Boletim Eletrônico - Número 36, 25 de Maio de 2018

Crise dos combustíveis

“Não é momento para radicalismos”

A Senadora Simone Tebet (MDB-MS) participou da reunião de líderes, convocada pelo presidente do Senado, Eunício Oliveira, na noite de quinta-feira (24) para discutir saídas para a paralisação dos caminhoneiros.

O Senado deve discutir e votar, na próxima terça-feira, projetos que fazem parte da reivindicação da categoria. Será solicitada a urgência para o projeto que libera o PIS/Cofins para o óleo diesel até o fim do ano e para o projeto que cria a Política de Preços Mínimos do Transporte Rodoviário de Cargas.

Apesar da tentativa de acordo do Governo, a greve continuou e já dura cinco dias, prejudicando a população e setores produtivos. “O importante agora é que cada um dê sua parcela de contribuição, não é momento para radicalismos de nenhuma das partes, muito menos da categoria. Só podem exigir o que é possível, faca no pescoço você tem que ter gordura para cortar, senão pega a artéria, significa a falência do órgão. Eles têm que ter consciência que só podemos ir até um limite”, constatou a líder do MDB.

Marcha dos Prefeitos

Mais de 50 gestores municipais de Mato Grosso do Sul participaram da XXI Marcha dos Prefeitos em Brasília. Eles encontraram a Senadora Simone Tebet e o deputado Eduardo Rocha em jantar promovido pela Assomasul na terça-feira (22).

No Senado, Simone recebeu a visita da prefeita de Antônio João, Márcia Marques; e dos prefeitos de Três Lagoas, Angelo Guerreiro; de Vicentina, Marquinhos do Dedé; de Costa Rica, Waldeli dos Santos; e de Deodápolis, Valdir Sartor. Na ocasião, conversaram sobre a liberação de emendas destinadas aos respectivos municípios.

Simone disse ao prefeito Angelo Guerreiro que deve garantir R$ 7 milhões para Três Lagoas em 2017. Ela vai procurar o governo federal para solicitar a liberação do recurso extraorçamentário de cerca de R$ 5 milhões para obras infraestrutura em bairros da cidade. O restante já está empenhado.

R$ 13 mi para saúde

Apenas em 2017, Simone destinou mais de R$ 13 milhões para a saúde. O montante é proveniente das emendas individuais ao Orçamento e de recursos extraorçamentários. O dinheiro foi para 56 municípios e será usado para aquisição de equipamentos e material, para a reforma de postos de saúde e hospitais, compra de equipamentos odontológicos, ambulâncias, vans e micro-ônibus e para custeio (pagamento de água, luz e serviços terceirizados de limpeza e manutenção).

Vitória para ampliar a participação de mulheres na política

A Senadora Simone Tebet comemorou a decisão do Tribunal Superior Eleitoral de determinar que 30% dos recursos do Fundo Especial de Financiamento de Campanha sejam destinados a candidaturas femininas. O TSE também garantiu 30% do tempo de rádio e TV da propaganda eleitoral para mulheres.

Em palestras em Campo Grande, Simone reforça importância das mulheres no poder

MDB Mulher – Simone Tebet falou sobre os desafios de atuar no Poder Legislativo para as participantes do evento Mulheres Transformadoras, do MDB Mulher de MS. Na plateia estavam as presidentes dos diretórios municipais, prefeitas, vereadoras e simpatizantes.

OAB-MS - A Participação das Mulheres nos espaços de poder foi o tema da palestra proferida por Simone Tebet no encerramento da 1ª Conferência da Mulher Advogada, ocorrida na sede da OAB/MS, no dia 18 de maio. A senadora ressaltou a importância de incentivar a participação feminina na política e no mercado de trabalho.

MS Maior e Melhor

Simone Tebet participou do lançamento do programa “MS Maior e Melhor” em Campo Grande no último sábado (19). O evento aconteceu em todas as regiões do Estado com o objetivo de consultar população e as lideranças locais para auxiliar na elaboração do plano de Governo que será apresentado na campanha eleitoral.

O ex-ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, possível pré-candidato do partido à presidência da República, esteve no evento.

Boletim de ocorrência

O Senado aprovou projeto relatado por Simone Tebet que reduz a burocracia e agiliza o atendimento à população. De acordo com o texto, o registro de fatos ou de infrações penais passe ser feito por qualquer policial (civil, federal, militar, rodoviário federal, policial das Casas Legislativas ou militar das Forças Armadas). A atribuição de realizar perícia, inquéritos etc continua sendo exclusiva da polícia civil. O projeto foi aprovado na CCJ na quarta-feira e segue direto para a Câmara dos Deputados.

45 anos da Embrapa

Simone Tebet homenageou a Embrapa em sessão especial do Senado em comemoração aos 45 anos da Empresa, realizada nesta quinta-feira (24). Simone ressaltou a importância da pesquisa e do desenvolvimento da tecnologia para impulsionar o agronegócio brasileiro e ressaltou que o Brasil se tornará o maior produtor de soja do mundo.

Facebook Twitter Youtube Instagram