As últimas atualizações da manhã pela Upside Investor.

Day Triggers

Ações e Informações para você investir

A Cara da Manhã

Economia Internacional

Escrito por:

Gabriel Cavarettoe Shin Lai

Importante lembrar aos investidores que os mercados são voláteis e que nem sempre se movimentam conforme os fundamentos econômicos

Ásia

Dia negativo para os acionários asiáticos, em dia de divulgação de dados inflacionários da China dentro do esperado e encomendas de maquinário com surpresa positiva no Japão. Fora os dados, as maiores influências para os mercados foi o aumento da tensão da questão comercial entre EUA e China (Trump atacando de novo e China prometendo retaliação), e violentos protestos, em Hong Kong, contra um polêmico projeto de lei que propõe a extradição de supostos criminosos para julgamento na China continental. Assim a bolsa de Hong Kong caiu -1,94%, a de Xangai -0,56% e -0,30% em Tóquio.

Europa

Em dia sem novidades importantes, fora a pressão do Trump contra a Europa iniciada ontem e discurso do presidente do Banco Central Europeu, bolsas do velho continente seguiram em queda, com as principais variando em: -0,51% para Frankfurt, -0,50% para Paris e -0,48% para Londres.

Economia nos EUA

Além de pressão sobre a Europa através de mensagens no Twitter (contra a suposta desvalorização do euro), o presidente Trump voltou a defender o uso de tarifas como parte de sua estratégia comercial e disse que não avançará nas negociações com a China a menos que Pequim ceda em quatro ou cinco “grandes pontos” não especificados.

--

Na agenda de resultados, destaque para dados inflacionários (consumidor), rendimento real e estoques de petróleo.

--

Futuros operavam em baixa as 08:00 de hoje, com Nasdaq -0,34%, Dow Jones -0,16% e S&P -0,16%.

 

Treasuries e VIX nos EUA – 08:00

Treasuries operavam em baixa, com -1,52% para 2 anos, e -0,83% para 10 anos (2,122). Enquanto isso, o Vix futuro estava em +0,61% e CBOE vix em +1,44%.

Pela movimentação negativa dos futuros e dos yield, enquanto os indicadores volatilidade (vix) operavam em alta, cenário inicial da bolsa norte-americana indica baixa.

Economia Nacional

 

Na agenda das divulgações, dados de Vendas no Varejo de abril em destaque, com expectativas de crescimento.

Política Nacional

Ontem o congresso nacional derrubou quatro vetos presidenciais, sendo três deles do próprio presidente Bolsonaro. O veto de Michel Temer era sobre a extensão da isenção de IPI e IOF para veículos elétricos e híbridos. Os demais tratavam do veto a anistia de partidos de multas eleitorais, dispensa a pessoa com HIV de perícia para aposentar por invalidez, e o veto de proposta que possibilita que as fundações de apoio de universidades e demais centros de ensino e pesquisa sejam equiparados às organizações gestoras de fundo patrimonial.

Essa movimentação do congresso demonstra o poder do congresso e a falta de unidade de decisões com o presidente Bolsonaro.

--

Apesar de Bolsonaro “perder” nos vetos, ganhou com a aprovação do crédito suplementar de 248,9 bilhões de reais por unanimidade em ambas as casas do congresso nacional. Desta maneira o governo pode emitir títulos para conseguir cobrir despesas corrente, escapando da regra de ouro.

--

Leitura do relatório da proposta da reforma da previdência foi confirmada para a próxima quinta-feira, mesmo com pressão da oposição por adiamento para semana que vem. Apesar da confirmação, caso a maioria se mostre a favor do adiamento, o presidente da comissão, Marcelo Ramos, informou que transferiria a data para a semana que vem. Nos informes, Ramos também disse a discussão deve se estender por duas ou três sessões.

Conheça Upside Advisory: Aconselhamento individualizado para seus investimentos em ações, fundos e renda fixa. Aumente seu patrimônio com Upside

Advisory Upside Investor

Recomendações Diárias Fundamentalistas

Bom dia investidor!

Bolsas asiáticas tiveram correção, que se espalhou pela Europa e ao que tudo indica 'contamina' o sentimento dos investidores brasileiros, sinalizado pela queda suave do futuro, e acompanhando a ligeira queda dos futuros americanos

O petróleo voltou a ser negociado no mercado 'spot' e no futuro

Hoje é um dia interessante para se liquidar as posições iniciadas nos dias anteriores, e preparar para o próximo ciclo

 

Bons negócios e um excelente pregão!

Recomendações fundamentalista

DJ Commodities em -0,52% as 08:00

Petróleo: ontem a Petrobras divulgou que conseguiu um acordo com o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), o qual torna possível a venda de oito refinarias da estatal, que representa a 50% da capacidade de refino. Ontem as ações, em conjunto com demais dados do setor, tiveram boa movimentação de alta.

--

CEO da Petrobras, Roberto Castello Branco, disse que para os próximos 5 anos, a empresa pretende investir 105 bilhões de dólares, enquanto desinveste 35 bilhões de dólares, seguindo com o planejamento de enxugar a empresa. Valores estes superam o Plano de Negócios e Gestão da Petrobras 2019-2023, divulgado ano passado, que prevê 84,1 bilhões de dólares em investimento.

--

Futuros do petróleo caíram durante sessão asiática.

Brent em -2,20% e WTI em -2,44% as 08:00 desta manhã.

Na Europa (8:01) temos BP de Londres com -2,53%, Shell (AMS) variou em -0,89%, enquanto o fechamento de Petrochina foi de -0,7%.

Viés de baixa, em dia de possível correção após altas consecutivas, pressão negativa vinda dos pares externos e preços do petróleo em forte queda, com visão de menor demanda mundial para a commodity e maiores estoques (PETR4).

Minério: o ministro Gilmar Mendes suspendeu a quebra de sigilo bancário do ex-presidente da Vale.

Dólar estava -0,01% as 7:45, cotado a R$ 3,86.

Relação de dólar australiano com o norte-americano (AUS/USD) variou em -0,14%.

Na Europa (bolsa de Londres), Anglo American com -0,73%, Rio Tinto em -0,57% e BHP em -0,02%, as 8:02.

Viés de baixa, em dia de possível correção após a forte alta de ontem, juntamente com pares e paridade AUS/USD indicando baixa moderada (VALE3/BRAP4).

Siderurgia:

Em Londres, ArcelorMittal em -2,07% (8:04). Na Ásia, Nippon Steel, do Japão, fechou variando +0,33%, enquanto na China Hesteel e Baoshan fecharam em -0,99% e -1,08%, respectivamente.

Viés baixa, em dia de correção global do setor, juntamente com dia mais tenso. Internamente também se acredita em correção após forte alta de ontem (GGBR4/CSNA3/USIM5).

Paper e Pulp:

Dólar estava -0,01% as 7:45, cotado a R$ 3,86.

Pulp & Paper Index Price variou +0,64%, fechando a 513,98.

Dos principais pares, o japonês Oji Paper variou +1,51%, enquanto os pares europeus Stora Enso estava em -3,61% e UPM em -2,29%, as 8:01.

Para hoje, acreditamos no viés de baixa moderada, com queda de ontem, mesmo em dia de maiores ganhos pelas referências internacionais, enquanto hoje o cenário das referências é misto (SUZB3/KLBN11).

Bancos:

Viés de baixa moderada, com setor com dificuldade de seguir com boa movimentação de alta, enquanto o cenário interno é misto e internacional é de tensão dominante (BBAS3/ITUB4/BBDC4)

Via Varejo e Pão de Açúcar , foi anunciado finalmente que se o grupo Pão de Açúcar colocar a venda sua participação de 32% na Via Varejo, Michel Klein colocou uma oferta de R$ 4,75 por ação pelo lote. A decisão de venda foi aprovada pelo Pão de Açúcar. Viés de baixa

 

O calendário segue a divulgação da Bmf Bovespa, podendo as empresas divulgar seus dados com antecedência

Interaja conosco: opiniões, comentários, sugestões, sempre são bem vindos!

Email: global@upsideinvestor.com

Copyright by Upside Investor 2016.

Todos os direitos reservados.

Disclaimer

Este relatório foi preparado pela Upside Investor e está sendo fornecido exclusivamente com o objetivo de informar. As informações, opiniões, estimativas e/ou projeções referem-se à data presente e estão sujeitas à mudanças como resultado de alterações nas condições de mercado, sem aviso prévio. As informações utilizadas neste relatório foram obtidas das companhias analisadas e de fontes públicas, que acreditamos confiáveis e de boa fé.

Nenhuma parte deste relatório pode ser copiada ou redistribuída sem prévio consentimento da Upside Investor.

(*) Conforme o artigo 16, parágrafo único, da ICVM 483, declaro ser inteiramente responsável pelas informações e afirmações contidas neste relatório de análise. Declaração do(s) analista(s) de valores mobiliários (de investimento), nos termos do art. 17 da ICVM 483. O(s) analista(s) de valores mobiliários (de investimento) envolvido(s) na elaboração deste relatório Shin Lai declara(m) que as recomendações contidas neste refletem  exclusivamente sua(s) opinião(ões) pessoal(is) sobre as companhias citadas e seus valores mobiliários e foram elaboradas de forma independente e autônoma

Upside Investor

Email:

upside@upsideinvestor.com

Website:

www.upsideinvestor.com

Rua Dona Antônia de Queirós, 549/2

Tel: (11)-4117-2998

Você recebeu este email porque você assinou nossa newsletter, visitou nosso site ou adquiriu nossos relatórios.

Descadastrar