que as recomendações contidas neste refletem  exclusivamente sua(s) opinião(ões) pessoal(is) sobre as companhias citadas e seus valores mobiliários e foram elaboradas de forma independente e autônoma

Upside Investor

Email:

upside@upsideinvestor.com

Website:

www.upsideinvestor.com

Rua Dona Antônia de Queirós, 549/2

Tel: (11)-4117-2998

Você recebeu este email porque você assinou nossa newsletter, visitou nosso site ou adquiriu nossos relatórios.

Descadastrar