As últimas atualizações da manhã pela Upside Investor.

Day Triggers

Ações e Informações para você investir

A Cara da Manhã

Economia Internacional

 

Escrito por:

Gabriel Cavarettoe Shin Lai

Importante lembrar aos investidores que os mercados são voláteis e que nem sempre se movimentam conforme os fundamentos econômicos

Ásia

Os mercados asiáticos fecharam essa quinta-feira em domínio negativo, impactados pelas incertezas globais, evidenciadas pelo Banco Central Europeu que se mostrou preocupado e manteve postura mais dovish (tendência de estímulos monetários), enquanto o Fed, o Banco Central dos EUA, seguiu indicando que trabalhará com cautela, com possibilidade de não haver altas de juros neste ano. Também teve a parte do impacto da possibilidade dos EUA tarifar importações europeias (tratado ontem).

Da parte interna, dados monetários japoneses seguiram o esperado, enquanto o IPC chinês decepcionou no mensal, enquanto atingiu o maior nível em 5 meses no anual.

As principais bolsas fecharam da seguinte maneira: Xangai com -1,60%, de Hong Kong com -0,93%, e a de Tóquio com +0,11%, com a última sustentada por ações ligadas à demanda doméstica.

 

Europa

A primeira-ministra do Reino Unido conseguiu apoio dos líderes da União Europeia para um novo adiamento da data limite para a saída do R. Unido do bloco europeu, o Brexit. A nova prorrogação oferecida tem data limite de 31 de outubro, tempo que líderes europeus consideram suficiente para que o R. Unido chegue a um acordo que evite uma saída abrupta. Interessante é que 31 de outubro também é a data final do mandato da atual comissão europeia, passando os tramites seguintes do Brexti para os próximos que assumirão.

--

O dia começa em clima mais positivo na Europa, onde destacamos as seguintes aberturas: Frankfurt +0,08%, Paris +0,44% e Londres -0,08%. A decisão do BCE em manter sua política monetária “ultrafrouxa”, trouxe alívio para os mercados europeus (apesar de afetar negativamente os bancos), juntamente com o adiamento do Brexit. Dados econômicos também ajudaram a manter o movimento, com índices de inflação ao consumidor da Alemanha e França atingindo o esperado para março.

 

Economia nos EUA

Destaque da agenda econômica dos EUA para dados relacionados à pedidos de desemprego e inflação do produtor.

--

Futuros operavam em alta as 07:45 de hoje, com Nasdaq +0,11%, Dow Jones +0,16% e S&P +0,16%.

 

Treasuries e Índice de Volatilidade VIX nos EUA – 07:45

Treasuries operavam em alta, com +0,28% para 2 anos, e +0,16% para 10 anos (2,481). Enquanto isso, o Vix futuro estava em -1,73% e CBOE vix em -1,2%.

Pela movimentação positiva dos futuros e mais positiva dos yield, enquanto os indicadores volatilidade (vix) operavam em baixa, cenário de início do dia financeiro no EUA é positivo.

 

Economia Nacional

Na quarta-feira, o atual presidente do Banco Central nacional, Roberto Campos Neto, disse que o presidente Jair Bolsonaro enviará em breve ao congresso o projeto de independência do BCB.

 

Política Nacional

Seguindo o plano de conseguir maior apoio à reforma da previdência, o presidente Bolsonaro seguiu desde terça-feira, com previsão de finalizar hoje, com as conversas com parlamentares de diversos partidos. Outro ponto importante foi a notícia de que o governo liberará pelo menos 3 bilhões de reais em ementas parlamentares, o que ajudaria os deputados a “tocar as obras” de suas bases.

Ontem também o FMI informou que se o governo conseguir aprovar a reforma da previdência, bem como cumprir o teto de gastos públicos, poderá antecipar em um ano o retorno ao patamar de superávit primário, com estimativas de fechar com saldo positivo de 0,1% do PIB em 2022, 0,6% e 1%, sucessivamente.

Conheça Upside Advisory: Aconselhamento individualizado para seus investimentos em ações, fundos e renda fixa. Aumente seu patrimônio com Upside

Advisory Upside Investor

Recomendações Diárias Fundamentalistas

Bom dia investidor!

Mercado local sinaliza ligeira queda pelos futuros, entretanto as bolsas americanas sinalizam abertura em ligeira alta, o que pode ajudar a reverter o pregão local

Entretanto, as commodities de energia como petróleo são negociadas em queda nos futuros e nos mercados à vista, o que pode influenciar Petrobras no pregão hoje

O Dólar corrobora a tese que o pregão pode ser negativo, já que os contratos são negociados em alta

Continuamos otimistas com a Bolsa, apesar dos ajustes de curto prazo.

A estratégia é aproveitar a queda para se comprar os ativos e revender na retomada dos próximos dias

Bons negócios e um excelente pregão!

Recomendações fundamentalista

DJ Commodities em -0,18% as 7:45

Petróleo: a OPEP divulgou dados sobre a demanda e a produção de petróleo no Brasil. A demanda teria aumentado 5% em relação ao ano passado, crescimento menor graças ao preço mais baixo do etanol, enquanto para a produção, ainda se estima alta, só que menor, saindo dos 3,63 milhões de barris de petróleo por dia, para 3,61 milhões, ainda assim alta em relação a 2018, que fechou em 3,30 milhões.

--

Petrobras também se prepara para iniciar a operação de venda de 30% da Br Distribuidora, seguindo o plano de desinvestimento. Com essa venda, a petroleira deixaria de ter 70% de participação, passando a possuir apenas 40%. Estima-se o levantamento de pelo menos 8 bilhões de reais na operação.

--

Futuros do petróleo caíram durante sessão asiática.

Brent em -0,63% e WTI em -0,80% as 7:45 desta manhã.

Na Europa (8:08) temos BP em +0,19%, Shell em +0,14% e fechamento de Petrochina com -0,91%.

Viés de alta moderada, seguindo o entendimento de que a queda de ontem foi exagerada e movimento mais positivo dos pares internacionais (PETR4).

Minério: segundo a Bloomberg, o mercado de minério de ferro vem sinalizando menor oferta da commodity, ao se analisar dados de embarques, o que pode aumentar ainda mais o preço do minério de ferro que segue em alta nesta ano.

Dólar estava +0,04% as 7:45, cotado a R$ 3,8268, após fechar em R$ 3,8136 (-0,29%) no dia anterior.

Na Europa (bolsa de Londres), Anglo American com -0,97%, Rio Tinto em -0,91% e BHP em -0,9%, as 8:08.

Viés de baixa moderada, com tendência interna de baixa, junto com baixa dos pares, apesar da alta do minério na China (+1,16%) (VALE3/BRAP4).

Siderurgia:

Em Londres, ArcelorMittal em +0,15% (08:09). Na Ásia, Nippon Steel, do Japão, fechou variando -0,81%, enquanto na China Hesteel e Baoshan fecharam em -1,12% e -1,66%, respectivamente

Viés baixa moderada, apesar da alta do vergalhão de ferro negociado na Ásia, temos pares em queda, Ásia em dia mais negativo e tendência de queda para as ações deste setor, como o dia de ontem  (GGBR4/CSNA3/USIM5).

Paper e Pulp:

Dólar estava +0,04% as 7:45, cotado a R$ 3,8268, após fechar em R$ 3,8136 (-0,29%) no dia anterior.

Pulp & Paper Index Price variou +0,36%, fechando a 587,93.

Dos principais pares, o japonês Oji Paper variou +0,43%, enquanto os pares europeus Stora Enso estava em -1,17% e UPM em -0,81%, as 8:10.

Para hoje, acreditamos no viés de baixa moderada, com nenhuma perspectiva interna de recuperação de preços para o setor (em tendência de queda), enquanto os pares internacionais seguem dúbios (SUZB3/KLBN11/DTEX3).

Bancos:

Viés de baixa moderada, considerando que o movimento mais recente do setor se mantenha, até que hajam notícias mais positivas impactantes para os mercados nacionais (BBAS3/ITUB4/BBDC4)

Varejo

As empresas varejistas estão disputando o ativo da Netshoes, empresa de calçados, a Magazine Luiza (MGLU3) diz que está analisando a possibilidade. Consideramos que dependendo para quem a empresa possa ser vendida, as sinergias são positivas.

Dependendo que seja o novo dono, os ganhos de sinergias podem ser interessantes, mas a equação depende do preço que será pago pela Netshoes. Uma aquisição pela Magazine parece positiva.

O calendário segue a divulgação da Bmf Bovespa, podendo as empresas divulgar seus dados com antecedência

Interaja conosco: opiniões, comentários, sugestões, sempre são bem vindos!

Email: global@upsideinvestor.com

Copyright by Upside Investor 2016.

Todos os direitos reservados.

Disclaimer

Este relatório foi preparado pela Upside Investor e está sendo fornecido exclusivamente com o objetivo de informar. As informações, opiniões, estimativas e/ou projeções referem-se à data presente e estão sujeitas à mudanças como resultado de alterações nas condições de mercado, sem aviso prévio. As informações utilizadas neste relatório foram obtidas das companhias analisadas e de fontes públicas, que acreditamos confiáveis e de boa fé.

Nenhuma parte deste relatório pode ser copiada ou redistribuída sem prévio consentimento da Upside Investor.

(*) Conforme o artigo 16, parágrafo único, da ICVM 483, declaro ser inteiramente responsável pelas informações e afirmações contidas neste relatório de análise. Declaração do(s) analista(s) de valores mobiliários (de investimento), nos termos do art. 17 da ICVM 483. O(s) analista(s) de valores mobiliários (de investimento) envolvido(s) na elaboração deste relatório Shin Lai declara(m) que as recomendações contidas neste refletem  exclusivamente sua(s) opinião(ões) pessoal(is) sobre as companhias citadas e seus valores mobiliários e foram elaboradas de forma independente e autônoma

Upside Investor

Email:

upside@upsideinvestor.com

Website:

www.upsideinvestor.com

Rua Dona Antônia de Queirós, 549/2

Tel: (11)-4117-2998

Você recebeu este email porque você assinou nossa newsletter, visitou nosso site ou adquiriu nossos relatórios.

Descadastrar