As últimas atualizações da manhã pela Upside Investor.

Day Triggers

Ações e Informações para você investir

A Cara da Manhã

Economia Internacional

Em meio ao temor da intensificação da guerra comercial entre China e Estados Unidos, bolsas ao redor do mundo registram perdas nesse início de semana.

Na Ásia as principais bolsas fecharam em queda; na Europa o mesmo ocorre nessa manhã: queda generalizada. Os mercados futuros norte americanos também seguem mesmo rumo.

O governo norte americano anunciou imposição de tarifas de importação a produtos chineses com alíquotas da ordem de 25%. As tarifas irão impactar cerca de US$ 50 bilhões em produtos chineses. A China, que já demonstrou em outras ocasiões que não será condescendente com as decisões unilaterais políticas e econômicas dos Estados Unidos, anunciou de imediato que haverá retaliação na mesma proporção. 

O desenrolar desta história, e a fala do presidente do Banco Central Europeu, Mario Dragui (hoje às 14h30), sobre o fim do programa de estímulos monetários, devem dar o tom dos mercados internacionais essa semana.

Shanghai (China) -0,73% , Nikkei (Japão) -0,75%

 FTSE (Reino Unido) -0,34%, DAX (Alemanha) -1,34% e Cac 40 (França) -0,18%

Futuros nos Eua: Dow 30 -0,34%, Nasdaq -0,62% e S&P -0,60%.

 

Economia Nacional

Já o foco para os mercados internos é a próxima reunião do Comitê de Política Monetária do Banco Central, que ocorre nessa quarta-feira (20). Com a alta dos juros norte americanos e, por consequência, do dólar, a trajetória da Selic pode ter cronograma alterado. Apesar do Bacen ter ampliado o uso de ferramentas para amortecer a alta do dólar, o mercado tem cada vez mais acreditado em uma alteração na Selic como medida para frear a alta da moeda norte americana. É essa informação que os investidores esperam obter após a reunião e as falas do presidente da instituição.   

O Ibovespa fechou na sexta-feira com queda de 0,93%, cotado a 70.757 pontos.

O dólar registra R$3,73, com queda de 2,15%. E o Ibovespa Futuro é negociado a 71.228 pontos, -1,18%.

Política Nacional

Jornais destacam reunião ocorrida na última sexta-feira (15) entre empresários, a pedido de Michel Temer, para discutir assuntos de política e economia, no qual o nome de Alckmin foi amplamente defendido entre os presentes.
Além de Temer e o ministro da Fazenda, Eduardo Guardia, segundo site Uol, constavam entre os presentes: Luiz Carlos Trabuco Cappi (Bradesco), Roberto Setúbal (Itaú), Sérgio Rial (Santander), André Esteves (BTG) e José Olympio Pereira (Credit Suisse) -, além de grandes nomes da indústria: Pedro Wongtschowski (grupo Ultra), Walter Schhalka (Suzano), José Roberto Ermírio de Moraes (Votorantim), Gustavo Junqueira (Sociedade Rural Brasileira), Paulo Malzoni (Shopping West Plaza) e Waldemir Verdi (Rodobens).

Recomendações Diárias Fundamentalistas

(*) Contratos futuros do Minério de Ferro na bolsa de Dalian (China) registram alta de 0,21%.

Vale (VALE3) / Bradespar (BRAP4) –  Índices futuros do minério apresentam leve alta, mas as mineradoras caem nessa manhã. Anglo American -0,21%, Rio Tinto +0,28% e BHP +0,24%. Viés de baixa para VALE3 e BRAP4. 

(*) O petróleo WTI registra queda de 0,08% e está sendo negociado no momento em US$64,80/boe. O Brent futuro opera em alta de 1,20%.

Petrobras (PETR4) - Petróleo registra leve alta e as principais empresas seguem em leve alta, mas devido ao forte pessimismo do mercado alertamos os investidores para a provável baixa no dia de hoje. British Petroleum em +0,48%, Shell +0,08% e Petrochina +0,13% (encerrada).  Viés de baixa.

O Pulp and Paper Index na bolsa de Tokyo fechou em -0,51%

Fibria (FIBR3), Suzano (SUZB3), Klabin (KLBN11) - Empresas de Papel e Celulose registram queda. International Paper em -2,48% (fech. anterior), UPM -2,00% e  Oji Paper -1,26%. Viés de baixa.  

Banco do Brasil (BBAS3), Bradesco (BBDC4). Mercados internacionais retraem nesse inícoi de semana. Juros futuros norte americanos em queda. Com UBS -1,68%, HSBC +0,07%, JP Morgan -0,12% (Fech. ant.) e ICBC +1,60% (Encerrado). Viés de baixa. 

Braskem (BRKM5) - O mercado recebe bem a notícia do interesse por parte da Odebrecth em vender parte da petroquímica para a holandesa LyondellBasell. Apesar da forte alta registrada no final da semana passada, acreditamos que ainda há possibilidades de ganho com o ativo. Viés de alta.

BR Foods (BRFS3) - Uma das maiores gestoras de ativos do mundo, a norte americana Black Rock, afirmou que reduziu sua participação na Br Foods para 4,99%. No geral, movimentos como este tendem a impactar no curto prazo a negociação dos ativos. Viés de baixa.

Itau Unibanco (ITUB4) -  O Itau Unibanco conseguiu uma liminar na justiça para impedir a Câmara Superior do Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (Carf) de julgar um recurso da Fazenda Nacional contra uma decisão que derrubou uma cobrança de R$2,7 bilhões referente à fusão das duas instituições financeira em 2008. Isso pode - apesar da tendência de baixa do mercado para hoje - impulsionar os ativos da companhia. Viés de alta. 

O calendário segue a divulgação da Bmf Bovespa, podendo as empresas divulgar seus dados com antecedência

Interaja conosco: opiniões, comentários, sugestões, sempre são bem vindos!

Email: global@upsideinvestor.com

0

Copyright by Upside Investor 2016.

Todos os direitos reservados.

Disclaimer

Este relatório foi preparado pela Upside Investor e está sendo fornecido exclusivamente com o objetivo de informar. As informações, opiniões, estimativas e/ou projeções referem-se à data presente e estão sujeitas à mudanças como resultado de alterações nas condições de mercado, sem aviso prévio. As informações utilizadas neste relatório foram obtidas das companhias analisadas e de fontes públicas, que acreditamos confiáveis e de boa fé.

Nenhuma parte deste relatório pode ser copiada ou redistribuída sem prévio consentimento da Upside Investor.

(*) Conforme o artigo 16, parágrafo único, da ICVM 483, declaro ser inteiramente responsável pelas informações e afirmações contidas neste relatório de análise. Declaração do(s) analista(s) de valores mobiliários (de investimento), nos termos do art. 17 da ICVM 483. O(s) analista(s) de valores mobiliários (de investimento) envolvido(s) na elaboração deste relatório Ricardo Walendorff declara(m) que as recomendações contidas neste refletem  exclusivamente sua(s) opinião(ões) pessoal(is) sobre as companhias citadas e seus valores mobiliários e foram elaboradas de forma independente e autônoma

Upside Investor

Email:

upside@upsideinvestor.com

Website:

www.upsideinvestor.com

Rua Dona Antônia de Queirós, 549/2

Tel: (11)-4117-2998

Você recebeu este email porque você assinou nossa newsletter, visitou nosso site ou adquiriu nossos relatórios.

Descadastrar